icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
22 setembro - 8 minutos de leitura.

Stonehenge, Inglaterra: conheça sobre a origem, história e localização desse monumento 

Chris standing up holding his daughter Elva Europa

Poucos destinos mundo afora são tão misteriosos quanto Stonehenge, Inglaterra, um monumento que instiga a curiosidade das pessoas há séculos, possivelmente até milênios!

Você provavelmente já esbarrou em algum lugar com a imagem das pedras dispostas em círculo sobre uma colina verdejante.

Mas você sabia que é possível encaixar esse lugar incrível em qualquer roteiro pela Inglaterra

Neste artigo, vamos te contar como planejar a sua viagem e o que esperar de um dos cenários mais enigmáticos do planeta!

Cote os melhores seguros de viagem com 15% de desconto neste link!

Stonehenge, Inglaterra

Mais antigo que as ruínas da Grécia Antiga e tão indecifrável quanto a Esfinge do Egito, Stonehenge, na Inglaterra, é uma daquelas atrações que atrai a diferentes públicos pelos mais distintos motivos.

Há quem queira ver de perto uma das obras mais inexplicáveis da humanidade, cujas teorias para sua origem variam desde trabalho de alienígenas a cenário de ritos funerários pré-históricos.

Outros desejam conhecer um dos monumentos mais fotografados da história, situado em meio à paisagem bucólica do interior inglês.

Ainda tem aqueles viajantes que acreditam que as pedras teriam poderes terapêuticos ou até mesmo mágicos.

Uma coisa é certa: a atração está entre as mais famosas da Europa, recebendo mais de 800 mil visitantes por ano!

Qual a história de Stonehenge?

Qual a história de Stonehenge?
Fonte: Pexels

As origens do monumento megalítico Stonehenge, Inglaterra, continuam envoltas em muito mistério, embora os cientistas já consigam apontar que a obra é datada de algum momento entre o período Neolítico e a Era do Bronze.

A literatura medieval garante que o monumento teria sido erguido pelo mago Merlin, conselheiro do mítico Rei Arthur. 

Já no período moderno, por volta do século XVII, foi a vez de afirmarem que Stonehenge seria um espaço de ritos funerários de sumos sacerdotes celtas, chamados de druidas.

Na contemporaneidade, os estudiosos passaram a concordar que comunidades de diferentes etnias, em períodos distintos, teriam colaborado ou interferido na construção do monumento.

O mesmo mistério a respeito de suas origens se sustenta em relação a sua finalidade. 

Afinal, assim como não se sabe quem construiu, até hoje ninguém sabe para que Stonehenge foi construído.

As principais evidências indicam que o local era utilizado para fins de sepultamento. Outras teorias sugerem que as pedras podem ser uma espécie de calendário astronômico ou eram utilizadas para curar enfermos.

Com ou sem mistério, Stonehenge acabou tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, em 1986, e continua a encantar viajantes do mundo inteiro!

Qual o significado de Stonehenge?

Se não se sabe quase nada sobre o monumento, não se pode dizer o mesmo sobre o significado de seu nome.

Stonehenge é uma palavra originada de outras duas palavras do inglês arcaico: “stone”, ou “pedra”; e “henge”, ou “eixo”. Ou seja: “eixo de pedra”.

Além do seguro, há muitos outros serviços que são essenciais para que a sua viagem seja um sucesso. Para melhorar sua experiência, acesse o Vantagens Promo e fique atento às opções e benefícios!

Quanto tempo foi usado Stonehenge?

Estima-se que Stonehenge, Inglaterra, levou mais de 2.000 anos para ser construído, e boa parte desse tempo foi dedicado ao mero transporte das pedras utilizadas no monumento megalítico.

As maiores pedras foram transportadas a partir de Marlborough Downs, a 32 km de distância, enquanto as pedras menores teriam origem nas Montanhas Preseli, no País de Gales, a mais de 250 km de distância.

Os esforços pela construção parecem ter dado frutos. Depois de levar mais de 2 milênios para ser concluído, o monumento teria sido utilizado por mais de 3.500 anos com diferentes finalidades, por povos distintos.

Vale lembrar que essas são teorias, e os cientistas ainda não são capazes de apontar com exatidão como o monumento foi construído, como as pedras foram transportadas ou qual o objetivo da obra!

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Vai conhecer o Stonehenge na Inglaterra? Compre Seguro Viagem!

    O Reino Unido, do qual a Inglaterra faz parte, não participa do Tratado de Schengen, o que significa que, diferentemente de outros destinos europeus, o seguro viagem não é obrigatório para quem vai visitar a terra da rainha.

    No entanto, o item não pode ficar de fora do planejamento de quem quer visitar a Inglaterra, especialmente se seu voo tem escala em outro país da Europa.

    Em caso de problema de saúde ou acidente, você pode acabar tendo que arcar com todos os custos do seu próprio bolso e em libras, uma das moedas mais valorizadas do mundo!

    Para evitar voltar para casa com prejuízo, faça em poucos minutos a cotação de seguro viagem no melhor buscador do Brasil, o Seguros Promo.

    Nossa plataforma te ajuda a comparar preços e coberturas de seguro viagem, além de oferecer atendimento 24 horas por dia, 100% em português, em diversos canais: e-mail, WhatsApp, telefone e até serviço de chat exclusivo!

    Seguro Viagem: Europa
    AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
    CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 27/dia*
    Affinity 60 Europa Promocional Affinity 60 Europa Promocional Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 800 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

    Como é a visita a Stonehenge, Inglaterra?

    Ao planejar sua viagem para Stonehenge, Inglaterra, tenha em mente que estamos falando de um sítio arqueológico que é alvo de estudos até hoje. 

    Por isso, cuidados são tomados para que o intenso movimento turístico, que chega a 9.000 pessoas por dia, não cause danos às ruínas, os visitantes não podem pisar no interior do círculo de pedras.

    Isso quer dizer que você poderá chegar bem perto das ruínas e terá liberdade para circular em torno das pedras, algumas com mais de 50 toneladas, mas a uma distância suficiente para que não possa tocar ou caminhar entre as pedras.

    O Parque Stonehenge fica aberto diariamente, das 9h30 às 19h, com última entrada às 17h. 

    O passeio começa na portaria, onde você deve comprar ou apresentar seu ingresso. Em seguida, um ônibus leva os visitantes até as ruínas.

    Na prática, não são necessários mais do que alguns minutos para conhecer o monumento a partir dos mais diversos ângulos possíveis: os ônibus ficam esperando para levar os visitantes de volta à portaria.

    Você também poderá visitar outras construções do complexo, como o museu, uma exposição de arte celta, praça de alimentação e loja de souvenires.

    Ingresso para Stonehenge

    O parque é mantido pela organização English Heritage, que cobra ingresso para permitir a visita às ruínas.

    O valor dá direito a um áudio-guia e entrada em todas as estruturas do parque, incluindo o museu do complexo.

    Adultos pagam £19,50, enquanto crianças e adolescentes, de 5 a 17 anos, pagam £11,70. Idosos e estudantes pagam £17,60 pela visita.

    Também é possível adquirir passes para famílias a preços especiais.

    A entrada para dois adultos e até três crianças sai a £50,70, enquanto um adulto e até três crianças pagam £31,20. Esses preços foram cotados em julho/2021. 

    Nos horários de maior movimento, podem ser cobradas taxas adicionais. Se você não quer pagar nenhum centavo a mais, é só esperar o movimento passar para curtir sua visita.

    Como visitar Stonehenge, na Inglaterra

    Como visitar Stonehenge, na Inglaterra
    Fonte: Pixabay

    O monumento Stonehenge, Inglaterra, fica em uma planície a 15 km da cidade de Salisbury, no condado de Wiltshire. 

    Por isso, a pequena cidade medieval do sul do país é a melhor base para quem deseja visitar o atrativo.

    Como o ponto turístico está entre os mais famosos do mundo, é bastante fácil chegar até o complexo. O viajante pode optar entre carro, ônibus e até trem para se deslocar. Confira!

    De carro

    A maneira mais prática de chegar a Stonehenge é de carro, mas conduzir um veículo pela famigerada “mão-inglesa” pode ser um grande desafio. 

    Se você já tiver alguma experiência em utilizar o volante do lado direito, basta seguir pela rodovia A360 a partir do centro da cidade e acompanhar a sinalização até a atração.

    O complexo dispõe de um amplo estacionamento, então você não terá problemas para encontrar uma vaga!

    De ônibus

    Stonehenge, Inglaterra De ônibus
    Fonte: Pixabay

    Quem não quer se arriscar na mão-inglesa pode fazer a viagem até Stonehenge a partir de Londres em apenas 3 horas, com saída da Victoria Coach Station.

    A viação National Express opera o trecho com destino a Amesbury em cinco horários diários, com passagens a partir de £20 (preço em julho/2021). 

    A partir de Amesbury, é só pegar um ônibus da viação Stagecoach South ou Salisbury Reds até Salisbury, onde você poderá contratar passeios que te levam até a atração ou pegar um ônibus da linha STB.

    De trem

    Se você estiver saindo de Londres ou outros destinos ingleses, como Bath ou Bristol, poderá se deslocar até Stonehenge de trem.

    A partir da capital inglesa, você deve embarcar na linha South West Trains pela Estação Waterloo. 

    Quem sai de Bath (estação Bath Spa) ou Bristol (estação Bristol Temple Meads), é só embarcar na linha GWR.

    Seja a partir de Londres ou qualquer outra cidade, o destino é um só: a estação ferroviária de Salisbury

    Para fazer o trajeto final, basta pegar um ônibus da linha STB até o centro de visitantes do complexo.

    Distância de Londres para Stonehenge

    Distância de Londres para Stonehenge
    Fonte: Pexels

    É perfeitamente possível fazer um bate-volta a Stonehenge, Inglaterra, a partir da capital, Londres.

    Apenas 140 km separam as duas cidades, distância que pode ser percorrida entre 1h25 a 2h15 de trem, ou em 3 horas de viagem de ônibus.

    Festivais de solstícios de verão e de inverno

    Algumas autoridades locais garantem que Stonehenge, na Inglaterra, foi cuidadosamente construído para se alinhar perfeitamente com o nascer do sol durante o solstício de verão, em junho.

    Esta é a única oportunidade que o visitante tem de passar a noite no monumento. 

    O evento dura toda a madrugada e só acaba depois do nascer do sol, que aparece com exatidão por cima da maior pedra do complexo.

    Muitos visitantes decidem acampar na região e ocorre até mesmo um festival artístico no local durante o solstício de verão! 

    O espetáculo se repete, em menor escala, no solstício de inverno, em dezembro.

    A neve afasta boa parte dos visitantes, mas se você estiver disposto a encarar o frio intenso, também será possível avistar o alinhamento perfeito nessa ocasião.

    Stonehenge Visitors Centre

    Stonehenge Visitors Centre
    Fonte: Sam.Hill7 / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

    Depois de conhecer as ruínas milenares, dê uma passadinha pelo Stonehenge Visitors Centre, o Centro de Visitantes do complexo.

    No local, você poderá conhecer réplicas em tamanho real de cabanas do período neolítico, com paredes de adobe e telhado de palha, exatamente como eram as cabanas que abrigavam os moradores da região nos séculos passados.

    O espaço também abriga simulações dos trenós que eram utilizados para arrastar as pedras de até 50 toneladas que foram utilizadas na construção.

    No museu do complexo, você ainda poderá conhecer artefatos antigos, documentários e exposições interativas.

    Stonehenge: arredores

    Que tal aproveitar sua visita a Stonehenge, Inglaterra, para conhecer outras atrações incríveis nas proximidades das ruínas?

    A lista inclui uma versão em madeira das ruínas, além de uma versão ampliada do círculo de pedras. Veja só!

    Woodhenge

    Woodhenge
    Fonte: Phelyan Sanjoin / Flickr / CC BY 2.0

    O monumento de Woodhenge foi descoberto por acaso, na década de 1920, quando um arqueólogo sobrevoou o local e identificou as peças.

    Diferentemente de Stonehenge, Woodhenge não utiliza pedras, e sim tocos de madeira cercados por um fosso.

    Os cientistas acreditam que os tocos já foram imensas pilastras, que acabaram sucumbindo com o passar do tempo.

    Os tocos originais foram removidos para sua preservação e substituídos por simulacros de concreto: você pode visitá-los gratuitamente no condado de Wiltshire, a apenas 3 km de Stonehenge.

    Avebury

    Também datado do período neolítico, o sítio de Avebury é ainda maior que Stonehenge.

    Estamos falando do maior círculo de pedras da Europa, com mais de 1 quilômetro de circunferência.

    Em outras palavras, Avebury é tão grande que é impossível ver tudo do chão: só dá para perceber o tamanho da obra em voos pela reunião!

    O mais impressionante é que esse imenso sítio arqueológico poderia ser ainda maior se o círculo não tivesse sido parcialmente destruído durante a Idade Média para que as pedras fossem utilizadas em construções.

    Assim como o monumento de Woodhenge, o monumento de Avebury tem entrada gratuita e fica no condado de Wiltshire.

    Seguro viagem online e rápido? Compre aqui!

    Não faltam motivos para incluir Stonehenge, Inglaterra, no roteiro da sua próxima viagem! 

    Só não se esqueça de que você não precisa abrir mão da segurança e da tranquilidade para visitar a atração.

    Garanta seu seguro viagem para se resguardar em diversos cenários, que vão desde problemas de saúde a acidentes.

    Faça agora mesmo a cotação gratuita, e em poucos minutos, em nosso site buscas, o Seguros Promo

    Nossa plataforma te ajuda a comparar ofertas e coberturas para escolher a melhor opção para a sua viagem!

    Conhecer um dos monumentos mais enigmáticos do mundo com tranquilidade? De Promo você pode!

    Seguro Viagem: Europa
    AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
    CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 27/dia*
    Affinity 60 Europa Promocional Affinity 60 Europa Promocional Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 800 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

    Continue sua leitura!

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente