icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
04 setembro - 9 minutos de leitura.

Dakota do Sul: pontos turísticos e passeios principais! 

Chris standing up holding his daughter Elva América do Norte

Já imaginou viver dias em um genuíno Velho Oeste? Na Dakota do Sul você pode! Esse histórico estado norte-americano pode te “transportar” à era dos caubóis!

Lar do icônico Monte Rushmore, que apresenta as faces de quatro ex-presidentes dos Estados Unidos esculpidas na montanha, a região oferece diversos outros atrativos.

Afinal, é impossível não se surpreender com as paisagens do Badlands National Park, se encantar com a riqueza natural no Custer State Park e “mergulhar” na rica história do Oeste!

Que tal começar a planejar agora mesmo uma viagem inesquecível pela região de South Dakota?

Cote os melhores seguros de viagem com 15% de desconto neste link!

Dakota do Sul: o que fazer em um dos tradicionais estados americanos?

Se fosse necessário descrever a Dakota do Sul, Estados Unidos, com apenas uma palavra, poderia ser “beleza”.

No Oeste do mapa do país, o estado é um gigante em agricultura e pecuária, mas fez sua riqueza com o turismo, justamente por causa de suas belíssimas paisagens.

Não é à toa que a região tem sido imortalizada nas artes, como cenário dos filmes Dança com os Lobos e Intriga Internacional, além da série televisiva Deadwood!

Com tantos atrativos e belezas naturais fica até difícil definir o que fazer pelo estado, mas preparamos uma seleção com as melhores dicas para a sua viagem. Confira!

Quem nasce na Dakota do Sul é?

Quem nasce na Dakota do Sul é?
Fonte: Freepik

A Dakota do Sul é vizinha da quase xará Dakota do Norte. Os dois estados têm um passado rico, de grande protagonismo na história dos Estados Unidos.

Ambos foram batizados com uma palavra na língua indígena do povo Dakota, nativos-americanos que eram maioria na região antes da chegada dos europeus, cujo significado é “Amigo”.

Quem nasce no “estado-amigo” do sul, que tem quase 900 mil habitantes, é chamado de sul-dakotano.

Dakota do Sul: curiosidades

Apesar de ser menos badalada que outros estados do Oeste americano, como Nevada, Califórnia e Arizona, a Dakota do Sul pode ser o destino perfeito para sua próxima viagem, sobretudo por conta de sua cultura.

Na região, pode-se dizer que o Velho Oeste nunca acabou. A paisagem árida, na qual as montanhas desafiam a gravidade estendendo-se ao azul do céu, parece digna de um filme de John Wayne e Clint Eastwood.

Em poucos cantos do mundo é possível ter um contato tão próximo com a natureza.

A rota da Black Hills National Forest, por exemplo, leva o viajante por estradas cênicas de beleza incomparável, com centenas de quilômetros de trilha.

O Sand Lake National Wildlife Refuge, por sua vez, é simplesmente imperdível para amantes da ornitologia. O parque é lar de mais de 400 espécies de pássaros, em meio a florestas e pradarias.

Confira outras curiosidades sobre a região!

Cultura 

Cultura Dakota do Sul
Fonte: Pixabay

Você pode aproveitar o seu passeio para conhecer mais sobre a cultura nativo-americana. Afinal, o estado abriga nada menos que nove tribos de diferentes etnias indígenas!

Os festivais powwow, ou “wacipi”, celebram essas culturas anualmente, com muita música à base de tambores, cantos tradicionais e trajes deslumbrantes, cheios de cor.

Um dos maiores destaques é a Sisseton Wahpeton Oyate Wacipi, a mais antiga powwow, que acontece em julho.

Além disso, você poderá aprender tudo sobre as sagas de heróis e foras-da-lei do Velho Oeste, como as histórias de Calamity Jane e Wild Bill Hickok, nos museus espalhados por todos os cantos do estado.

Monte Rushmore

A Dakota do Sul ficou famosa pelo Memorial Nacional do Monte Rushmore, que recebe quase 3 milhões de visitantes por ano e é um dos monumentos mais famosos do planeta.

Localizado na região de Black Hills, o monte tem as faces de quatro ex-presidentes dos Estados Unidos esculpidas na pedra, George Washington, Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln, com mais de 18 metros de altura.

O monumento, planejado pelo artista Gutzon Borglum, começou a ser construído em 1927, mas só foi concluído em 1991, depois de ter o projeto interrompido por várias décadas.

Para esculpir os líderes na montanha, foi necessário demolir mais de 400 mil toneladas de rocha.

O resultado pode ser visto a partir do observatório Lincoln Borglum Visitor Center e ganha iluminação especial à noite!

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Mapa de Dakota do Sul

    Com quase 200 mil km² de área, South Dakota é o 17º maior estado dos Estados Unidos, com cerca de quatro pessoas por quilômetro quadrado. 

    Por isso, é importante planejar bem seus deslocamentos pela região, pois viajar de uma cidade a outra pode consumir muito tempo e dinheiro.

    Confira o mapa de Dakota do Sul!

    Seguro viagem um documento importante para todo viajante

    Antes de viajar para a Dakota do Sul ou qualquer outro destino dos Estados Unidos, o viajante não pode se esquecer de contratar um bom seguro viagem.

    Apesar de não ser obrigatório para quem vai visitar os EUA, o seguro viagem pode salvar o bolso do viajante de grandes prejuízos em caso de imprevisto.

    Um problema médico simples pode se transformar em uma dívida de milhares de dólares, pois o acesso ao sistema de saúde norte-americano é caro até mesmo para os próprios cidadãos dos Estados Unidos!

    Por isso, o seguro viagem pode possibilitar que o viajante tenha uma estadia devidamente resguardada e tranquila, com toda a assistência que você precisa.

    Para encontrar o seguro viagem mais barato e mais completo, com o melhor atendimento do mercado, faça uma cotação em nosso site de buscas, Seguros Promo.

    Seguro Viagem: EUA
    CORIS 60 USA BASIC +COVID19 CORIS 60 USA BASIC +COVID19 Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 47/dia*

    Nossa plataforma te ajuda a comparar ofertas para contratar sua cobertura em poucos minutos, de maneira simples e prática.

    O que visitar no estado da Dakota do Sul

    A beleza do deserto vai acompanhar seu olhar a cada pedaço do estado que você visitar, em meio a alguns dos mais exuberantes parques nacionais do país, como o Badlands National Park e o Custer State Park.

    O viajante ainda pode conhecer a histórica cidade de Deadwood, o memorial ao nativo-americano Cavalo Louco e outros cenários simplesmente inesquecíveis!

    Confira o que fazer em Dakota do Sul!

    Mount Rushmore National Memorial

    Mount Rushmore National Memorial
    Fonte: Pixabay

    Visitar a Dakota do Sul e não conhecer o Mount Rushmore National Memorial é como viajar para Paris e não ver a Torre Eiffel. Em outras palavras: uma parada obrigatória!

    O monumento simboliza a luta pela independência e construção da república norte-americana, no meio da cadeia de montanhas Black Hills.

    Ali, as faces de quatro ex-presidentes estão esculpidas na rocha, com mais de 18 metros de altura!

    São eles: o primeiro presidente do país, George Washington; o autor da declaração de independência, Thomas Jefferson; o herói da Guerra Civil e abolidor da escravidão, Abraham Lincoln; e o ícone do milagre econômico, Theodore Roosevelt.

    O centro de visitantes da atração, o Lincoln Borglum Visitor Center, abriga um terraço panorâmico que oferece vista privilegiada do monumento, além de um pequeno museu, livraria, banheiros e bebedouros.

    A entrada no parque Mount Rushmore National Memorial é gratuita, mas você precisará pagar US$ 10 pelo estacionamento (preço em junho/2021).

    Além do seguro, há muitos outros serviços que são essenciais para que a sua viagem seja um sucesso. Para melhorar sua experiência, acesse o Vantagens Promo e fique atento às opções e benefícios!

    Badlands National Park

    Uma visita ao Badlands National Park pode mudar a maneira como você conhece os Estados Unidos ao apresentar um vislumbre da pré-história!

    O parque, que se estende por mais de 98.700 hectares, abriga fósseis com mais de 25 milhões de anos, além de uma pradaria fértil, repleta de vida e cor.

    A reserva, que hoje é o lar de bisões, ovelhas selvagens, furões e cães da pradaria, já foi o lar de rinocerontes e cavalos pré-históricos

    Ali também vivem comunidades indígenas de diversas etnias, incluindo Cheyennes, Sioux e Arapaho, entre outras: uma oportunidade ímpar para conhecer mais sobre a história e a cultura dos nativos americanos!

    A entrada no parque custa US$ 15 para pedestres ou ciclistas. Se você estiver viajando de carro, moto ou motorhome, basta arcar com as taxas de estacionamento, entre US$ 25 e US$ 150, a depender do tamanho do veículo (preços em junho/2021).

    Essas taxas têm validade de sete dias, ou seja, você poderá visitar o parque por sucessivos dias sem precisar pagar nada a mais.

    Custer State Park

    Custer State Park
    Fonte: Bartjuan / Wikimedia Commons / CC0

    Considerado um dos melhores parques estaduais dos Estados Unidos, o Custer State Park fica ao sul de Black Hills e oferece inúmeras atrações a seus visitantes.

    Que tal praticar stand-up paddle e canoagem em águas calmas, percorrer trilhas pelas montanhas com picos de granito, seguir por rotas de mountain bike e trekking, pescar no lago Sylvan ou simplesmente relaxar em meio à natureza?

    O parque, que protege mais de 400 espécies de pássaros, tem entrada a US$ 20 por veículo (preço em junho/2021) e fica aberto o ano inteiro.

    Propriedade de Ingalls

    Uma das principais atrações do estado é a Propriedade de Ingalls, onde viveu a autora da saga Os Pioneiros, Laura Ingalls Wilder, localizada na cidade De Smet.

    No local, os visitantes podem passear em carruagens, aprender mais sobre a cultura do trigo e o preparo do pão, além de experimentar como era a vida nos Estados Unidos do século XIX.

    As crianças podem fazer bonecas com espiga de milho, produzir suas próprias cordas para pular, conhecer uma sala de aula antiga e até conduzir sua própria carruagem.

    O ingresso custa US$ 15 por pessoa (preço em junho/2021) e garante acesso a todas as atividades, incluindo o passeio de carroça em vagão coberto.

    Antes de planejar a sua viagem, consulte sobre o funcionamento da propriedade, pois a atração só fica aberta ao público em algumas épocas do ano.

    Cidade histórica de Deadwood

    Cidade histórica de Deadwood
    Fonte: Pxhere / CC0

    Qualquer passeio pela histórica cidade de Deadwood pode fazer o visitante acreditar que está no Velho Oeste dos Estados Unidos.

    A cidade fez parte da corrida pelo ouro na região da Dakota do Sul nos séculos passados e foi o palco de um dos eventos mais simbólicos do período, o assassinato de Wild Bill Hickok por Jack McCall por uma desavença após um jogo de pôquer no saloon.

    Deadwood está muito bem preservada e oferece ao visitante a chance de conhecer diversos museus e monumentos icônicos, com destaque para o Bodega Casino, o Memorial do Cavalo Louco e os museus Adams e Dias de 76.

    Para conhecer tudo sem pressa, você pode se hospedar na cidade histórica, que dispõe de vários alojamentos, acampamentos, hotéis, motéis e pousadas estilo bed & breakfast.

    Os ingressos custam US$ 10 para adultos e US$ 5 para crianças com mais de 6 anos. Menores de 5 anos de idade têm entrada franca (preços em junho/2021).

    Spearfish Canyon

    A Spearfish Canyon é uma estrada cênica que percorre um trecho de 35 km, estendendo-se até uma elevação de 610 metros.

    O trajeto é feito por florestas, bosques e rios ao longo do desfiladeiro Spearfish, mais antigo que o icônico Grand Canyon!

    No caminho, os visitantes têm a oportunidade de praticar escalada, trekking, ciclismo, pesca esportiva e muitas outras atividades turísticas e esportivas.

    Durante seu passeio, não deixe de visitar as cascatas Spearfish Falls, RoughLock Falls e a Bridal Veil Falls, cachoeiras de fácil acesso a partir do cânion, com mais de 18 metros de queda d’água.

    Crazy Horse Memorial

    Crazy Horse memorial
    Fonte: Pixabay

    Fica na Dakota do Sul o maior memorial do mundo, o Crazy Horse Memorial, que, assim como o Monte Rushmore, foi esculpido sobre a face de uma montanha, em Custer County.

    Crazy Horse, ou Cavalo Louco, em português, foi um indígena da nação Oglala Lakota que lutou pela proteção de seu povo durante os intensos conflitos entre índios e colonos durante a corrida do ouro.

    O complexo turístico inclui o The Indian Museum of North America, cujo acervo reúne peças e registros de mais de 300 nações nativo-americanas, incluindo comunidades das etnias Lakota, Nakota e Dakota Sioux.

    O preço dos ingressos varia de acordo com a época do ano e o tamanho do grupo de visitantes, entre US$ 7 e US$ 35 (preços cotados em junho/2021). O estacionamento, por sua vez, é gratuito.

    RoughLock Falls

    Situada na reserva Spearfish Canyon, a RoughLock Falls é uma das mais belas cachoeiras, onde as águas calmas do riacho Little Spearfish despencam pelo calcário em várias cascatas, com 15 metros de altura.

    A cachoeira oferece aos visitantes excelente infraestrutura, com decks para observação de pássaros raros, como o mergulhão-americano, banheiros, bebedouros e passarelas modernas que conectam diferentes pontos do parque.

    A entrada é gratuita, mas o acesso a algumas partes da reserva fica limitado durante o inverno, de dezembro a março.

    Wind Cave National Park

    Nem só de montanhas, cânions e desertos vive a Dakota do Sul! O estado também é o lar do Wind Cave National Park, um dos maiores complexos espeleológicos do mundo!

    O parque protege uma área de mais de 13,7 mil hectares de pradarias e florestas, além de uma das mais longas cavernas subterrâneas do planeta, onde o fluxo de ar é tão intenso que é possível ouvir constantemente o vento assobiando pelos corredores.

    O visitante ainda tem a oportunidade de aprender mais sobre a vida animal na região, acampar em meio à natureza e conhecer tudo sobre a história geológica do estado!

    Quem deseja visitar as atrações da superfície não precisa pagar ingresso, mas as visitas guiadas pelas cavernas têm ingressos que variam entre US$ 10 e US$ 30 por pessoa (preços em junho/2021).

    Faça seguro viagem antes de conhecer Dakota do Sul

    As atrações mais incríveis da Dakota do Sul estão esperando por você! Antes de fazer suas malas, só não se esqueça de contratar um bom seguro viagem!

    Lembre-se de que o sistema de saúde dos Estados Unidos é caro até mesmo para os norte-americanos, e um simples acidente ou problema de saúde pode virar uma dívida de milhares de dólares!

    Em nosso site de buscas, Seguros Promo, você pode fazer a cotação de seu seguro viagem completo e barato em poucos minutos, com atendimento 24 horas por dia e 100% em português.

    Seguro Viagem: EUA
    CORIS 60 USA BASIC +COVID19 CORIS 60 USA BASIC +COVID19 Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 47/dia*

    Faça uma simulação e garanta agora mesmo essa tranquilidade para sua viagem pelo Velho Oeste dos Estados Unidos! 

    Conhecer as belezas da Dakota do Sul com segurança e economia? De Promo você pode!


    Continue sua leitura!

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente