icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
17 junho - 8 minutos de leitura.

Proteção veicular: descubra informações que vão te ajudar a se preparar melhor para viagens 

Chris standing up holding his daughter Elva Seguro Viagens

Você já ouviu falar em proteção veicular? Esse serviço tem se popularizado cada vez mais no Brasil como uma alternativa mais barata e menos burocrática ao seguro automotivo tradicional.

Muitos proprietários de veículos, no entanto, ainda têm algumas dúvidas a respeito do tema: qual a diferença para o seguro convencional? É seguro contratar esse serviço? Quem regulamenta o ramo? Vale a pena trocar o seguro pela proteção automotiva?

Vem descobrir as respostas para essas e outras perguntas que você possa ter a respeito do serviço!

Cote o seu seguro viagem com desconto neste link!

Proteção veicular: vale a pena contratar o serviço?

Ter um carro na garagem é o sonho de muita gente, pois garante mais praticidade nos deslocamentos do dia a dia e até facilita viagens a destinos mais distantes.

O problema é que adquirir um automóvel também vem acompanhado de riscos: o veículo pode ser furtado ou roubado, você pode se envolver em uma colisão ou seu carro pode ser danificado por eventos da natureza, como enchentes.

Pior ainda: se uma dessas situações ocorrer com o seu veículo, você vai acabar com uma baita dívida em mãos para executar reparos, ou, em última hipótese, repor o bem perdido.

Por essas e outras, é imprescindível contar com a proteção automotiva para evitar que eventualidades façam um rombo no seu bolso.

Entre as opções para proteger o seu veículo, recentemente tem se popularizado a proteção veicular, uma modalidade mais econômica e menos burocrática em relação aos seguros automotivos tradicionais, que torna possível proteger um bem sem gastar muito.

Vem descobrir tudo sobre o tema!

O que é proteção veicular?

O que é proteção veicular?
Fonte: Quote Inspector / Flickr / CC BY-ND 2.0

Para compreender o que é proteção veicular, a primeira coisa que você precisa saber é que não se trata de um tipo de seguro, e o serviço não é vendido por uma seguradora.

Na verdade, a proteção automotiva é uma associação formada entre diversos proprietários de veículos para proteger os automóveis dos associados em caso de roubo, furto, colisão, danos a terceiros e outras situações.

Como funciona a proteção veicular?

Essa modalidade surgiu em meados da década de 1980, quando um grupo de caminhoneiros de Minas Gerais se reuniu para formar uma cooperativa de ajuda mútua.

Esses profissionais depositavam mensalmente uma quantia em um fundo que poderia ser utilizado sempre que um dos membros do grupo precisasse.

Até hoje, o serviço funciona da mesma forma. Os motoristas que fazem parte de uma associação ou cooperativa de proteção veicular pagam uma mensalidade fixa, que é, então, depositada em um fundo comum.

Caso um dos motoristas da associação sofra um sinistro, como acidente ou roubo, a indenização para reparo do veículo é retirada justamente desse fundo comum: uma prática conhecida como rateio.

Como o dinheiro das indenizações fica à disposição do motorista de forma direta, o pagamento é muito mais rápido e menos burocrático.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    É seguro fazer uma proteção veicular?

    É seguro fazer uma proteção veicular?
    Fonte: Quote Inspector / Flickr / CC BY-ND 2.0

    A proteção veicular pode, sim, ser um serviço bastante seguro, mas, para isso, o proprietário de veículo precisa ficar de olho em alguns aspectos importantes.

    Antes de contratar esse serviço, você precisa ter em mente que não será um cliente da associação, e sim um associado.

    Para compreender qual a diferença na prática, imagine que você é cliente de uma empresa qualquer e essa empresa tem prejuízo. Como você é apenas um cliente, não terá nenhum gasto em decorrência do prejuízo da corporação.

    Caso você seja sócio da empresa em questão, a coisa muda de figura: você é uma das partes responsáveis pelo prejuízo e pode até ter que tirar dinheiro do bolso para salvar o empreendimento.

    Em outras palavras, cada associado de uma cooperativa de proteção automotiva pode sofrer as consequências de eventuais prejuízos.

    Isto é, se o número de sinistros em um mês for muito superior ao esperado, sua mensalidade pode subir drasticamente sem aviso prévio.

    Para evitar surpresas desagradáveis em relação à proteção de veículos, procure saber sobre a reputação da associação escolhida e descubra antecipadamente o que esperar do serviço.

    Quanto mais robusta a estrutura da associação, mais segura e confiável ela tende a ser.

    Pesquise sobre o tempo de mercado da cooperativa e quem são seus fundadores, leia o contrato com atenção, fique atento aos prazos e informe-se sobre o número de associados.

    Quem regulamenta as Associações de Proteção Veicular?

    Diferentemente das seguradoras tradicionais, as cooperativas de proteção automotiva não são reguladas pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), ligada ao governo federal.

    Mas, afinal, quem regulamenta as associações de proteção veicular? 

    A Agência de Autorregulamentação das Entidades de Autogestão de Planos de Proteção Contra Riscos Patrimoniais (AAAPV) é a maior entidade representativa do setor, com centenas de cooperativas associadas.

    A organização estipula parâmetros de qualidade e controle das atividades das cooperativas de proteção de veículos, oferecendo ainda mais tranquilidade aos motoristas.

    Além disso, as associações devem seguir as diretrizes estipuladas pela Organização de Cooperativas Brasileiras (OCB), ou seja, mesmo sem a regulação da Susep existe controle de qualidade no setor.

    Encontre o seguro de carro ideal pelo menor preço!

    Comprar um carro é o sonho de muitas pessoas, mas sem a precaução certa esse sonho pode se transformar em um grande pesadelo. Por isso, é importante contar com a proteção que o seu veículo e o seu bolso merecem.

    Além de te proteger durante suas viagens, o Seguros Promo também reúne as melhores seguradoras e cooperativas de proteção automotiva do mercado.

    Assim vai ficar fácil contratar os serviços que você precisa para proteger o seu automóvel sem pesar no orçamento!

    Seguro Viagem: Brasil
    GTA BRASIL 18 GTA BRASIL 18 Assistência médica R$ 18.000 Bagagem extraviada R$ 600 (COMPLEMENTAR) R$ 5/dia*
    AC 15 BRASIL AC 15 BRASIL Assistência médica R$ 15.000 Bagagem extraviada R$ 500 (COMPLEMENTAR) R$ 5/dia*
    AC 15 BRASIL +COVID19 AC 15 BRASIL +COVID19 Assistência médica R$ 15.000 Bagagem extraviada R$ 500 (COMPLEMENTAR) R$ 7/dia*

    Qual é a diferença entre seguro e proteção veicular?

    Se você ainda está se perguntando qual a diferença entre proteção veicular e seguro, saiba que a primeira distinção entre as duas modalidades é quem as oferece.

    Os seguros são vendidos por seguradoras, entidades da iniciativa privada com interesses econômicos. 

    A proteção automotiva, por sua vez, funciona a partir de cooperativas sem fins lucrativos.

    Confira outras diferenças entre seguros e serviços de proteção de veículos!

    Contratação e fornecimento

    Apesar de ser uma modalidade mais cara, o seguro automotivo tradicional tende a ser muito mais burocrático que a proteção de veículos, o que encarece a contratação.

    Além disso, a adesão à proteção automotiva é imediata e sem burocracias: depois do primeiro pagamento e da assinatura do contrato de adesão, seu veículo já estará protegido, sem nenhum período de carência.

    Nos dois casos, porém, devem ser realizadas inspeções no veículo e o custo final do contrato deve variar conforme os serviços adquiridos.

    Pagamento do prêmio

    O prêmio é o valor pago à seguradora ou cooperativa pelo proprietário de um veículo para que o mesmo esteja protegido.

    Quando uma pessoa opta por contratar um seguro automotivo, precisa responder a extensos questionários para levantar respostas que vão ditar o preço das apólices.

    Elementos como a idade do condutor, o modelo, ano e fabricante do automóvel, endereço de residência do motorista, disponibilidade de garagem e até o sexo e o estado civil do proprietário do carro podem influenciar diretamente o custo total do seguro.

    No caso da proteção veicular, o custo total para o motorista é muito menos variável e, por isso, até 30% mais barato, com a cobrança feita mensalmente, e não por meio de apólices, como o seguro tradicional.

    Apólice

    Apólice
    Fonte: Pxhere / CC0

    O cliente que contrata um seguro automotivo tem acesso à apólice do serviço, isto é, um documento que descreve os deveres e responsabilidades da seguradora e do proprietário do veículo, os riscos assumidos pela seguradora e os eventuais custos envolvidos.

    Ao se tratar da proteção automotiva, não existe apólice: a garantia de prestação de serviços é firmada pelo contrato assinado pelos associados, no qual cada condutor se compromete a se responsabilizar sobre os veículos que fazem parte da cooperativa.

    Regulamentação e fiscalização

    Os seguros convencionais são regulados por uma entidade ligada ao governo federal, a Superintendência de Seguros Privados (Susep), e pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), vinculado ao Ministério da Economia.

    Esses órgãos protegem os clientes das seguradoras e estipulam diretrizes legais para o fornecimento dos serviços de seguro.

    Em contrapartida, as cooperativas de proteção de veículos não são reguladas por nenhum órgão oficial ou legislação específica: apenas o Código Civil Brasileiro e a Organização de Cooperativas Brasileiras indicam a legalidade do serviço.

    Na prática, isso significa que a resolução de problemas das cooperativas pode ser mais burocrática, então fique atento às condições do contrato assinado para conhecer seus direitos e deveres, e, assim, evitar problemas no futuro.

    Abrangência de coberturas

    Os seguros de carro, em geral, oferecem as mesmas coberturas em seus pacotes mais básicos, como proteção contra roubo e furto, colisão e danos a terceiros. 

    Quaisquer outras coberturas são oferecidas mediante cobranças adicionais, como Assistência 24 Horas e seguro para acidentes pessoais de passageiros.

    No caso das proteções veiculares, as coberturas básicas oferecidas são basicamente as mesmas. 

    A principal diferença é que você dificilmente poderá contratar coberturas adicionais para tornar o seu contrato mais robusto.

    Pagamento da indenização

    Pagamento da indenização
    Fonte: Tumisu / Pixabay

    Em caso de sinistro, a legislação estabelece que as seguradoras devem fazer as indenizações em até 30 dias, isto é, em até um mês o segurado deve receber o dinheiro que lhe é devido em apólice.

    Na proteção veicular, entretanto, não existe uma regulamentação específica, o que quer dizer que não existe um prazo para que a indenização chegue às mãos do condutor.

    O ressarcimento por sinistros ocorre de acordo com o fluxo de caixa da associação, o que pode significar prazos maiores.

    Bônus

    Quando um proprietário de veículo não aciona a seguradora em um longo intervalo de tempo, vai acumulando pontos que podem ser convertidos em descontos ao renovar a apólice.

    O mesmo não acontece nas associações de proteção automotiva: mesmo se você não sofrer nenhum sinistro durante um ano, não terá direito a desconto na renovação.

    Multa por uso excessivo

    Se você tem uma apólice de seguro automotivo e aciona a seguradora a cada dois meses, você não precisará pagar nenhum centavo a mais por isso. 

    Os únicos pagamentos feitos são o prêmio (que pode ser pago à vista ou parcelado) e a franquia, quando aplicável.

    No caso da proteção automotiva, no entanto, o proprietário de veículo pode ser obrigado a quitar cobranças adicionais caso acione os serviços com frequência, isto é, deve pagar uma multa por uso excessivo da proteção.

    O que é melhor: seguro ou proteção veicular?

    O que é melhor: seguro ou proteção veicular?
    Fonte: Tumisu / Pixabay

    Como você deve ter percebido, existem muitas diferenças entre seguros e proteções automotivas, o que reforça a importância de conhecer bem as condições gerais do serviço para não ficar na mão quando mais precisar.

    Mas, afinal de contas, a proteção veicular vale a pena? Para responder a essa pergunta, é importante avaliar caso a caso.

    O setor de proteção automotiva ainda não é devidamente regulamentado, o que pode ser um grande obstáculo para o proprietário de veículo. Além disso, é virtualmente impossível contratar coberturas adicionais e, assim, personalizar o contrato.

    Em contrapartida, a proteção pode sair mais barata para o condutor, o que pode ser um grande incentivo aos proprietários de veículos que buscam uma forma de economizar.

    Você não tem pressa para receber indenização em caso de sinistro e quer poupar até 30% no custo total da proteção do seu carro? A proteção veicular pode ser uma boa alternativa.

    Você prefere uma cobertura mais completa, regras mais claras para o fornecimento do serviço e não se importa em pagar um pouco mais por isso? O seguro automotivo é a melhor alternativa para o seu perfil.

    No fim das contas, a melhor alternativa é pesquisar antes de assinar um contrato ou uma apólice para se certificar de que o serviço adquirido vai realmente ajudar você na hora em que mais precisar.

    Cotação de seguro auto pelo melhor custo-benefício do mercado!

    Agora que você já está por dentro da proteção veicular, o que está esperando para proteger o seu automóvel sem pesar no bolso?

    Visite agora mesmo o site do Seguros Promo para fazer uma cotação gratuita e encontrar as melhores soluções para você e o seu veículo pelo melhor custo-benefício do mercado!

    Nossos consultores podem tirar suas dúvidas e te ajudar a escolher a melhor opção para a sua necessidade!

    Seguro Viagem: Seguros Internacionais
    AC 35 MUNDO (Exceto EUA) AC 35 MUNDO (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*

    Continue sua leitura!

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente