Organizar viagem: 5 erros que os viajantes mais cometem!

Organizar viagem: 5 erros que os viajantes mais cometem!.

Alguns pequenos esquecimentos e erros ao organizar viagem acontecem mesmo. Por isso, o melhor é encarar com bom humor. No entanto, você pode aprender com a experiência de outros viajantes e evitar erros comuns para que as férias da família não se transformem em desapontamento e perda de tempo e dinheiro.

Foi pensando nisso que escrevemos o post de hoje: para listar alguns dos erros que os viajantes mais cometem, para que você possa evitá-los. Quer saber quais são? É só continuar lendo!

1. Sobrecarregar o roteiro

Já viu aqueles roteiros do tipo “10 países em duas semanas”? Por incrível que pareça, tem gente que planeja visitar a Europa inteira em poucas semanas, com a ilusão de que isso é possível. Afinal, todos os países são tão próximos… é tão fácil viajar de trem… dá para tomar café da manhã em Madri e jantar em Paris?

Sim, as distâncias são relativamente curtas e os transportes são eficientes, mas pode acreditar: não vai ser divertido se isso for feito na correria, arrastando malas, com a família toda morrendo de cansaço e com os pés cheios de bolhas por andar o dia inteiro.

Você está louca para relaxar e descansar, mas não pode parar, pois já tem todos os bilhetes comprados e acomodações reservadas e tem de estar na próxima cidade no dia seguinte bem cedo para pegar aquela excursão que já foi paga.

Para evitar esse erro que tantos viajantes já cometeram, a solução é ser flexível. Reserve ao menos três ou quatro dias em cada destino, calcule o tempo de deslocamento entre as cidades, não marque muitas visitas para um dia só, deixe tempo livre para descansar. Lembre-se: você não precisa percorrer o país inteiro em uma só visita. Vai ser um prazer planejar uma próxima viagem para apreciar as atrações que não puderem ser vistas desta vez!

2. Exagerar na bagagem

A regra de ouro para o viajante esperto é viajar leve. Não saia de casa arrastando seu guarda-roupa inteiro dentro da mala. Pelo contrário, coloque na mala só o que você sabe que vai usar e não o que você acha que pode precisar. Se faltar alguma coisa, você sempre pode comprar na cidade de destino. E não há nada errado em repetir a mesma roupa!

Outro erro comum é começar a comprar no primeiro dia de viagem e depois passar o restante do roteiro sobrecarregada de malas e pacotes. Lembre-se de quem terá de carregar é você, pois nem sempre se encontram carregadores ou pessoas gentis para ajudar.

Se você estiver viajando de carro para ficar em um só lugar, bagagem não é problema, mas se a viagem incluir vários destinos e for de avião, trem ou ônibus, quanto mais leve for a bagagem, mais confortável você se sentirá.

3. Perder o controle do orçamento

Esse erro costuma ser consequência do item 2. Exagerar nas compras e nos gastos pode levar a estourar o orçamento da viagem logo nos primeiros dias, fazendo com que você tenha de apelar para os cartões de crédito, que cobram IOF e juros altos em caso de parcelamento.

Para evitar esse erro, prepare um orçamento realista que caiba no seu bolso, calculando uma quantia para gastar por dia de viagem, incluindo acomodação, comida, transporte, passeios e outras atrações. É bom deixar uma margem de cerca de 10% a mais sobre o que você espera gastar, para viajar com mais tranquilidade quanto à parte financeira.

4. Reservar voos com conexão muito apertada

Ao organizar viagem, muita gente comete o erro de reservar voos com conexão apertada na ilusão de que meia hora é tempo suficiente para mudar de avião. Não é. Estes são apenas alguns dos problemas que podem fazer você perder o voo seguinte: seu primeiro voo pode atrasar, você terá de se deslocar em um aeroporto desconhecido, a distância entre os portões de embarque não são curtas, muitas vezes você terá de mudar de terminal entre os voos e as filas nos controles de segurança costumam ser longas. A situação ainda piora se você tiver de pegar a bagagem e despachar novamente, caso a própria companhia aérea não se encarregue de fazer isso.

Então, para evitar correria e perda de conexão, o intervalo mínimo entre um voo e outro deve ser de uma hora e meia. Assim você terá tempo até para um cafezinho e dar uma caminhada pelo aeroporto para esticar as pernas.

Outra situação que pode gerar problemas: reservar vários trechos de uma mesma viagem com diferentes companhias aéreas tentando economizar. Lembre-se de que a aérea só é responsável pela conexão se você tem a viagem toda reservada em um só bilhete da própria companhia. Um exemplo: se você voar com Air France até Paris e então tiver reserva com outra aérea de preço baixo para chegar até Berlim, a Air France não se responsabilizará pela sua conexão, em caso de atraso do primeiro voo.

5. Descuidar-se da documentação

Esse erro pode fazer com que sua viagem termine sem nem começar. Você observou a validade de seu passaporte com antecedência? Viu que vence só no mês que vem, então você vai tranquilamente para o aeroporto? Pronto, já deu problema. Muitos países exigem passaporte com validade mínima de 3 meses; outros, como o Reino Unido, exigem 6 meses. Então, se seu passaporte não tem um mínimo de 6 meses de validade, peça outro, no mínimo, 2 meses antes de viajar para o exterior. Isso porque o prazo para a Polícia Federal emitir um passaporte novo tem sido, em média, de 45 dias (informação de setembro de 2016).

Outro erro muito sério: viajar sem seguro viagem. Um atendimento médico fora de casa pode custar uma fortuna e estourar qualquer orçamento. Além disso, o seguro cobre uma série de imprevistos, como extravio de bagagem, cancelamento de voos e muitos outros. Sem falar que muitos países, como os do Espaço Schengen (Europa) podem pedir a apresentação do voucher do seguro antes de autorizar sua entrada.

Lembre-se, então, dos cuidados com documentação: conferir passaporte, contratar seguro viagem, juntar documentação de acordo com o que cada país exige, incluindo cartão de vacinas (sim, há países que exigem determinadas vacinas!).

Feito tudo isso, ainda falta uma providência importante: ligar para o banco e solicitar o desbloqueio do uso do cartão de crédito nos países que você vai visitar, para evitar a desagradável surpresa de ver seu cartão recusado lá fora.

Organizar viagem sem erros

Concluindo, organizar viagem com sucesso pede planejamento e cuidados com os detalhes, para garantir o bem-estar, a segurança e a tranquilidade do grupo.

No mais, viaje de mente aberta e receptiva a novas experiências, leia e informe-se sobre seu destino e respeite as diferenças culturais. Sua viagem será só diversão!

Agora que você já conhece alguns erros a evitar, um último lembrete: não permita que pequenos aborrecimentos estraguem suas férias. Encare como um aprendizado e não perca o bom humor!

Em nosso blog, você encontra ótimos artigos sobre organizar viagem e outros assuntos. Aproveite para ler nossas dicas para uma viagem para a praia sem gastar muito!

organizar viagem

Gostou deste conteúdo?

Receba dicas de como planejar viagens mais interessantes e seguras diretamente no seu e-mail

 

compartilhar no facebook compartilhar no twitter
Compre aqui seu seguro viagem
Como podemos falar com você?

Segue a gente

mautic is open source marketing automation