icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
26 setembro - 9 minutos de leitura.

Panteão, Roma: confira um dos destinos mais famosos da itália e outras dicas de viagem! 

Chris standing up holding his daughter Elva Europa

Conhecido como a “esfinge do Campus Martius”, o Panteão, Roma, carrega a alcunha de ícone da arquitetura e patrimônio mais preservado que restou de um império que dominou boa parte do mundo.

Enigmático, misterioso e deslumbrante, o edifício impressiona a humanidade há quase 2.000 anos: não é à toa que é uma das construções mais copiadas da história.

Como já deu para notar, estamos falando de uma atração praticamente obrigatória em qualquer passeio pela capital da Itália! 

Por isso, reunimos tudo que você precisa saber sobre o local para montar seu roteiro de viagem! Vamos lá!

Cote os melhores seguros de viagem com 15% de desconto neste link

Panteão, Roma: curiosidades e história

Desde a sua construção, em 125 d.C, o Panteão de Roma se tornou um dos passeios obrigatórios para quem visita a cidade e cativa a atenção de quem passa pela Piazza della Rotonda.

Oficialmente chamado Panteão de Agripa, em referência ao templo que substituiu ainda na Antiguidade, a construção é uma das maiores do período, com dimensões que o elevam ao patamar de uma verdadeira maravilha arquitetônica arcaica.

Sua cúpula tem nada menos que 43 metros de altura e 43 metros de diâmetro: maior que a cúpula da Basílica de São Pedro, construção mais importante da Igreja Católica, no Vaticano.

A fachada clássica é composta por 16 colunas com 14 metros de altura feitas de granito.

Sobre as colunas se lê a inscrição latina “M.AGRIPPA.LFCOS.TERTIUM.FECIT”, ou, em bom português, “Marcus Agrippa, filho de Lúcio, construiu este templo quando era um Cônsul”.

Por dentro, a construção é tão majestosa quanto por fora. Ali estão os restos mortais de grandes nomes da história italiana e uma infinidade de obras de arte magníficas.

O melhor de tudo é que toda essa beleza está bem no centro histórico de Roma, perto de outras atrações incríveis, e você não terá problemas para incluir um passeio pelo Panteão em qualquer roteiro pela cidade!

O que era o Panteão?

O que era o Panteão?
Fonte: Pixabay

O Panteão, em Roma, foi construído para substituir um panteão ainda mais antigo, que sucumbiu às intempéries do tempo e acabou destruído por volta do ano 80 d.C.

A forma atual foi inaugurada em 125 d.C., a mando do imperador Adriano, e desde então foi considerada revolucionária: estamos falando do primeiro templo romano que poderia ser visitado por todos!

Afinal, como o próprio nome indica, é o lugar de todos os deuses: “pan” vem do grego “tudo” e “theon” significa “deuses”.

Em outras palavras, o Panteão foi concebido para ser um lugar de adoração ao divino, o que não mudou mesmo após o esgotamento do politeísmo romano antigo.

Por volta do século VI, o templo foi doado à Igreja Católica e se transformou em uma igreja cristã. Desde então, passou a receber os restos mortais de grandes nomes da história.

Isto é, desde sua construção, há quase 2.000 anos, o templo nunca deixou de ser utilizado, o que colaborou para que se mantivesse em constante manutenção e, consequentemente, preservado.

Quem está enterrado no Panteão de Roma?

Embora ainda restem muitas dúvidas acerca da origem da construção, sempre esteve clara uma das mais recentes finalidades do Panteão, Roma: sepultamentos.

Desde que foi consagrado à Igreja Católica, o templo também se tornou um mausoléu, onde foram enterrados ícones italianos do Renascentismo e até mesmo reis!

Um dos mais conhecidos personagens históricos que descansa no Panteão é o pintor renascentista Rafael, que deixou suas marcas no Vaticano e criou o quadro A Madona e o Menino, representando Maria e Jesus.

Também estão enterrados no templo o rei Vitor Emanuel II, monarca responsável pela unificação da Itália, os reis Umberto I e Vitor Emanuel III, além do pintor Annibale Carracci, o músico Arcangelo Corelli e o arquiteto Baldassare Peruzzi, entre outros.

Por que não chove dentro do Panteão?

Porque não chove dentro do Panteão?
Fonte: Pexels

No ponto mais alto da cúpula do Panteão, Roma, existe uma abertura com 9 metros de diâmetro, chamada de Óculo. Como o templo não tem janelas, esse orifício permite que a luz do sol entre no templo.

Nos séculos passados, os fiéis acendiam centenas de velas no interior do templo em sinal de adoração. 

Quando chovia, o calor gerado por essas velas supostamente fazia com que a água que entrasse pelo Óculo simplesmente evaporasse.

Por isso, por muito tempo, acreditou-se que, apesar do Óculo, não choveria dentro do Panteão. Isso, porém, não é verdade, e não são apenas as velas que explicam isso.

Quando chove, a água entra, sim, pelo orifício, mas escoa muito rapidamente por um “truque” da arquitetura: o chão do Panteão é ligeiramente convexo e facilita a drenagem da água.

O que faz do Panteão Romano um exemplo clássico da arquitetura romana?

Simultaneamente simples e complexo, o Panteão, Roma, é considerado uma obra-prima da arquitetura romana.

A base cilíndrica da construção é formada por uma estrutura de arcos e espaços que atuam como pilares, capazes de suportar as mais de 4,5 toneladas de peso da cúpula.

Essa cúpula, diga-se de passagem, foi construída com um material criado pelos próprios romanos anos antes: o concreto!

A geometria particular do Panteão teria, ainda, uma explicação mais que arquitetônica, e sim cósmica, pois suas colunas apontam para o céu (a cúpula), no centro do qual o Óculo brilha tal qual o sol.

E não é só isso! Além das implicações arquitetônicas e simbólicas, o edifício cumpria um papel ainda mais importante no dia a dia do Império, servindo como um exemplo da força, riqueza e poder do governo romano.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Antes de viajar não esqueça o Seguro Viagem internacional!

    Se você está pensando em conhecer o Panteão e outras atrações incríveis de Roma, como a Fontana di Trevi, o Coliseu, o Fórum e o Vaticano, não se esqueça de contratar um bom seguro viagem.

    O item é obrigatório para quem deseja visitar a Itália e a maioria dos países europeus, além de representar grande tranquilidade para o viajante.

    Afinal, imprevistos não escolhem quando ou onde acontecer e um evento inesperado pode significar até mesmo a interrupção da sua viagem, isso sem falar das dívidas na volta para casa.

    Nesse sentido, o seguro funciona como uma “rede de segurança” para o viajante, pois oferece coberturas essenciais para a sua proteção longe de casa.

    Ou seja, se você tiver algum problema de saúde, sofrer um acidente, tiver suas bagagens extraviadas ou até mesmo precisar de voltar antecipadamente, basta acionar a seguradora para receber a orientação e o auxílio necessário.

    Você pode fazer a cotação de seguro viagem barato e completo em nosso site buscar, Seguros Promo, que te ajuda a comparar ofertas e coberturas para garantir a melhor opção para o seu perfil de viagem.

    Além disso, quem contrata com o Seguros Promo pode usufruir de atendimento 24 horas por dia e 100% em português, via e-mail, WhatsApp, telefone e serviço de chat. 

    Seguro Viagem: Europa
    AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
    CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 27/dia*
    Affinity 60 Europa Promocional Affinity 60 Europa Promocional Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 800 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

    Panteão, Roma: reconstruções e lenda

    A história do Panteão de Roma não começou em 125 d.C, quando o templo tomou a forma atual, mas séculos antes disso, durante o governo do cônsul Marcus Agrippa, que viveu entre 12 e 63 a.C.

    O edifício precisou ser parcialmente reconstruído em 80 d.C. após ser danificado por um grave incêndio, até ser novamente reconstruído (dessa vez, de maneira definitiva) três décadas depois, em consequência de danos causados por um raio.

    Reza a lenda que o lugar de construção e reconstrução do templo não foi escolhido de forma aleatória. 

    Pelo contrário, seria ali, no coração da Piazza della Rotonda, que o fundador de Roma, Rômulo, teria sido carregado por uma águia no momento de sua morte para ser levado aos deuses.

    Verdade ou não, o fato é que a história torna a construção ainda mais interessante e impressionante!

    Panteão, Roma: Dia de Pentecostes

    Tradicionalmente, o Panteão é o palco de uma das mais importantes celebrações da Igreja Católica, o Dia de Pentecostes, comemorado 50 dias após a Páscoa.

    A ocasião celebra a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Cristo e a data de criação da Igreja: uma das datas mais importantes do calendário católico, ao lado de Natal e da própria Páscoa.

    Nesta data, milhares de pétalas de rosas são despejadas a partir do Óculo do edifício e cobrem o chão como um belíssimo tapete. Espetáculo que encanta milhares de fiéis.

    Como chegar ao Panteão, Roma?

    Como chegar ao Panteão, Roma?
    Fonte: Pixabay

    Não é difícil chegar ao Panteão, um dos principais atrativos turísticos de Roma, e a única maneira de fazer isso é a pé, desbravando as ruelas estreitas do centro histórico.

    O edifício fica na Piazza della Rotonda, em uma região onde o trânsito de veículos é proibido.

    A vantagem é que você pode aproveitar o passeio para conhecer algumas das principais atrações da cidade, situadas nas proximidades, como a Fontana di Trevi, o Templo de Adriano e o Campo dei Fiori.

    Além do seguro, há muitos outros serviços que são essenciais para que a sua viagem seja um sucesso. Para melhorar sua experiência, acesse o Vantagens Promo e fique atento às opções e benefícios!

    Curiosidades sobre o Panteão, Roma

    Diversas curiosidades tornam o Panteão, Roma, um edifício ainda mais interessante.

    Afinal, trata-se não apenas da construção mais imitada da história, mas também do monumento mais preservado do Império Romano.

    Além disso, a obra incorporou elementos de diferentes culturas que marcaram a história da humanidade: o pórtico clássico tem inspiração grega, enquanto as colunas foram trazidas do Egito.

    Confira outras curiosidades sobre a obra!

    É uma igreja

    Apesar de também funcionar como mausoléu, o Panteão é um templo religioso. Mais que isso: é uma igreja cristã!

    A construção foi doada pelo imperador Constâncio II ao papa Bonifácio IV e, desde então, recebe missas e eventos católicos, como o Dia de Pentecostes, que mencionamos acima.

    Maior cúpula de concreto do mundo

    Maior cúpula de concreto do mundo
    Fonte: Pixabay

    A Basílica de Natività di Maria, no norte da Itália, detém o título de maior cúpula do mundo, mas, quando estamos falando de concreto não reforçado, ninguém supera o Panteão romano.

    A cúpula da construção pesa nada menos que 4,5 toneladas, com dimensões de 43,5 metros de altura por 43,5 metros de diâmetro!

    Por que visitar o Panteão, Roma?

    Não faltam motivos para incluir este edifício incrível em seu roteiro pela capital da Itália! 

    Afinal, nenhuma construção da Antiguidade chegou tão preservada à atualidade como o Panteão, Roma.

    O edifício, construído há quase dois milênios, segue em utilização até os dias de hoje e mantém suas partes originais praticamente intocadas, permitindo que o visitante tenha um vislumbre de como era a vida na Roma Antiga.

    Além disso, o Panteão serviu de inspiração para diversas construções mundo afora, especialmente durante o Renascentismo.

    Quanto custa o ingresso?

    Se você já está convencido de que o Panteão, Roma, é uma parada obrigatória em qualquer visita à capital italiana, vai gostar de saber que não precisará pagar nada para visitar o monumento.

    É isso mesmo que você leu: a entrada para o Panteão é gratuita!

    Afinal de contas, estamos falando de uma igreja católica, aberta a visitação pública todos os dias do ano (exceto 1º de janeiro, 15 de agosto e 25 de dezembro), das 9h às 19h, com última entrada às 18h30.

    Onde se hospedar nos arredores?

    Onde se hospedar nos arredores?
    Fonte: Elquarto / Hotel Le Clarisse al Pantheon

    O centro histórico de Roma, onde fica o Panteão, é uma das regiões que oferece aos viajantes a maior quantidade de hotéis e pousadas em toda a cidade. 

    O Hotel Augustea e o Hotel Lella, por exemplo, estão a uma caminhada de distância do monumento.

    A maior dificuldade que você pode ter é encontrar um hotel barato na região, a mais turística da cidade, mas nessa tarefa você pode contar com a ajuda do ElQuarto.

    O buscador reúne ofertas incríveis, preços exclusivos e opções com cancelamento gratuito, além de permitir o pagamento das diárias online, em reais, sem cobrança de IOF!

    Atrações perto do Panteão

    Que tal aproveitar sua visita ao Panteão, Roma, para conhecer outras atrações simplesmente imperdíveis nas proximidades?

    A lista de pontos turísticos próximos ao templo inclui o icônico Coliseu e um dos palácios antigos mais preservados da cidade, o Domus Aurea. Confira!

    Coliseu

    Provavelmente, nenhuma atração romana é tão famosa quanto o Coliseu, símbolo da Cidade Eterna.

    O anfiteatro, que já recebeu embates de gladiadores, competições esportivas e outros eventos, é tão deslumbrante durante o dia quanto à noite, quando recebe visitas guiadas especiais.

    A construção ainda fica bem em frente a outro monumento imperdível, o Arco de Constantino, com mais de mil anos de história!

    Domus Aurea

    Pertinho do Coliseu e do Panteão fica a “Casa Dourada”, ou melhor, Domus Aurea, palácio construído por ordem do imperador Nero em 64 d.C.

    Na época de sua construção, a obra ocupava nada menos que 50 hectares, estendendo-se da colina do Palatino à colina do Esquilino.

    Faça simulação de seguro viagem online!

    Comece a planejar sua visita ao Panteão, Roma, agora mesmo. Para isso, não deixe de contratar um bom seguro viagem.

    Em nosso site de buscas, Seguros Promo, você pode garantir esse requisito obrigatório para a sua viagem em poucos minutos, com o máximo de economia!

    Assim, você poderá passear pela Itália com a tranquilidade de quem tem acesso a cobertura médica e odontológica, seguro bagagem, auxílio por cancelamento de voo e outros serviços indispensáveis em caso de imprevisto.

    Conhecer Roma sem se preocupar com situações inesperadas? De Promo você pode!

    Seguro Viagem: Europa
    AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
    CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 27/dia*
    Affinity 60 Europa Promocional Affinity 60 Europa Promocional Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 800 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

    Continue sua leitura!

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente