icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
24 maio - 9 minutos de leitura.

Castelo de Windsor: como chegar, preços de ingressos e o que ver 

Chris standing up holding his daughter Elva Europa

Vai viajar para a Inglaterra? Então, o Castelo de Windsor é parada obrigatória no seu roteiro de viagem. 

Considerado uma das residências reais da Rainha Elizabeth II, o castelo é o que está a mais tempo sendo utilizado e também é um dos maiores do planeta!

Carregado de história e com uma arquitetura em estilo jorgiano e vitoriano, esse imenso complexo bem pertinho de Londres, sem dúvida, enriquecerá ainda mais a sua viagem de férias.

Para aproveitar as melhores atrações do castelo, montamos esse guia turístico com informações sobre sua localização, dicas de como chegar ao local, preços de ingressos e muito mais!

Veja os seguros de viagem mais completos e confiáveis com 15% de desconto neste link!

Castelo de Windsor: história, imponência e curiosidades

Grandioso e exuberante, o castelo na cidade de Windsor é um local que jamais pode ficar de fora de um roteiro pela Inglaterra.

Com nove séculos de história, o castelo mais antigo do planeta oferece um tour bem interessante pelas suas dependências, que incluem quartos, cozinhas, salões, área de exposições, jardins, torres e muito mais.

Para os turistas que gostam das histórias que envolvem a família real britânica, o complexo vai te “transportar para uma viagem ao tempo”. Vale a pena conhecê-lo!

Onde fica o Castelo de Windsor?

Onde fica o Castelo de Windsor?
Fonte: Unsplash

Normalmente quando os turistas decidem visitar o Castelo de Windsor, onde fica gera muitas dúvidas. 

Saiba que o edifício queridinho da família real britânica está localizado na cidade de mesmo nome, no condado de Berkshire, a cerca de 40 km de Londres.

Mapa de Windsor, UK

Um cuidado importante para visitar o castelo é conhecer antecipadamente o mapa da região, a fim de escolher quais os melhores meios de transporte para chegar ao destino e, claro, entender exatamente a sua localização.

Para ficar mais fácil planejar o seu roteiro, montamos esse guia turístico com a localização e as principais rotas para chegar ao castelo. 

Como ir de Londres para o Castelo de Windsor?

Com um bom mapa em mãos, fica mais fácil definir como ir de Londres para Castelo de Windsor. A vantagem é que a capital inglesa tem excelentes opções de transportes que percorrem as cidades da região.

Você pode fazer a viagem de trem que, inclusive, é uma das opções mais rápidas e baratas

É possível embarcar na estação Waterloo, localizada na margem sul do Rio Tâmisa ou na estação de Paddington, que fica perto do Hyde Park.

Vale lembrar que, em ambas as opções, não é necessário comprar passagens com antecedência, já que há máquinas de atendimento e guichês nas estações.

Mas se preferir, é possível fazer a viagem com ônibus intermunicipais, que partem da Victoria Station. 

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Explore as riquezas históricas da Inglaterra de Promo!

    Além de explorar o país e conhecer um dos castelos da família real inglesa, lembre-se que a sua segurança jamais pode ficar em risco.

    Em uma viagem para a Inglaterra, contratar um seguro viagem é uma das etapas mais importantes do seu planejamento, não só por garantir sua proteção, mas também por ser um item obrigatório para entrar no país.

    O seguro viagem pode te resguardar em diversas situações de emergência, como extravio de bagagens, acidentes, problemas de saúde, atrasos ou cancelamentos de voos e muito mais.

    Para encontrar os planos ideais para a sua viagem com os preços que cabem no seu bolso, utilize o nosso site comparador de seguro viagem, Seguros Promo, que reúne as melhores opções, ofertas e promoções das principais seguradoras do Brasil.

    Seguro Viagem: Europa
    AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
    CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 25/dia*
    Affinity 60 Europa Promocional Affinity 60 Europa Promocional Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 800 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

    História do Castelo de Windsor

    A história do Castelo de Windsor é muito interessante e remonta para o século XI, quando ele foi construído para proteger a região após a invasão comandada por William, o Conquistador.

    O edifício foi construído no alto de uma colina, às margens do rio Tâmisa, sendo protegido por três alas. Ao longo da sua existência, ele foi usado pelos monarcas britânicos, desde o reinado de Henrique até a Rainha Elizabeth II.

    Ao longo da Idade Média, o castelo passou por várias modificações, mudando sua estrutura, incluindo novas alas, quartos e muralhas.

    Além de residência e fortaleza, o local também serviu para festas, jogos públicos e reuniões militares durante a Guerra Civil Inglesa.

    Hoje em dia, ele é um palácio real usado para cerimônias estaduais, como residência de veraneio da monarquia britânica, além de um ponto turístico.

    Quem vive no Castelo de Windsor?

    Quem vive no Castelo de Windsor?
    Fonte: Pixabay

    Se você quer saber quem vive no Castelo de Windsor, saiba que atualmente mais de 500 pessoas moram e trabalham no local, que é ocupado apenas pela família real durante as férias ou finais de semana.

    Normalmente, o espaço fica aberto para visitação ao longo do ano, recebendo milhares de pessoas de todas as partes do mundo. 

    Como visitar o Castelo de Windsor?

    Para visitar o castelo não tem segredo, basta pegar o trem nas estações Waterloo e Paddington ou, se preferir, ir de ônibus, que partem da Victoria Coach Station.

    Ao chegar na cidade de Windsor, você precisará ir até o Centro Administrativo do complexo para adquirir o seu ticket.

    Quanto custa a visita ao Castelo de Windsor?

    O valor do ingresso adulto custa 23 libras (valor de março/2021), que inclui o aluguel de um guia multimídia para tradução em português. Você pode comprar o ingresso tanto no centro de administração quanto pela internet no site oficial da atração.

    Além do seguro, há muitos outros serviços que são essenciais para que a sua viagem seja um sucesso. Para melhorar sua experiência, acesse o Vantagens Promo e fique atento às opções e benefícios!

    Quantos quartos têm o Castelo de Windsor?

    Com mais de 900 anos de história, o castelo apresenta uma grande mistura de estilos arquitetônicos, abrigando mais de mil quartos, que estão espalhados por todo o seu edifício.

    O que ver no Castelo de Windsor?

    O que ver no Castelo de Windsor?
    Fonte: Pixabay

    Se você quer descobrir o que visitar no Castelo de Windsor, dá uma olhadinha nessa seleção de atrações que todo turista deve conhecer na residência real britânica. 

    Com as nossas dicas, fica mais fácil montar um roteiro com os lugares mais legais do local.

    1. Torre Redonda

    A Torre Redonda é um dos lugares mais famosos do castelo. O passeio, chamado de Conquer the Tower Tour, tem a duração de 45 minutos e os visitantes sobem 200 degraus até a sua parte mais alta.

    A construção está a 65,5 metros de altura acima do Rio Tâmisa e do topo é possível de toda a região. Não é permitida a entrada de bebês, crianças e os menores de 16 anos devem estar acompanhados por um adulto.

    2. Capela de São Jorge

    Capela de São Jorge
    Fonte: Aurelien Guichard / Wikimedia Commons / CC BY 2.0

    A Capela de São Jorge no Castelo de Windsor também faz parte dos roteiros turísticos pelo complexo. O templo é um dos principais exemplos da arquitetura gótica no país, sendo chamada de magnífica abóbada de pedra.

    No local, é possível observar os túmulos de 10 soberanos da monarquia britânica, incluindo Henrique VIII, sua terceira esposa, e o Rei Charles I.

    3. Salões de Estado e Salões de Semi-Estado

    Outro local que vale a pena conhecer são os salões de estado e semi-estado, que possuem algumas das melhores obras de arte do acervo Real.

    Ao visitar o Castelo de Windsor na Inglaterra, não deixe de percorrer essas salas, que foram ricamente decoradas a pedido do Rei George IV que, no passado, eram usadas para eventos oficiais e privados. 

    Mas é sempre bom ficar de olho, pois os salões não ficam abertos o ano todo, recebendo visitas apenas entre os meses de setembro e março. 

    4. Queen Mary Dolls’ House

    Queen Mary Dolls’ House
    Fonte: Llee_Wu / Flickr / CC BY-ND 2.0

    A Queen Mary Dolls’ House é um dos locais mais disputados do castelo e também uma das casas de bonecas mais conhecidas do mundo

    Construída entre os anos de 1921 e 1924 para Rainha Mary, essa casa de bonecas é, na verdade, uma réplica de uma residência aristocrática.

    No seu passeio ao Castelo de Windsor, é possível conferir milhares de objetos feitos pelos principais designers, artistas e artesãos do mundo, com uma riqueza de detalhes impressionante.

    Entre os destaques da casa de bonecas estão a pequena adega e um jardim projetado por Gertrude Jekyll.

    A Queen Mary Dolls’ House tem ainda eletricidade, água, elevadores e até descargas sanitárias, além de roupas e acessórios e bonecas das principais casas de moda de Paris.

    5. Exposições na Drawing Gallery

    Todos os anos, o Castelo Medieval de Windsor recebe exposições, que são apresentadas na Drawing Gallery

    O local já recebeu exposições importantes, como a do aniversário de 400 anos da morte de William Shakespeare e diversas em homenagem à Rainha Elizabeth.

    6. Cerimônia de troca de guarda

    6. Cerimônia de troca de guarda Windsor Castle
    Fonte: Pixabay

    Assim como na capital londrina, a troca de guarda em Windsor também é um dos pontos altos dos roteiros turísticos. 

    A cerimônia tem duração de 45 minutos e acontece todos os dias, a partir das 11h, de abril e julho, exceto aos domingos. O evento acontece em dias alternados entre os meses de agosto e março. 

    Durante a troca, a nova guarda liderada por uma banda regimental faz o rito de transferência de responsabilidade, que acontece desde 1660. 

    7. Tour pelas cozinhas reais

    Na hora de escolher o que visitar em Windsor, as cozinhas reais do castelo não podem ficar de fora. No cômodo, os turistas têm a oportunidade de observar a preparação de centenas de refeições de um banquete real.

    O ponto alto do passeio é uma visita à cozinha de trabalho mais antiga da Inglaterra que se mantém em atividade há mais de 700 anos.

    Curiosidades sobre o Castelo de Windsor

    Curiosidades sobre o Castelo de Windsor
    Fonte: Pixabay

    O que não faltam são curiosidades sobre o Castelo de Windsor, afinal, são mais de 900 anos de história. Você sabia que ele é considerado o castelo mais antigo ocupado na Europa? Isso mesmo!

    Ao longo da sua existência, ele já foi lar de 39 monarcas até a atual rainha da Inglaterra, Elizabeth II, que visita o local com frequência, além de ser uma das suas residências reais preferidas.

    Além de casa de veraneio, o local recebe eventos de estado importantes e também acontecimentos da família real, como o casamento do príncipe Harry e da duquesa Meghan Markle, que ocorreu na St George ‘s Chapel.

    Esse, que é o castelo mais antigo do mundo, conta com centenas de cômodos, quartos, escritórios, grandiosos salões e muita mais. Porém, nem todos os locais são abertos ao público.

    Recentemente, o Inner Hall, uma área que há 153 anos era restrita, foi aberto ao público. O local com tetos abobadados, foi fechado pela rainha Victoria com um muro de pedras, tornando-se um depósito por décadas.

    Além disso, o East Terrace Garden, que desde 1970 era destinado apenas para os membros da monarquia, também foi reaberto para visitação.

    Por ser também uma fortificação, o Castelo de Windsor não tem apenas aposentos luxuosos e salas requintadas, o local tem um túnel de fuga secreto, escondido sob um alçapão em um dos cômodos do palácio.

    Mesmo sem utilização atualmente, nunca se sabe se essas passagens um dia precisarão ser usadas novamente.

    Afinal, o Castelo de Windsor vale a pena?

    A resposta é sim. Depois de apresentarmos as principais atrações do local e a sua riqueza histórica, fica mais fácil entender porque o complexo é um dos principais pontos turísticos da Inglaterra.

    Por isso, se estiver em Londres, não deixe de fazer uma viagem bate-volta até Windsor para visitar o castelo mais antigo do planeta.

    O que mais visitar em Windsor?

    Além de conhecer o maior castelo do mundo, saiba que Windsor é uma cidade repleta de atrações. 

    Em dias de sol, que tal um passeio pelo Alexandra Park, um parque público com pequenos lagos, áreas para piqueniques e trilhas, ao lado do Tâmisa? Você vai adorar o cenário do local!

    E por falar nele, não deixe de fazer um passeio pela margem do rio mais famoso da Inglaterra, que oferece uma vista muito bacana com barcos navegando, patos e cisnes.

    Visite ainda o parque Legoland em Windsor, que tem mais de 50 brinquedos e reproduções enormes de figuras feitas de Lego, uma atração interessante, principalmente, para os turistas que viajam com as crianças. 

    Faça também um tour pela High Street, uma rua repleta de restaurantes e cafés deliciosos, além de abrigar várias lojas típicas.

    A Crooked House, uma casa torta de 300 anos, é também um local que vale a pena tirar uma foto. Atualmente, o edifício abriga uma joalheria.

    Confira os melhores planos de seguro viagem para a Europa

    Agora que você conhece as principais atrações do Castelo de Windsor, está na hora de garantir o seu seguro viagem; afinal, além de garantir sua proteção, o item é obrigatório para entrar na Inglaterra.

    Lembre-se que esse serviço dá respaldo para o viajante nas mais diversas situações, como extravio de bagagem, atraso de voo, acidentes, translado e muito mais.

    Então faça uma cotação aqui no Seguros Promo, que oferece uma navegação intuitiva e rápida, permitindo que você compare planos das principais empresas do mercado.

    Seguro Viagem: Europa
    AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
    CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 25/dia*
    Affinity 60 Europa Promocional Affinity 60 Europa Promocional Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 800 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

    Quer viajar para a Inglaterra com segurança e economia? De Promo você pode!


    Leia também:

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente