Vacinas para viajar: quais são necessárias? - Seguros Promo

Vacinas para viajar: quais são necessárias?

Vacinas para viajar: quais são necessárias?.

Antes de viajar, normalmente nos lembramos de detalhes como passagens, pedido de visto, limite de bagagem, seguro viagem… Enfim, uma série de cuidados que são essenciais para qualquer viagem nacional ou internacional.

Uma coisa que muita gente esquece são as vacinas. Elas não se tratam apenas de uma medida de segurança, mas de um pré-requisito para entrar em alguns países é a vacinação.

Pensando nisso, reunimos no post de hoje 4 das principais vacinas para viajar que você deve conhecer antes de se aventurar pelo mundo. Confira quais são!

1. Febre Amarela

Essa é uma vacina essencial para viagens nacionais ou internacionais. Algumas regiões do Brasil sofrem com epidemias dessa doença, que é transmitida pela picada de mosquitos.

Caso esteja pensando em fazer uma viagem nacional, confira as regiões que requerem atenção redobrada nesse sentido:

  • Norte: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins;
  • Nordeste: Maranhão;
  • Centro-oeste: Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul;
  • Sudeste: Minas Gerais.

Caso sua aventura seja em terras estrangeiras, os países que requerem a vacina contra febre amarela podem ser consultados no site da ANVISA. Alguns dos mais famosos são África do Sul, Austrália, Egito, Indonésia, México e Tailândia.

Lembre-se de que a vacina precisa ser tomada pelo menos 10 dias antes do embarque para ser considerada válida pelos órgãos de fiscalização. Depois disso, ela permanece válida por 10 anos. Vale ressaltar também que a vacinação não é recomendada em crianças com menos de 1 ano.

2. Febre Tifoide

Diferentemente da febre amarela, a febre tifoide não é transmitida por picadas de insetos, e sim pelo contato com bactérias presentes em secreções de pessoas infectadas.

Sua ocorrência está diretamente ligada a condições precárias de saneamento básico e higiene. Ela é frequente nos locais já mencionados, nos quais a febre amarela também é comum. Sendo assim, se estiver planejando visitar um desses lugares, tome logo as vacinas para viajar contra as duas doenças.

Além disso, evite beber água de fontes desconhecidas e ingerir alimentos crus, não lavados ou de procedência duvidosa. Durante toda a viagem, dê preferência para alimentos e bebidas industrializados.

3. Gripe

Pode parecer besteira, mas a vacina contra gripe é fundamental antes de qualquer viagem. Afinal, a epidemia é global e praticamente todos os países sofrem com a disseminação da doença em algumas épocas do ano.

Para garantir que você vai conseguir aproveitar a viagem ao máximo, tome a vacina antes de viajar, principalmente se estiver dentro de algum grupo de risco (idosos, mulheres grávidas, portadores de doenças que prejudicam a imunidade, profissionais da saúde e crianças).

4. Hepatites A e B

A prevenção contra hepatite A e B é recomendada em caso de viagem para qualquer região do Brasil, mas especialmente para o Norte ou Nordeste.

A vacinação contra o tipo A é feita em duas doses, que devem ter um intervalo de 6 meses entre elas. Já a que previne a hepatite B deve ser aplicada em três doses, também com um intervalo de 6 meses entre cada uma.

Caso ainda fique com dúvidas em relação aos riscos de contaminação, entre em contato com o Disque-Saúde (136) ou consulte o consulado do país que pretende visitar.

Além disso, mesmo conhecendo as principais vacinas para viajar, saiba que alguns lugares específicos podem ter recomendações adicionais. A vacina contra encefalite japonesa B, por exemplo, é necessária para aqueles que pretendem visitar países do extremo oriente.

Já a vacina contra meningite meningocócica A e C é obrigatória para os que visitam a região sub-saárica da África, conhecida como “cinturão da meningite”. Ela é exigida inclusive para os peregrinos que vão a Meca e Medina, como uma exigência do governo da Arábia Saudita.

Por fim, além de se vacinar, existem outras maneiras por meio das quais você pode garantir uma viagem mais tranquila e sem imprevistos.

O seguro de viagem é um deles. Investindo apenas cerca de R$3,00 por dia, você garante a cobertura de despesas médicas, extravio de bagagem e muitas outras coberturas. Mesmo com a proteção das vacinas, precaução nunca é demais, não é?

Agora que você conheceu as principais vacinas para viajar, que tal continuar aprendendo no nosso blog? Descubra o que é doença preexistente e como ela influencia no contrato de um seguro viagem!

compartilhar no facebook compartilhar no twitter
Compre aqui seu seguro viagem
Como podemos falar com você?

Segue a gente