O que fazer em Praga: arquitetura, cultura e arte

O que fazer em Praga: arquitetura, cultura e arte Europa
30 novembro - 12 minutos de leitura.
Arquitetura de Praga
Fonte: Pixabay

Na hora de montar o roteiro de viagem todo cuidado é pouco, pois queremos aproveitar ao máximo o destino escolhido. Neste post, o que fazer em Praga é o tema da vez.

Imagine uma cidade que permeia entre o tempo antigo e o atual.  Saiba que Praga é assim!

Situada na República Checa depois de tantas mudanças vivenciadas pela região nas últimas décadas, a cidade soube manter seu desenvolvimento, que hoje, é refletido na área nova com prédios modernos.

Mas também soube como ninguém, preservar sua história, crença e tradições, que podem ser conferidos em um passeio pela a Cidade Antiga, cheia de igrejas com estilo gótico, construções barrocas, monumentos e esculturas muito antigas, datadas do século IX.

É uma cidade, sem dúvida, muito rica no que diz respeito à arquitetura, artes e cultura. Então, se quer ter uma viagem inesquecível para a cidade das Cem Cúpulas, como também é conhecida, anota aí as dicas de Praga, para você não perder nenhuma atração. 

Procurando seguro viagem para Praga? Cote com 15% de desconto neste link!

O que fazer em Praga: roteiro, história e dicas

Praga começa a sua história com povos celtas, os chamados Boios, nome que, posteriormente deu origem ao nome Boêmia, sendo que eles foram os primeiros membros da região onde está localizada a cidade. 

Nas décadas seguintes, o local começou a receber germânicos, ávaros e eslavos, que tinham como objetivo fazer comércio na região. 

Com mais de 1 milhão de habitantes, a cidade sobreviveu à Segunda Guerra, sendo invadida por soldados e tanques soviéticos durante os combates. 

Décadas depois, em 1918, o novo estado da Tchecoslováquia é criado, tornando Praga a sua capital. Já em 1993, a cidade se tornou a capital da atual República Checa. 

Com tantas histórias e etapas, certamente a cidade seria um centro que respira cultura e tradição. Por isso, ao visitar Praga o que mais se vê pelas ruas são prédios com uma arquitetura que reflete os 11 séculos da cidade, sempre muito conservada e conectada com todos as suas eras. 

No seu trajeto pelo município, você vai poder conhecer um pouco da história vivida pela cidade durante o comunismo e holocausto, que é contada  por meio de seus lugares históricos, como museus, sinagogas, mosteiros, cemitério, e muito mais. 

Durante a estada, procure ficar hospedado na região turística e ter sempre uma garrafinha de água, sapatos confortáveis e roupas leves, no caso dos dias mais quentes. 

Isso porque, para não perder nada, a melhor forma de conhecer Praga é caminhando. E por lá, você vai andar muito. Então, pé na estrada!

Como chegar em Praga?

Como chegar em Praga
Fonte: Libreshot

A cidade está localizada na Europa Central e faz fronteira com a Polônia, Alemanha, Eslováquia e Áustria. Mas para chegar até a cidade, não é nada complicado, pois várias companhias aéreas possuem voo até a República Checa.

Mas vale lembrar que não há voos diretos do Brasil para o país. Para chegar a Praga, é preciso fazer escalas em cidades da Europa, como Amsterdã, Frankfurt e Paris.  

O desembarque na capital da República Checa também é muito tranquilo, uma vez que a cidade conta com o aeroporto Václav Havel, e está bem pertinho da região central, onde começará eu roteiro Praga! 

Qual a melhor época para ir a Praga?

Melhor época para ir a Praga
Fonte: Libreshot

Conhecer Praga é uma experiência enriquecedora e, sem dúvida, você voltará com muita história para contar. Porém, mesmo assim, é sempre importante programar a melhor época para conhecer a cidade. 

Além disso, dependendo do período de estada no país, você não pode correr o risco de, por exemplo, visitar praga em 3 dias e não conseguir visitar as principais atrações por conta de chuvas ou temperaturas muito baixas. 

Se prefere viajar durante os dias mais quentes, o ideal é visitar lugares turísticos em Praga no final da primavera e o começo do outono, entre os meses de maio e setembro. 

Nesta época, assim como em toda Europa, o clima na cidade é ainda mais vibrante com gente na rua e nos parques. Sem contar que, neste período, os dias são mais longos e dá para visitar as atrações até tarde. 

O que fazer em Praga no verão?

Ahh, o verão! Uma das épocas mais amadas do mundo e, claro que neste período, Praga está um encanto, a cidade fica muito lotada de turistas e os moradores ainda mais receptivos e cordiais. 

Independente se você visitará Praga em 3 dias ou mais, saiba que a cidade é o tipo de destino que jamais te deixará entediado, principalmente no verão. 

Se está pretendo viajar nesta estação, inclua no tour pela cidade um passeio pelos lindos jardins espalhados pela capital, que sempre estão muito bem cuidados. 

Esse é tipo de passeio que não conseguirá fazer no inverno, pois os jardins ficam fechados nos meses de frio. Entre os mais famosos estão os Jardins Reais do Castelo, o Jardim do Palácio Wallenstein e o Jardim Vrtbovská, todos no centro histórico. 

Dê uma passadinha também nos parques da cidade, o Beer Garden, onde servem bebidas para se deliciar ao ar livre. 

As feiras de rua e mercado também ganham destaque nesta temporada. No local, você encontra todos os tipos de comidas das mais diversas nacionalidades, além de cafés, bebidas, artesanato e produtos orgânicos.

E de quebra, você tem a companhia de uma boa música ao vivo. Os mercados e feiras ocorrem sempre nas manhãs de sábado. Outra dica é fazer um passeio de pedalinho pelo rio Moldava. No verão, o que fazer em Praga vai ser muito fácil!

O que fazer em Praga no inverno?

O que fazer em Praga no inverno
Fonte: Libreshot

A capital também é linda no inverno mesmo com um cenário totalmente diferente do verão, mas ter o que visitar em Praga no inverno será muito fácil também.

Isso porque, nesta época, você encontrará uma cidade branquinha e bem gelada. Mas, mesmo assim, Praga em 3 dias, se esse for o caso, também não vai te decepcionar. 

O inverno europeu é marcado por chuvas. Mas, claro, é possível transitar tranquilamente e, certamente, o que fazer em praga com chuva não vai ser um problema. 

Cidade Nova, Cidade Velha e Bairro Judaico

Mesmo assim, leve um guarda-chuva e aproveite os pontos turísticos, como a Cidade Nova, Cidade Velha e o bairro Judaico. 

Mas se não estiver chovendo, aproveite para gastar os sapatos e conhecer a Torre da Pólvora, clássico relógio astronômico e a Sinagoga espanhola.

Reserve um dia também para conhecer os mosteiros existentes na cidade, a Prefeitura da Cidade Velha, o Parque Petrin e a famosa ponte Carlos.

Lembre-se que, mesmo com frio, se estiver bem agasalhado com luvas, toucas e roupas térmicas, as temperaturas baixas serão apenas um detalhe perante às paisagens incríveis que verá por lá.

Que moeda levar para Praga?

A pergunta “que moeda levar para Praga?” é muito comum. Afinal, o destino tem características bem diferentes das cidades mais conhecidas no turismo da Europa

A moeda vigente de Praga é a Coroa Checa, mas nem sempre é possível encontrar casas de câmbio que fazem a troca de moeda na sua cidade, mas não se preocupe com isso.

Uma dica é comprar euros, libras ou dólares e, quando chegar ao país, trocar pela moeda local. Praga possui casas de câmbio espalhadas por toda a cidade. 

Documentos, visto e vacinas

A boa notícia é que os turistas brasileiros não precisam de vistos para entrar no país, desde que a sua estada seja, no máximo, de 90 dias. Por isso, basta apresentar o passaporte como documento oficial, que deve ter validade para os próximos três meses. 

Outra boa notícia é que, mesmo se o seu roteiro 3 dias Praga ou mais, não há necessidade de apresentar o certificado nacional de vacinação. 

Então, nada de complicações e que tal curtir tudo que a cidade tem para oferecer? 

Seguro Viagem Praga

Viajar com segurança e tranquilidade é fundamental, independente do destino.

Por isso, contratar um seguro viagem de qualidade e confiança deve ser um dos itens principais na sua listinha de dicas de turismo em Praga.

Então, nada de viajar sem uma boa cobertura que te auxilia nas mais diversas situações.

Um bom seguro viagem oferece cobertura se ocorrer o extravio da sua bagagem, por exemplo, em caso de cancelamento e atrasos de voos, você será reembolsado. Confira alguns exemplos:

Seguro Viagem: Europa
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 19/dia*
AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 50.000 Bagagem extraviada USD 600 (COMPLEMENTAR) R$ 9/dia*

Além disso, o seguro oferece assistência médica, hospitalar e odontológica, indenização em caso de acidente em viagem, reembolso com despesas médicas e atendimento em português 24 horas. Não saia do país sem antes fechar o seu seguro viagem. 

O que fazer em Praga: principais pontos turísticos 

Old Town Square
Fonte: Picjumbo

Cidade Velha (Old Town)

Ela é um dos principais pontos turísticos de Praga. Muito charmosa e histórica, a Cidade Velha vai ganhando espaço em um dos locais mais altos da cidade. 

No percurso sobre a ponte Carlos até Praga antiga, você vai conferindo os primeiros sinais do passado com ruas de paralelepípedos, o famoso e incrível relógio astronômico medieval.

Além de prédios com arquitetura antiga e da igreja de Nossa Senhora Diante Tyn, que fica bem na praça. 

Para manter a arte e a cultura vivas, a cidade mantém a sala de concertos Rudolfinum, que é a sede da música clássica na capital, assim como o teatro que apresenta espetáculos de dança, como balé, além de ópera.  

Relógio Astronômico

Já citamos aqui, mas para esse ponto turístico vale um trecho todo dedicado a ele. O monumento é o relógio medieval mais famoso do mundo.

Construído em 1410 pelo relojoeiro Hanus, ele foi restaurado no século XVI por Jan Taborsky.  

Além da sua preciosidade na história da cidade, dizem por lá que, na época da sua construção, os vereadores deixaram Hanus cego para que ele não repetisse a obra. O relógio está localizado no prédio Prefeitura de Praga.

Ponte Carlos 

Ponte Carlos
Fonte: Pixabay

Ela tem mais de 10 metros de largura e 500 de comprimento e foi construída sobre o Rio Moldava. A Ponte Carlos vai à ligação entre a cidade velha e a cidade pequena, sendo a segunda ponte mais antiga da cidade.

A pedido do Rei Carlos IV, ela teve sua construção iniciada em 1357, mas somente foi concluída no começo do século XV. Ela, é sem dúvida, um charme à parte em Praga. 

Castelo de Praga

Para você que vai conhecer Praga, este é um dos lugares turísticos imperdíveis. Ele é lindo e deslumbrante, com seu conjunto de palácios e edifícios, que ficam anexados às pequenas vielas da Cidade Velha. 

Fundado pelo príncipe Boribok, ele foi a residência dos Reis da Boêmia e também o centro do território em razão da sua localização. Além disso, há mais de 100 anos, ele é a residência oficial do país. 

St. George’s Basilica

O que fazer em Praga, Basilica de St George
Fonte: Wikimedia Commons

Fundada por Vratislau I da Boêmia em 920, a Basílica de São Jorge fica dentro do Castelo de Praga, sendo dedicada ao São Jorge. Ela é um ponto turístico da cidade muito interessante, que encanta muito os turistas. 

No ano de 973, ela foi ampliada com a inclusão da abadia beneditina de São Jorge. É um espetáculo! Não deixe de conhecer. 

Igreja de S. Nicolau

Ela é a construção barroca mais significativa e bonita da cidade, erguida por ordem dos jesuítas em 1673, mas somente foi finalizada quase 80 anos depois. 

Porém, mesmo inacabada, as missas começaram a ser realizadas no local em 1711. 

Torre Petrin

O que fazer em Praga, Torre petrin
Fonte: Pexels

Se olhar rapidamente, vai pensar que está em Paris. Isso mesmo!

A Torre Petrin é bem parecida com a Torre Eiffel, da cidade luz. Além da sua beleza e encanto, ela oferece ainda uma das vistas mais bonitas da cidade.

A torre está localizada próximo à estação Ujezd e para chegar no alto é preciso caminhar até o Monte Petrin. 

O que fazer em Praga: Josefov

Esse é um bairro judeu que teve origem quando duas comunidades se uniram na Idade Média, mas ele somente foi reconhecido com um bairro de Praga em 1850.

O Josefov está localizado ao redor da Sinagoga Staronová e da Espanhola, sendo muito importante no período do holocausto. 

Sinagoga Velha-Nova

O que fazer em Praga, Sinagoga Velha-nova
Fonte: Libreshot

Fundado em 1270, esse é o tempo judeu mais antigo de toda Europa. O local é considerado uma verdadeira riqueza arquitetônica, pois resistiu a muitos problemas ao longo da sua história, como inundações, incêndios e guerra. 

Ele está localizado próximo ao cemitério antigo e também outras sinagogas.

Antigo Cemitério Judeu

Localizado na mesma região das sinagogas, o cemitério é quase que um centro de história. A sua existência é tão importante, porque durante mais de três séculos, ele foi o único lugar que era permitido o enterro de judeus na cidade. 

O local foi criado em 1439, mas nunca foi ampliado. Para não ocupar muito espaço, no passado, os corpos eram sobrepostos. Estima-se que mais de 100 mil corpos estejam enterrrados no cemitério. 

Sinagoga Pinkas

Com um estilo gótico, ela foi erguida em 1535 e é considerada a segunda sinagoga mais importante de Praga, abrigando um memorial que faz homenagem para cerca de 80 mil judeus mortos no holocausto. 

Ao entrar no local, é possível ver os nomes das pessoas nas paredes, além de desenhos feitos entre os anos de 1942 e 1944, por crianças judias encarceradas no gueto de Terezin.

O que fazer em Praga: museus e teatros

Museu Nacional

Construído entre os anos de 1885 e 1891, o Museu Nacional é um dos prédios mais significativos de Praga. 

Ele preserva um estilo neorrenascentista e mantém exposições temporárias e mostras permanentes, como a da Pré-história da Boêmia, Morávia e Eslováquia, além de mineralogia e litológica paleontologia, osteologia e antropologia, entre outros.

É um local muito rico para incluir no seu roteiro sobre o que visitar em praga no inverno.

Museu Franz Kafka

Monumento de Franz Kafka
Fonte: Pixabay

Um espaço dedicado ao escritor tcheco, Franz Kafka, o museu é muito famoso na cidade. Localizado no bairro menor perto da Ponte Calor, ele fica bem pertinho do Rio Moldava.

Esse local vale muito a pena conhecer, pois apresenta de uma forma interativa a vida e a obra do escritor mais famoso do país e um dos maiores do século XX, que foi autor de inúmeras obras, como “O Processo e Metamorfose”.

Museu do Comunismo

Cheio de histórias, o Museu do Comunismo narra o período de regime comunista da República Checa atual, entre 1848, durante a implantação do modelo político, até 1989 na Revolução de Veludo. 

O mais legal deste museu é que ele conta o dia a dia da vida em Praga na época, pontuando todos os aspectos do comunismo na cidade. 

Teatro Municipal

Imponente e exuberante, o Teatro Municipal da cidade é um charme à parte. Construído em 1780, ele foi palco, muitas vezes, do clássico Don Govanni conduzido pelo eterno Wolfgang Amadeus Mozart, um dos maiores compositores do mundo. 

Esse mesmo espetáculo faz parte da programação do teatro até hoje. Para assistir, basta ficar de olho na programação. 

Gastronomia em Praga

O que fazer em Praga, gastronomia
Fonte: Pixabay

A culinária Checa não é muito refinada, mas ela é maravilhosa e agrada todos os gostos. Na cidade é possível encontrar vários estilos de restaurantes, desde os mais sofisticados até os mais simples, que servem bons e belos pratos. 

A gastronomia local, imperdível em Praga, tem como base muito pão, caldo de carne, além de batata das mais diferentes formas, assim como legumes, queijo, carne vermelha e de porco. 

Se você quer experimentar a cozinha checa tradicional, vamos apresentar alguns dos pratos que deve apreciar durante o seu tour pela cidade. Então, vamos lá para mais gastronomia da culinária de Praga:

Hovězí vývar s játrovými knedlíčky: Sim. É um nome esquisito, mas o sabor é delicioso. Esse prato é feito com almôndegas de fígado. 

Bramboračka: se estiver na cidade em um dia gelado, experimente este prato, que é uma sopa de batata deliciosa. Uma dica é apreciá-la com um bom vinho. 

Knedlík: experimente também este prato, que é um pão caseiro sem casca e cozido no vapor. O formato deste pão parece com um rocambole. Um dos pratos mais amados pelos tchecos, sendo considerado a mais sagrado do país. 

Šopský salát: não deixe de experimentar esse prato, que nada mais é do que uma salada, mas muito saborosa. Na composição, pepino, pimentão vermelho tomate e queijo balcânico. 

Sugestão de roteiro de 3 dias em Praga

Se você vai visitar Praga em 3 dias. Separe um bom calçado e coloque uma roupa confortável para percorrer todos os cantos da cidade nestes dias. 

No primeiro dia, a nossa dica é conferir as atrações da Praça da Cidade Velha, onde você consegue ver também a Estátua de Jan Hus, a Igreja São Nicolau, além de subir ao topo da Torre do Relógio. 

Depois, dá uma passadinha na Igreja Nossa Senhora Diante de Tyn para fazer uma prece. No final do dia, pare em um dos bares e tome uma cerveja, que, inclusive, é muito barata e deliciosa. 

No segundo dia, faça um tour pelo Bairro Judeus, sinagogas e o cemitério também. Depois disso, vá até a Basílica de São Tiago, o Grande. Na sequência, faça uma parada na casa mais antiga da cidade, a Stone Bell House. 

Depois disso, siga até a Torre de Pólvora. No fim da tarde, faça um belo jantar em dos restaurante típicos da cidade e, se puder, aprecie um bom vinho Checo. 

Por fim, no terceiro e último dia, faça um roteiro muito completo pelo Castelo de Praga, que é imenso e vai ocupar grande parte do seu dia. 

Neste trajeto, visite a Catedral de São Vito, a Basília de São Jorge, passeie pela Rua Dourada e faça uma paradinha na Grande Torre Sul. 

Para finalizar o Roteiro 3 dias Praga, visite o Mosteiro de Strahov. Saiba que cada cantinho de Praga é incrível e você se sentirá literalmente no passado. 

Aproveite tudo que a cidade tem para oferecer, porque, sem dúvida, é uma riqueza histórica e cultural que não vai encontrar em outro lugar. 

Cotação Seguro Viagem Praga

Já falamos aqui sobre a importância de contratar um seguro viagem de qualidade, mas se você não sabe onde encontrar várias opções de planos com ótimos preços, saiba que o site comparador Seguros Promo é uma ótima opção.

Isso porque a plataforma de buscas faz direciona às melhores seguradoras do Brasil e garante sempre os planos que mais combina com você e que cabem no seu bolso. 

Viaje com segurança, tranquilidade e sem preocupação. Acesse o Seguros Promo agora mesmo depois que montar o seu roteiro o que fazer em Praga.

Vai aproveitar mais uma nova experiência de viagem? De Promo você pode!

Veja mais posts interessantes sobre a Europa: