Documento internacional: perdi meu passaporte e agora?

Documento internacional: perdi meu passaporte e agora?.

Já pensou estar em um país estrangeiro e, de repente, se dar conta de que perdeu seu documento internacional? A situação, por mais surreal que pareça, pode acontecer com qualquer um, afinal é natural distrair-se por um minuto, especialmente quando tudo é novidade. Inicialmente, um sentimento de pânico irá se instalar, mas não há motivo para desespero pois, como tudo na vida, sempre há uma solução viável.

Não acredita? Então, acompanhe na íntegra o conteúdo abaixo, pois esclarecemos algumas alternativas para resolver o problema daqueles que esqueceram o passaporte e não sabem como proceder!

Em breve, você perceberá que de fato não existe razão para se desesperar. Com ações relativamente simples, tudo pode ser esclarecido e solucionado. 

Procure o documento em locais especializados

Antes de iniciar o processo para aquisição de um novo documento internacional, que tal conferir minuciosamente o quarto do hotel e, claro, os últimos locais visitados?

No exterior, vários estabelecimentos possuem um espaço chamando Lost and Found que é destinado a itens, documentos e — pode acreditar — até mesmo dinheiro que foram perdidos por turistas e pela população local. 

Olhou tudo e mesmo assim não consegue encontrar o bendito do documento de identificação? Então, não perca mais tempo e siga os passos abaixo.

Vá a delegacia local

Como de praxe, antes de obter um novo título, independentemente do país, é preciso ir à delegacia e registrar o ocorrido por meio de um Boletim de Ocorrência, informando que o documento foi roubado ou extraviado. Procure uma instituição próxima ao local em que você percebeu que não portava mais o passaporte.

Claro que a ação será um pouquinho mais complexa do que no seu país natal, afinal você está em terras estrangeiras. Diante disso, lembre-se de sempre manter a calma, combinado?

Siga agora para o Consulado Brasileiro

Após ter em mãos o documento que comprove a perda do passaporte, siga para a Repartição Consular brasileira, que também deve ser avisada sobre a situação. Leve o B.O. e solicite aos agentes a emissão de um novo passaporte de urgência. Simples assim.

Entretanto, esse esquecimento vai pesar no bolso: similar ao procedimento realizado aqui no Brasil, será cobrada uma taxa dobrada para a emissão de um novo documento. 

Vale destacar que essa opção é ideal apenas se você tem pretensão de continuar sua viagem no exterior. Outro aspecto que deve ser ressaltado é que os vistos não podem ser solicitados novamente. Portanto, se sua viagem estava programada para um país que exige tal documento, será necessário definir uma nova rota. 

Tente adquirir uma autorização de Retorno ao Brasil

Se sua intenção é finalizar o passeio e voltar para o Brasil, o mais recomendado é partir para essa alternativa.

Com emissão sem custos pelo Consulado ou Embaixada brasileira, obter a autorização de retorno ao Brasil é bem simples. Como no outro procedimento, apresente ao agente consular o B.O. feito anteriormente, juntamente com uma certidão que comprove sua origem — pode ser desde registo de identidade até sua carteira de motorista. Para facilitar, não precisa ser o documento original. Portanto, um amigo ou familiar pode ajudar enviando cópias autenticadas.

Em última instância, se não possuir, no momento, documentos com tais atributos, você ainda tem duas opções:

  • Recorrer a testemunhas que garantam sua nacionalidade;

  • Assinar uma declaração, que irá permitir passe livre para a terrinha tupiniquim.

Além dessas questões, é preciso comprovar sua volta para o país por meio da passagem aérea.

Para não ir desnecessariamente à Repartição Consular, tenha em mente que o atendimento deve ser feito pessoalmente, durante o expediente normal e em dias úteis. 

Recupere o passaporte por meio da Restituição de Documentos

Pronto! O seu impasse foi resolvido e agora resta apenas curtir o finalzinho da viagem ou até mesmo descansar para pegar o voo de volta ao seu país de origem, certo? 

Infelizmente, não é bem assim. Afinal, mesmo com tudo já em andamento, você ainda se questiona sobre o desaparecimento do documento internacional, sobretudo se nele ainda haviam vistos para próximas viagens.

Com a perda, será necessário retomar todo o processo de aquisição de visto no Brasil, o que gastará tempo e dinheiro. Por isso, às vezes, a sensação de frustração ainda insiste em aparecer. 

A boa notícia é que existe ainda uma terceira possibilidade de reaver seus documentos, que é por meio da restituição. Esse procedimento funciona da seguinte maneira:

  • As autoridades, encontrando seu passaporte no território estrangeiro, enviam-no à Repartição Consular;

  • Ela, por sua vez, o encaminha ao Ministério das Relações Exteriores, em Brasília. 

  • Finalmente, esse órgão remete, por meio de correspondência, o conteúdo para os responsáveis aqui no Brasil.

Portanto, não se espante se, passados dias ou meses, receber em casa o passaporte que havia sido roubado, extraviado ou perdido.

Tome precauções antes da viagem

Já dizia o ditado, “não chore pelo leite derramado”, ou seja, depois de ter acontecido o imprevisto, erga a cabeça e procure uma solução plausível para a questão, certo? 

Todavia, para driblar os obstáculos com mais facilidade, que tal munir-se de informações previamente? Busque dados e assuntos relevantes para todas e quaisquer dúvidas que possam surgir durante a viagem, inclusive sobre as exigências dos países a visitar, como, por exemplo, o seguro viagem obrigatório.

Uma ideia viável é levantar uma espécie de questionário com as perguntas mais frequentes dos viajantes e você mesmo respondê-lo. Essa é uma alternativa simples e totalmente eficaz, que irá ajudá-lo a lidar com os problemas que surgirem no decorrer do passeio. 

Outra dica fundamental é: arrume um lugar seguro para deixar a documentação da viagem. Às vezes, vale a pena adquirir uma money belt, que nada mais é do que aquelas tradicionais pochetes internas, ideais para guardar itens que você pode precisar a qualquer instante e que, mesmo que não sejam valiosos, exigem um cuidado extra. 

Leve documentos extras

Para não ter erro: não esqueça também de levar cópias dos arquivos essenciais, incluindo passaporte, pois como já se sabe, é melhor prevenir do que remediar, não é mesmo? Portanto, programe a viagem em seus mínimos detalhes, lembrando-se de elaborar um planejamento apropriado para a data.

Agora que você sabe como proceder quando perder o documento internacional, para receber mais dicas sobre o tema, siga nossas redes sociais e conheça mais sobre esse universo: Estamos presentes no Facebook, Twitter e Instagram.

compartilhar no facebook compartilhar no twitter
Compre aqui seu seguro viagem
Como podemos falar com você?

Segue a gente

mautic is open source marketing automation