Viaje sozinha, apesar do medo

Viaje sozinha, apesar do medo.

É difícil para algumas mulheres arrumarem a mala e partir atrás do sonho de conhecer o mundo. A insegurança, o medo, a ansiedade e os questionamentos podem fazê-la repensar uma viagem, afinal, qual o motivo de sair de casa para passar por problemas e perrengues?

Acontece que, apesar dos casos que vemos no noticiário e que acontecem com frequência do que gostaríamos, todo ser humano, seja homem ou mulher, precisa ter a autonomia de exercer seu direito de ir e vir sã e salvo.

Casos de violência contra turistas mostram que, além das dificuldades enfrentadas por qualquer pessoa no momento de realizar uma viagem, as mulheres estão sujeitas ao desconforto de passar por questões ainda mais complexas. E para evitá-las, muitas escolhem abrir mão de conhecer lugares e aventurar-se em viagens sozinhas.

Mas, qual lugar é seguro para nós, mulheres? Mandam-nos ficar em casa, mas o Brasil é o quinto país com o maior número de homicídios femininos no mundo. É compreensível que, com situações como essas, mulheres sintam-se menos encorajadas a viajar sozinhas, no entanto, o que você não pode fazer é a abrir mão da sua liberdade por isso.

O perigo que você corre no seu bairro é o mesmo que você corre em Buenos Aires. Com a diferença que lá você ainda conhece lugares incríveis e passa por experiências únicas.

Por que viajar sozinha?

Talvez na sua cabeça você só saiba o porquê de não viajar sozinha. Falta de auxílio nos momentos de dificuldade, não tem uma companhia para dividir os bons momentos da viagem e, no caso das mulheres, ainda leva uma bagagem extra de insegurança e medo. Acontece que, existem ainda mais vantagens que apenas uma viagem solo podem te proporcionar:

Você entra verdadeiramente em contato com a cultura local, escolhe seu roteiro sem precisar preocupar em conciliar opiniões, exerce sua liberdade financeira e, além de tudo, passa por um momento de autoconhecimento que poucas oportunidades na vida proporcionam. Supera medos, obstáculos, prática a autonomia de ser mulher e descobre que pode ser mais confiante do que imagina.

Viaje sozinha

Lide com o medo antes da viagem

Realizar uma viagem desse porte não é uma tarefa simples para toda mulher. Tudo depende dos limites e preferências de cada pessoa, sejam eles sociais, psicológicos ou financeiros. No entanto, se você busca por coragem para se aventurar e desbravar o mundo sozinha, existem atividades que podem te auxiliar no processo e, com um passo de cada vez, você estará conhecendo lugares incríveis logo mais.

Saia mais sozinha!

Se você ainda não experimentou sair para alguns lugares sozinha, esse pode ser o ensaio da sua viagem! Ir ao cinema sozinha, por exemplo, pode ser um bom programa para exercitar o prazer da sua própria companhia. Um passo maior é realizar uma refeição apenas com você. Pedir uma mesa para uma pessoa pode ser estranho se você estiver rodeada de pessoas acompanhadas, mas com o tempo irá se acostumar com a situação e nem lembrará que está só.

 Dicas para viajar sozinha

Quando você vai viajar, principalmente sozinha, existem algumas formas práticas de minimizar os riscos e manter-se assegurada durante todos os dias para evitar maiores transtornos. A maneira como você irá comportar-se não difere muito do que já faz no dia a dia, ainda assim, confiar nos seus instintos de proteção é ótimo.

Informe-se!

Assim como qualquer outro passeio, é bom organizar-se no momento de viajar. O planejamento é a melhor forma de evitar que você, turista, caia em roubadas durante a viagem. Principalmente se você estiver sem companhia. Por isso, informe-se sobre as localizações mais seguras para hospedagem, como funcionam os meios de transporte e horários, e evite fazer o que o bom senso não te garante como seguro.

Se preocupe com sua segurança!

Alguns procedimentos básicos de segurança podem ajudá-la a manter-se mais confiante para conhecer o mundo sem a companhia de outra pessoa. Então, vale tudo aquilo que você sempre ouviu a vida toda: não conte para desconhecidos que está sozinha e onde está hospedada, não ande sozinha de madrugada na rua, não reaja a assaltos e, o conselho que sempre ouviu, não volte a beber do mesmo copo caso saia de perto dele. No final de tudo, você não precisa ter atitudes muito diferentes do que teria se estivesse sozinha na sua própria cidade natal.

Outra dica útil é contratar o seguro viagem, que protege você contra acidentes e imprevistos. Passar por uma situação desagradável sem contar com algum tipo de apoio pode ser frustrante e acabar com sua viagem, por isso, contratar um seguro viagem garante a você uma série de vantagens que facilitarão sua viagem sozinha.

Em resumo, se a condição de ser mulher já traz consigo o medo independe do local que estamos, viaje apesar dele. Se corremos risco em todo lugar, porque não conhecendo o lugar dos seus sonhos? Há surpresas que apenas uma viagem pode te proporcionar. Não deixe de aproveitar!

Se ainda está com dúvidas, veja esse vídeo feito pelo Passagens Promo, perguntando a algumas mulheres como foi viajar sozinha. Uma linda campanha para todas as mulheres se libertarem!

 

compartilhar no facebook compartilhar no twitter
Compre aqui seu seguro viagem
Como podemos falar com você?

Segue a gente

mautic is open source marketing automation