Saiba a diferença entre seguro viagem e seguro saúde

Saiba a diferença entre seguro viagem e seguro saúde Seguro Viagens
30 agosto - 7 minutos de leitura.

Qual a diferença entre seguro viagem e seguro saúde?

Quando a gente só quer tranquilidade, surgem essas dúvidas terríveis, e que podem causar mais dor de cabeça ainda em quem não sabe! Seguro viagem, seguro saúde, assistência viagem… Afinal, existe diferença?

Não se preocupe, aqui a gente te conta o que é cada uma dessas modalidades e qual é a melhor opção pra você.

Então vamos lá, pra você sair daqui sem dúvidas e não confundir mais. Confira!

Seguro saúde vs Seguro viagem

Seguro saúde vs Seguro viagem

O plano de saúde comum oferece uma rede conveniada, em que o cliente pode ser atendido a preços especiais, até mesmo gratuitamente, dependendo das condições.

No seguro saúde, não costuma haver rede conveniada. Ocorre um reembolso, parcial ou total, dos serviços que precisarem ser utilizados, assim como o seguro viagem.

Isso ocorre de forma bem parecida com a assistência de viagem e com o seguro viagem. Todos têm como objetivo te aproximar da resolução dos seus problemas!

Agora, com essas similaridades, vamos às divergências:

Diferenças entre seguro saúde e seguro viagem

O que é seguro viagem? O seguro viagem é um serviço que presta assistência ao viajante para enfrentar os imprevistos de viagem, que podem surgir durante o trajeto.

Ele é a garantia de que você estará amparado contra uma série de azares, como alguma emergência médica ou o extravio das suas bagagens.

Já o seguro saúde engloba problemas relacionados à saúde, como consultas de rotina e internações.

Ele funciona de forma similar a um plano de saúde internacional, com atendimentos restritos apenas para emergências médicas, hospitalares, odontológicas ou farmacêuticas, dependendo do plano.

Desse, não são consideradas as situações relacionadas com a viagem, como cancelamento de voos. Essa está entre as grandes diferenças entre seguro saúde e seguro viagem.

E a diferença entre seguro viagem e assistência viagem?

Seguro saúde Seguro viagem

Os nomes parecidos antes poderiam causar confusão, mas hoje isso não é problema quanto antes!

Pelo menos desde que entrou em vigor a Resolução 315/2014, da SUSEP – a Superintendência de Seguros Privados.

A grande diferença entre os dois era que o seguro viagem, ao ser acionado, orientava o segurado a ir ao médico, pagar com o próprio dinheiro e solicitar o reembolso quando retornar para o Brasil, guardando todos os comprovantes necessários.

Já a assistência viagem direciona o viajante para uma rede conveniada de atendimento que arca com os gastos, sem a pessoa precisar usar o próprio dinheiro.

Mas depois das alterações propostas, foi feita a junção desses dois serviços. Isso quer dizer que, agora, comprar seu seguro viagem já vai englobar as duas opções.

Assim, você pode escolher entre ser atendido pela rede credenciada, quando ela estiver disponível, ou ir ao local da sua preferência, com o direito de ser reembolsado depois!

Seguro viagem e Seguro saúde: qual a melhor opção?

Seguro viagem e Seguro saúde diferença

Fonte: Shutterstock

Cada caso é diferente, na relação entre a necessidade, o produto e o fornecedor!

Por um lado, o seguro saúde pode incluir serviços além dos urgentes ou emergenciais. Mas ele não inclui os outros serviços além dos médicos e hospitalares.

Portanto, pra viagens mais compridas ou com mais atividades e riscos envolvidos, como o de cancelamento de voo, é recomendado buscar um seguro viagem.

Mas em qualquer caso, saber a melhor opção vai depender da sua análise sobre as suas necessidades, inclusive sobre os preços.

Apesar de nenhum dos dois ser caro – um bom seguro viagem pode custar tão pouco quanto 5 reais por dia –, o seguro saúde pode ser um pouco mais barato.

Cabe ao viajante conhecer suas prioridades e traçar seu orçamento. Mas se quiser auxílio nessa decisão, pode contar com a gente do Seguros Promo!

Como contratar seguro saúde para viagem nacional e internacional?

como contratar Seguro viagem e Seguro saúde

Frequentemente, “seguro saúde” é usado popularmente para se referir ao seguro viagem, que já inclui algumas garantias relacionadas a isso.

Se esse for o caso, tem um jeito bem fácil, tanto para viagens nacionais quanto para internacionais, que é consultar o Seguros Promo!

Em nosso site, você comparar até quatro planos ao mesmo tempo, oferecidos pelas seguradoras mais confiáveis do mercado!

Você vai poder conferir uma série de detalhes de qualquer um deles até se decidir qual é o seu preferido ou mais adequado.

Mas se esse não for o caso e você quiser somente um seguro saúde, poderá consultar a sua unidade médica de preferência e perguntar diretamente como prosseguir!

-> Saiba mais sobre seguro viagem internacional

Cobertura básica do seguro de viagem

Até aqui, já falamos que o seguro de viagem inclui outras garantias, todas direcionadas a prevenir problemas comuns em viagens.

Dessa forma, te dando muito mais tranquilidade e evitando que surja um rombo em suas finanças.

Mas quais são elas? Acompanhe, então, que vamos falar sobre as coberturas básicas e sobre algumas das mais presentes e escolhidas pelos viajantes!

1. Assistência médica e odontológica

Essa é a cobertura que engloba a saúde em unidades de atendimento .

Ela costuma ser referida como DMHO – Despesas Médicas, Hospitalares e Odontológicas.

Isso significa que para qualquer emergência que acontecer durante a viagem, dentre os termos definidos na apólice, a seguradora vai se responsabilizar.

Seja pela rede conveniada de atendimento, sem a necessidade de pagamento, ou pelo reembolso feito após a viagem ao guardar os comprovantes de pagamento e laudos médicos.

2. Translado médico

Similar, mas diferente desse item de cima. Ele também se refere a emergências e centros médicos.

Mas a garantia não é para o atendimento em si, mas sim para os transportes que venham a ser necessários para iniciar ou seguir com um tratamento.

Por exemplo, chamar uma ambulância para levar alguém para um hospital depois de sofrer um acidente grave.

Ou fazer a transferência até uma unidade que tenha equipamentos mais completos, essenciais para o sucesso das operações!

3. Morte em viagem

Como se pensar em acidentes já não fosse preocupante o suficiente, não é? Mas infelizmente, pode acontecer um falecimento, mesmo com chances muito baixas.

Nenhum valor financeiro realmente compensa uma partida inesperada de um amigo ou parente, especialmente durante uma viagem.

Mas receber uma indenização pode ajudar a lidar com as dificuldades que surgem desse trágico evento.

O segurado pode escolher os beneficiários, mas confira quem será elegível para ser um, de acordo com as normas definidas nos termos de uso.

4. Traslado do corpo

Uma dessas dificuldades pode ser até mesmo o transporte do ente falecido de volta ao lugar de origem ou ao local do funeral.

Mais uma vez, o seguro tem o objetivo de auxiliar durante os momentos de dificuldades que ocorrem durante a sua viagem.

Vamos esperar que nunca precisemos acionar essas coberturas, não é? Na pior hipótese, é melhor ter essa opção.

5. Invalidez permanente por acidente

Outro caso também relacionado a cuidados médicos. A cobertura oferece indenização por invalidez permanentes decorrentes de imprevistos durante a viagem.

Depois de ser informado oficialmente que não será possível fazer a recuperação completa de um membro ou órgão, o segurado terá direito ao pagamento.

Isso depois que todos os recursos disponíveis forem exauridos durante o tratamento.

A quantidade da indenização depende do grau e do tipo da invalidez. Um valor é determinado para cegueira, por exemplo. Mas será outro para uma paralisia completa dos membros inferiores.

Cobertura adicional do seguro de viagem

cobertura adicional seguro saude

Fonte: Shutterstock

Enquanto os itens acima são básicos e presentes em quase todo seguro viagem que se vê por aí, outros também podem ser mais frequentes.

Ou pelo menos, muito úteis para pessoas em situações bem específicas.

É recomendado que seja feita a leitura de todos os serviços opcionais oferecidos pela seguradora!

Assim, se você determinar que vale a pena cobrir esse risco para a sua viagem, é só falar com a seguradora e conferir suas opções!

1. Bagagem extraviada

Esse é um problema recorrente e que aflige muitos viajantes. Tanto os afetados pelo extravio, quanto os que se preocupam com uma pergunta séria:

“O que fazer se eu chegar lá e estiver sem a minha mala?”. A primeira recomendação é não deixar nenhum item insubstituível na bagagem comum.

Prefira colocá-los na bagagem de mão! Assim, mesmo se o pior acontecer, se você tiver contratado essa cobertura, você receberá um reembolso, ou por unidade ou por quilo das bagagens perdidas.

Dessa forma, assim que for confirmado o extravio e você receber sua indenização, poderá readquirir todos os pertences essenciais para continuar sua viagem.

Isso, é claro, além dos boatos de que, se sua bagagem estiver segurada, ela terá menos chances de ser extraviada!

2. Cancelamentos da viagem

Às vezes o problema não é nem com a gente, mas ainda acaba nos afetando, né? Por exemplo, se o clima estiver péssimo e o voo for cancelado.

Imagine aquelas reservas de hotéis, os pacotes turísticos e ingressos comprados. Os que não puderem ser cancelados de outra forma serão reembolsados, com essa cobertura!

Confira nos termos da seguradora quais casos se aplicam e quais não. Porém, em geral, essa é uma boa garantia de que não sairá no prejuízo!

3. Regresso antecipado

Mas se o problema acontece quando você já partiu. como fazer? Se ficar muito caro remarcar o voo, assim, em cima da hora?

Como sempre, o seguro estará lá pra facilitar a sua vida o quanto possível.

Assim, se algum dos eventos cobertos te forçar a retornar ao seu local de origem, as passagens de volta estarão por conta da seguradora.

4. Cobertura para funeral

Verifique se esta não se refere somente aos custos de transporte, como a de translado de corpo.

É importante verificar todos os termos e condições, já que as nomenclaturas podem variar.

Mas a cobertura para funeral pode oferecer auxílios para cobrir os custos relacionados à cerimônia, a serviços religiosos e ao caixão.

Com quantos dias antes da viagem é possível contratar o seguro saúde para viagem?

seguro saude
Fonte: Pixabay

E para contratar todos esses serviços, quando fazer isso? Pode ser depois mesmo de viajar?

Cuidado, hein! Algumas seguradoras podem não aceitar a contratação do seguro viagem após o embarque. Antes entrar a bordo do seu transporte, em geral é possível fechar negócio sem problemas.

Apesar disso, é sempre indicado fazer isso com, pelo menos, algumas semanas de antecedência.

Tanto para não acabar perdendo a data quanto para ter tempo de se preparar, tirar quaisquer que sejam as suas dúvidas e considerar todas as suas opções.

Cotação de Seguro Viagem no Seguros Promo

Agora que você sabe a diferença entre seguro viagem, assistência viagem e seguro saúde, você pode escolher o melhor plano para sua jornada sem medo de errar.

E saiba que pode sempre contar com o atendimento especial do Seguros Promo nesse trajeto!

Isso, é claro, além dos ótimos preços que conseguimos oferecer pra você. Faça sua cotação e comprove.

E pra não perder as melhores chances, nos siga em nossas redes sociais. De Promo, você pode!

Seguro Viagem: EUA
AC 150 + TELEMEDICINA AC 150 + TELEMEDICINA Assistência médica USD 150.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 23/dia*
TA 100 TA 100 Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 25/dia*


Veja também
30 outubro - 7 min de leitura.
Seguro viagem vale a pena?
Faça sua cotação agora
Conecte-se com a gente
instagram