icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
01 abril - 8 minutos de leitura.

O que fazer em Huaraz: roteiro pelas lagunas e pontos turísticos 

Chris standing up holding his daughter Elva América do Sul

Muita gente não faz ideia de o que fazer em Huaraz, no Peru. A bem da verdade, a cidade chega a ser até desconhecida de vários turistas, que nem imaginam o que estão perdendo.

Entre os picos nevados da Cordillera Blanca, é possível encontrar lagos cinematográficos em tons de turquesa em meio às trilhas. São paisagens, literalmente, de tirar o fôlego!

Está mais do que na hora de descobrir esse destino imperdível em qualquer roteiro turístico pela América do Sul. Por isso, preparamos um guia com as melhores atrações e dicas úteis para o passeio. É só conferir!

Aproveite os melhores custos-benefício com cupom de 15% de desconto para seguro viagem!

O que fazer em Huaraz: lagunas, trilhas e ruínas

A capital Lima e as ruínas de Machu Picchu são alvos frequentes de turismo no Peru, ainda mais entre os aventureiros que sonham com um mochilão por países sul-americanos.

Mas um dos mais belos cartões-postais peruanos está escondido no norte do país, um lugar que não pode faltar no roteiro: Huaraz.

Longe da rota turística e pouco famosa entre os brasileiros, a cidade é a base principal para explorar o Parque Nacional Huascarán, Patrimônio Mundial da Unesco, onde paisagens naturais se manifestam com intensa beleza.

Até as trilhas mais simples podem ser desafiadoras, seja pela altitude ou pelo frio. Só que as lagunas de água azul-turquesa e as montanhas nevadas ao redor recompensam todo o esforço para vencer o caminho.

Ruínas históricas na região de Huaraz também fazem parte das atrações imperdíveis de lá.

Quem gosta de se aventurar e apreciar as belezas com que a natureza nos presenteia está prestes a encontrar no Peru mais um destino único para guardar na memória.

Como chegar em Huaraz?

Como chegar em Huaraz
Fonte: Pxhere

Huaraz, capital do departamento de Ancash, está localizada entre as Cordilleras Blanca, Negra e Huayhuash.

A primeira parada dos brasileiros rumo às lagunas geralmente é Lima, que está a 400 km de distância.

Para seguir viagem, existe mais de uma opção: carro, ônibus ou avião. Mas já adiantamos que a segunda será a melhor escolha.

A estrada para Huaraz, cidade base para os passeios, vai se tornando complicada mais ao norte, por isso alugar um carro pode gerar problemas desnecessários. O aeroporto local até recebe voos diários de Lima, mas o preço das passagens costuma ser bem salgado.

Já a viagem de ônibus é mais econômica, tem boa disponibilidade de horários (inclusive à noite) e não gera o estresse de enfrentar caminhos desconhecidos.

Leva mais tempo? Com certeza, mas as cerca de 8 horas de trajeto vão servir para ir se aclimatando aos mais de 3 mil metros de altitude da região. 

Vantagens Promo tem as melhores ofertas para você economizar na sua viagem! Encontre cupons e descontos para passagem aérea, hotel, aluguel de carro, e muito mais! Clique aqui e confira.

Qual é a melhor época para ir a Huaraz?

É possível fazer as trilhas pelo Parque Nacional Huascarán em qualquer época do ano, mas a alta temporada do turismo em Huaraz vai dos meses de maio a outubro.

Nesse período, o tempo fica mais estável e as ocorrências de chuva são menores. 

Durante o restante do ano, a temporada de chuvas pode comprometer alguns passeios. Mas os turistas que toparem o desafio de chegar aos pontos turísticos da região correndo o risco de ficarem encharcados podem se aventurar de novembro a abril.

Vale lembrar que nas cordilheiras o tempo é imprevisível e também mais frio. Por isso, faça as malas se preparando para ventos gelados no caminho.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Evite os imprevistos: contrate um seguro viagem!

    Viajar sem a contratação de um seguro viagem, ainda mais em passeios que envolvam aventuras e esportes radicais, pode ser um grande risco.

    Lógico que nenhum turista espera passar por isso, mas imagine que uma trilha não termine bem e você sofra uma torção, ou pior, leve um tombo e tenha alguma fratura no corpo.

    Longe de casa, em um país diferente, um imprevisto desses pode ser um enorme problema. Não para quem foi precavido e contratou o seguro.

    Além da cobertura médica, ele oferece suporte em outras situações, como cancelamento ou atraso de voo, extravio de bagagem, repatriação e muito mais. E uma dica: se você vai praticar esportes de aventura, fique atento para a inclusão da cobertura no plano.

    Quer saber como encontrar os melhores planos e com preços pequenos? É só utilizar o Seguros Promo!

    Seguro Viagem: América do Sul
    Intermac 15 COVID-19 TOP5 Intermac 15 COVID-19 TOP5 Assistência médica USD 15.000 Bagagem extraviada USD 350 (SUPLEMENTAR) R$ 24/dia*

    Você pode comparar até quatro planos de uma só vez, achar o mais adequado para a sua viagem e pagar o preço mais barato do mercado. Não deixe que os imprevistos estraguem seu passeio, viaje protegido com Seguros Promo.

    O que fazer em Huaraz, Peru?

    Huaraz tem atrações fantásticas para quem não sabe o que fazer no Peru descobrir.

    As trilhas pelo Parque Huascarán são surpreendentes. A coloração da água dos lagos hipnotiza os olhos e faz qualquer um se questionar como foi possível não conhecer um lugar desses antes.

    Como plano de fundo, os montes nevados deixam a paisagem ainda mais inacreditável.

    Dica importante: faça os passeios com as agências de turismo, será mais seguro e prático. Agora sim, venha saber mais sobre os pontos turísticos mais incríveis na região.

    Lagunas Llanganuco

    Lagunas Llanganuco
    Fonte: Freepik, foto de wirestock

    Começar pelas Lagunas Llanganuco é um jeito bom para se aclimatar às elevadas altitudes da região, que fazem de algumas trilhas mais exigentes.

    A 3.900m de altitude, estão as duas lagoas que formam Llanganuco: Chinancocha, que na língua quéchua significa “laguna fêmea” e Orconcocha, a “laguna macho”.

    Entre as duas, a primeira chama mais a atenção dos turistas por apresentar coloração mais vibrante que sua laguna irmã.

    São 80 km partindo de Huaraz, mas a viagem demora cerca de 2h30 pelas condições da estrada. É possível conhecer Llanganuco no caminho para a Laguna 69 ou em um tour de dia inteiro com parada em Yungay, região destruída por um terremoto em 1970.

    Laguna Llaca

    Das melhores atrações turísticas de Huascarán, a Laguna Llaca atrai menos turistas, mas vamos te dar bons motivos para não deixá-la de fora.

    A distância é bem próxima de Huaraz, cerca de 30 km — o que não significa que a viagem não será demorada. Embora esteja a mais de 4 mil metros de altitude, a trilha é tranquila de percorrer.

    Mas a melhor razão está no visual do lago com os picos nevados da Cordilheira Branca ao fundo. É impressionante!

    A água da laguna não tem a mesma tonalidade turquesa de outras da região. Só que avistar enormes montanhas cobertas de neve tão próximas faz valer este passeio.  

    Laguna Paron

    Laguna Paron
    Fonte: Pixabay

    O lago Paron está na lista das atrações mais visitadas por quem escolhe Huaraz como destino de viagem.

    A laguna é considerada uma das maiores da região e uma das mais encantadoras também, pois a água apresenta uma coloração intensa em contraste com as montanhas e neve ao redor.

    Paron está a 4.200m de altitude, mas o acesso é bem tranquilo. Por isso, muitos turistas a incluem entre os primeiros passeios para se adaptar antes de chegar à Laguna 69.

    Existem duas opções de trilhas perto da laguna, sendo que uma delas leva a um mirante — nem precisamos falar sobre a vista, né?!

    E por falar em vista, de lá é possível ver ao fundo a Montanha Artesonraju, muito famosa por aparecer nos filmes dos estúdios Paramount (por isso, ficou conhecida também como Montanha Paramount). 

    Laguna 69

    De tudo o que tem para fazer em Huaraz, a Laguna 69 é a atração principal e grande motivo que leva os apaixonados por aventura e ecoturismo ao norte do Peru.

    A beleza não está apenas no lago, apontado como o mais encantador da Cordillera Blanca, mas em todo o visual ao longo do caminho.

    Mas o percurso também é desafiador. A trilha começa a 3.900m de altitude. São 7 km de subidas e descidas, alguns trechos mais íngremes, ventos gelados e muito esforço até chegar à laguna, a 4.600m de altitude.

    Pode parecer loucura encarar esse desafio, não é? Mas, acredite, quem supera a trilha é premiado com um dos cartões-postais mais atraentes da América do Sul.

    Lembre-se que depois são mais 7 km de descida. Por isso, é fundamental estar aclimatado à altitude e ter o apoio de uma agência para fazer o passeio até a Laguna 69. 

    Glacial Pastoruri

    Glacial Pastoruri
    Fonte: Pxhere

    É bom estar com o fôlego em dia para fazer o passeio ao Glacial Pastoruri. 

    Mesmo que a trilha seja bem fácil e rápida, tudo fica mais cansativo a mais de 5 mil metros de altitude.

    Tirando esse fator, o resto é tranquilo. Após cerca de 40 minutos caminhando, seus olhos estarão diante de uma geleira, algo que nós brasileiros não estamos acostumados.

    Aproveite cada instante e guarde registros de recordação. Infelizmente, o glaciar está “condenado” pelo aquecimento global. Estudos apontam que em 2030, aquele monte de gelo não estará mais ali — algo importante para nos fazer refletir sobre as ações humanas.

    Ruínas de Chavín de Huantar

    Quer dar um tempo entre as lagunas e ver algo diferente? Que tal um sítio arqueológico?

    As ruínas de Chavín de Huantar são um impressionante vestígio da presença da civilização Chavín na região. Eles foram os precursores dos Incas e Nazcas e exerceram importante influência onde hoje é o Peru.

    No sítio, é possível ver um enorme templo, com 12 metros de altura, e caminhar por galerias subterrâneas construídas há cerca de 3 mil anos.

    O local é protegido como Patrimônio da Unesco. 

    Trilhas em Huaraz

    Quem busca o que fazer em Huaraz vai se deparar, quase o tempo todo, com trilhas.

    A região é um paraíso para os apaixonados por trekking e hiking e os passeios são democráticos, com diferentes dificuldades, e podem ser feitos de um dia a duas semanas.

    A trekking de um dia pela Cordillera Blanca, Quebrada de Llanganuco, Cebollapampa, Mirador de Portachuelo e Yanapqcha reserva lindas paisagens em pouco mais de 4 horas.

    Se o objetivo é um desafio maior, existem outras rotas com possibilidade de acampar no caminho: a Trekking Santa Cruz atravessa a Cordillera Blanca em 4 dias; Nevado Pisco leva um dia a menos, mas pode ser combinado com a anterior; e tem o circuito Huayhuash, que pode levar entre 4 e 12 dias.

    O que fazer em Huaraz à noite?

    O que fazer em Huaraz à noite?
    Fonte: Unsplash

    Huaraz é uma cidade bem simples, apesar dos seus cerca de 120 mil habitantes. 

    Em 1970, 95% do município foi destruído por um terremoto, por isso os turistas não acharão construções que lembram o período de dominação espanhola.

    A dica noturna para aproveitar a cidade é passear pela Plaza de Armas, ponto de encontro da população e de turistas, e sentar nos bares e restaurantes próximos para tomar uma bebida e experimentar pratos típicos da região.

    O que fazer em 1 dia em Huaraz, Peru?

    Vamos falar a verdade, apenas um dia é muito pouco para conhecer os lugares incríveis que existem ao redor de Huaraz.

    Não dá nem para se adaptar direito e minimizar os efeitos do “soroche”, o mal da altitude. A maioria dos passeios também leva um dia inteiro percorrendo as atrações.

    Se o turista tiver um único dia na cidade, a dica é escolher um dos passeios de aclimatação (a Laguna Paron pode ser a melhor escolha). Não encare a Laguna 69 porque os efeitos da altitude podem afetar o seu corpo com mais intensidade. 

    O que fazer em 4 dias em Huaraz?

    Ok, para conhecer Huaraz, viagem de 4 dias já permite explorar melhor as belezas do Parque Nacional Huascarán.

    Vamos deixar uma dica de roteiro para não perder os pontos mais impressionantes, mas você pode adaptá-la da forma que preferir:

    • 1º dia — Laguna Paron
    • 2º dia — Glacial Pastoruri
    • 3º dia — Ruínas de Chavín
    • 4º dias — Laguna 69, com passagem pelas Lagunas Llanganuco

    Onde ficar em Huaraz?

    O que fazer em 4 dias em Huaraz?
    Fonte: Pixabay

    A cidade de Huaraz oferece a melhor estrutura para os turistas, mas, de forma geral, não espere por nada extravagante.

    As opções de hospedagem são mais simples em relação aos destinos mais badalados, porém muito aconchegantes.

    Para quem deseja mais privacidade e conforto, existem pousadas e pequenos hotéis, como o Olaza’s Bed & Breakfast. Já os mais econômicos encontram opções de hostels baratinhos e com ótimo astral, como o Akilpo e o Raju Guesthouse.

    Indicações de seguro viagem para Huaraz, Peru

    Antes de se jogar nas trilhas e descobrir as melhores atrações da lista com o que fazer em Huaraz, lembre-se de garantir um seguro viagem com cobertura para esportes de aventura.

    O serviço será fundamental caso algum imprevisto ocorra pelo caminho. No Seguros Promo, você compara diferentes planos até encontrar o seguro certo para a sua aventura, e o melhor, com preços inacreditáveis.

    Seguro Viagem: América do Sul
    Intermac 15 COVID-19 TOP5 Intermac 15 COVID-19 TOP5 Assistência médica USD 15.000 Bagagem extraviada USD 350 (SUPLEMENTAR) R$ 24/dia*

    Conheça belezas naturais incríveis no Peru em segurança e pagando menos. De Promo você pode!


    Leia também:

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente