icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
04 janeiro - 8 minutos de leitura.

Cuenca, Equador: clima, atrações e recomendações para roteiro 

Chris standing up holding his daughter Elva América do Sul

Cuenca, Equador, é uma cidade colonial onde parece que o tempo parou, com igrejas barrocas, edifícios históricos e ruas com calçamento de pedra, conservando a charmosa atmosfera da América hispânica.

As fachadas em cores vivas, o centro histórico tombado como Patrimônio Cultural da Humanidade e a paisagem em meio à Cordilheira dos Andes tornam Cuenca um destino imperdível no Equador.

Além das atrações turísticas e históricas, o viajante ainda dispõe de belos parques, museus e igrejas, muita cultura e gastronomia de primeira.

Cote seu seguro viagem para o Equador no Seguros Promo e ganhe 15% de desconto. Aproveite!

Cuenca, Equador: o que fazer na cidade colonial e arredores

Verdadeiro lar do tradicional chapéu Panamá, a mais de 2.500 metros acima do nível do mar, Cuenca é um dos mais badalados pontos turísticos do Equador.

Tombada como Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, a cidade tem um dos centros históricos mais bem-preservados de toda a América Latina, com diversos edifícios antigos e excelente infraestrutura turística.

Se você está planejando viajar para o Equador, não deixe de fora do seu roteiro a cidade colonial!

Onde fica Cuenca, Equador?

Cuenca Equador onde fica
Fonte: Pixabay

Muitos brasileiros não sabem onde fica o Equador, isso porque ele é um dos dois países da América do Sul que não fazem fronteira com o Brasil. Por essas e outras, nosso vizinho sul-americano ainda é pouco explorado por brasileiros para turismo.

Encravada em plena Cordilheira dos Andes, a mais de 2.500 metros de altitude, Cuenca é a terceira maior cidade do Equador, com pouco mais de 330 mil habitantes.

Cortada pelo rio Tomebamba, a cidade foi fundada em 1557, a cerca de 480 km da capital, Quito, no sul do país.

Vantagens Promo tem as melhores ofertas para você economizar na sua viagem! Encontre cupons e descontos para passagem aérea, hotel, aluguel de carro, e muito mais! Clique aqui e confira.

Como chegar em Cuenca?

Infelizmente, não existem voos diretos entre o Brasil e Cuenca, Equador, mas o viajante tem algumas opções à disposição.

A Latam, a Avianca, a Taca e a Copa Airlines operam o trecho com escalas, com destino a Quito e Guayaquil, de onde é possível embarcar rumo a Cuenca.

O aeroporto da cidade colonial é bem pequeno, com poucas opções de lojas ou restaurantes, mas recebe voos domésticos. 

Também é possível fazer o trajeto de ônibus ou carro, mas a viagem é longa e pode durar mais de nove horas.

Uma boa dica é desembarcar em Guayaquil e pegar um ônibus até Cuenca: o trajeto dura cerca de cinco horas e custa em torno de US$ 10.

Qual é o plano de seguro viagem ideal para o Equador?

Seguro Viagem: América do Sul
Intermac 15 COVID-19 TOP5 Intermac 15 COVID-19 TOP5 Assistência médica USD 15.000 Bagagem extraviada USD 350 (SUPLEMENTAR) R$ 24/dia*

Você sabia que turistas brasileiros não precisam de visto para visitar o Equador? Se a sua viagem tiver duração máxima de 90 dias, tudo que você precisa é do seu documento oficial de identificação e um seguro viagem obrigatório.

Desde 2018 o Equador passou a exigir a contratação de um seguro viagem (sem valor mínimo de cobertura) para permitir a entrada de turistas em seu território.

Obrigatório ou não, o seguro viagem é um item essencial na mala de qualquer viajante. Dessa forma, o turista garante uma série de coberturas e benefícios que podem lhe proteger diante de situações inesperadas.

O seguro viagem ideal para cada viajante varia de acordo com o seu perfil e as atividades que você deseja executar durante a sua viagem. Você encontra as melhores opções para todos os perfis em nosso site, Seguros Promo.

Nossa plataforma moderna e simplificada permite que você compare os preços de até quatro planos por vez entre as seguradoras mais confiáveis do mercado.

Como é o clima em Cuenca, Equador?

O tempo em Cuenca, Equador, parece estar sempre do lado do turista! As temperaturas são bastante amenas, e nunca ultrapassam os 20°C, favorecendo passeios ao ar livre. 

No entanto, a cidade fica encravada no meio da Cordilheira dos Andes, então não se esqueça de levar um agasalho, não importa a estação do ano em que você vai viajar.

Quando viajar para Cuenca?

Cuenca Equador quando viajar
Fonte: Pixabay

Em Cuenca, Equador, o clima é razoavelmente estável durante o ano inteiro.

Entre os meses de janeiro e março pode chover moderadamente na região, mas dificilmente sua viagem será prejudicada pelo clima.

Para curtir a sua viagem sem se preocupar com guarda-chuva, a melhor época para visitar Cuenca acontece durante a estação seca, de junho a setembro.

O que fazer em Cuenca, Equador?

Cuenca é um dos principais pontos turísticos do Equador, com boa parte de seu patrimônio histórico perfeitamente preservado em meio ao cenário selvagem da Cordilheira dos Andes.

Confira nossas sugestões do que fazer Cuenca, Equador!

Centro histórico

Cuenca Equador centro histórico
Fonte: Pixabay

Sem dúvidas, o centro histórico é a principal atração turística de Cuenca. Tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1999, a região é uma das mais bem-preservadas de toda a América Latina.

A melhor forma de explorar a região é a pé, para percorrer sem pressa as ruas estreitas com prédios antigos que parecem perfeitamente incorporados ao ritmo do cotidiano da cidade.

O coração da cidade fica na Plaza Mayor, ou Parque Calderón, onde fica a Catedral de La Imaculada Concepción, a nova catedral de Cuenca, Equador. 

Apesar de ser chamada de “nova”, a igreja começou a ser construída no século XIX, e está aberta a visitação, com entrada gratuita.

As cúpulas azuis da nova catedral se destacam no horizonte da cidade, mas o interior da construção também é impressionante: o mármore rosa que revestiu a igreja foi importado de Carrara, na Itália.

As igrejas, aliás, fazem parte da cultura local: são 52 espalhadas por todo o centro histórico, uma para cada domingo do ano, como a Igreja de San Sebástian, que fica em uma graciosa praça de mesmo nome.

Os viajantes que gostam de visitar os mercados locais para conhecer bem as cidades que visitam não podem deixar de conhecer o Mercado Público 10 de Agosto, onde é possível experimentar os pratos típicos da culinária equatoriana.

Rio Tomebamba

O rio Tomebamba nasce no Parque Nacional Cajas, nos Andes, e divide Cuenca, Equador, em duas: de um lado fica o centro histórico; do outro, a Cidade Nova, com construções contemporâneas.

Uma boa forma de explorar a cidade é caminhando pelas margens do rio de águas calmas sem pressa: no calçadão à beira do rio você encontra bons restaurantes e bares, com vista privilegiada.

Cortando o Tomebamba está uma das mais belas pontes equatorianas, a Puente Roto, construída em 1850 e parcialmente destruída por uma enchente cerca de 100 anos depois.

Se você estiver viajando em família, vale a pena caminhar pelas margens do Tomebamba até chegar ao Parque de la Madre, com parquinho e uma imperdível tirolesa.

Museus em Cuenca

Cuenca Equador museus
Fonte: Pixabay

Cuenca é uma cidade histórica, com boa parte de seu patrimônio construído entre os séculos XVII e XIX, no auge do período colonial na região. 

Hoje, boa parte desses edifícios históricos abrigam museus que contam a história da cidade e do Equador, com grande apelo turístico.

Um dos maiores destaques é o Museo del Sombrero de Paja Torquida, que conta a história do famoso chapéu Panamá, que na verdade foi criado no Equador. 

As visitas guiadas pelo museu são gratuitas, e o visitante pode desfrutar de uma cafeteria no segundo andar e, ainda, comprar chapéus a bons preços.

A maior parte dos museus fica no centro histórico, como o Museo de las Culturas Aborígenes, que conta a história dos povos originários do país, e o Museo del Banco Central.

Um dos preferidos dos visitantes é o Museu e Parque Arqueológico de Pumapungo, onde existem ruínas incas muito bem-preservadas e uma grande exposição a respeito dos povos e culturas indígenas equatorianos, com entrada franca.

Além do impressionante acervo arqueológico, o Parque Pumapungo oferece uma vista panorâmica de toda a cidade de Cuenca, Equador.

Mirador de Turi

Do alto de uma colina fica o Mirador de Turi, de onde é possível avistar toda a cidade, emoldurada pela Cordilheira dos Andes.

O melhor horário para visitar o mirante é no pôr do sol, quando a luz destaca os pontos mais importantes de Cuenca, como as cúpulas da Nova Catedral e as ruelas de pedra do centro histórico.

O Mirador de Turi fica pertinho do centro histórico, mas a colina tem uma subida bastante íngreme. Um táxi (ida e volta) até o local custa cerca de US$ 6.

Atrações próximas à Cuenca

Nos arredores de Cuenca ficam alguns pontos turísticos do Equador que não podem ficar de fora do seu roteiro de viagem! Confira!

Parque Nacional Las Cajas

Cuenca Equador parque nacional la cajas
Fonte: Pixabay

Um dos mais belos parques equatorianos, o Parque Nacional Las Cajas fica a pouco mais de 30 km de distância de Cuenca, em meio à Cordilheira dos Andes.

Por lá, o visitante encontra belos vales, montanhas e mais de 2.000 corpos de água, entre lagos, rios e nascentes, a mais de 4.000 metros de altitude.

O Parque Nacional Las Cajas é bastante procurado por adeptos de trekking e caminhadas, com mais de 15 trilhas mapeadas, em diferentes níveis de dificuldade.

As condições climáticas no parque são bastante instáveis, então não se esqueça de levar roupas e calçados adequados para o frio, não importa a época do ano.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Pueblo Gualaceo

    A cerca de 30 minutos de Cuenca fica o pequeno povoado de Gualaceo, cuja principal atração é um movimentado mercado de rua todos os domingos.

    O vilarejo é famoso pelo comércio de joias de prata, com destaque para brincos e anéis, além dos característicos chapéus Panamá.

    Vale a pena chegar bem cedo para curtir o movimento do mercado de Gualaceo, uma experiência diferente no Equador.

    Baños

    Pertinho de Cuenca, a pouco mais de 8 km de distância, fica o município de Baños, um dos mais procurados por mochileiros.

    O grande destaque é Baños são as piscinas de águas termais, aquecidas naturalmente, com propriedades relaxantes e terapêuticas.

    Para chegar ao vilarejo a partir de Cuenca é bem fácil: a corrida de táxi custa cerca de US$ 8.

    Sítio Arqueológico de Ingapirca

    Cuenca Equador ingapirca
    Fonte: Pixabay

    Se o Peru tem Machu Picchu, o Equador tem Ingapirca! Este impressionante sítio arqueológico conserva vestígios incas em um vale na cidade de Cañar.

    As ruínas estão muito bem-preservadas, com prédios inteiros construídos com pedras perfeitamente posicionadas, formando o maior complexo arqueológico do Equador.

    Ingapirca fica “escondida” pelas montanhas, a mais de 3.160 metros de altitude, entre as montanhas dos Andes, e é um passeio imperdível nas redondezas de Cuenca.

    Quantos dias ficar em Cuenca?

    Se você quer conhecer os principais pontos turísticos de Cuenca, Equador, três dias devem ser o suficiente para a sua viagem.

    Tem mais tempo disponível? Então inclua um passeio bate-volta rumo a uma das atrações nos arredores da cidade.

    Onde se hospedar em Cuenca?

    A melhor região para se hospedar em Cuenca é o centro histórico. Dessa forma, o viajante fica perto dos principais bares, restaurantes, bancos, centros comerciais e, é claro, as mais importantes atrações.

    Para uma estadia mais econômica, recomendamos os hostels La Querencia, Mi Casa e El Cafecito, onde é possível encontrar diárias a partir de US$ 11 em quarto compartilhado.

    Caso você prefira um pouco mais de conforto, as pousadas El Paraíso de Betania e Hostal Ines Maria são boas opções com bons preços.

    Onde comer em Cuenca, Equador?

    Cuenca Equador onde comer
    Fonte: Pixabay

    Depois de tantas atrações imperdíveis, você já deve estar se perguntando onde comer em Cuenca, Equador. Opções não vão faltar em uma cidade em que é possível comer bem pagando pouco.

    O segundo andar do Mercado Público 10 de Agosto tem várias opções de restaurantes, que servem os pratos típicos da culinária de Cuenca por preços baixos.

    Os visitantes também encontram bons restaurantes instalados em prédios antigos no centro histórico da cidade. Vale a pena caminhar sem pressa pelas ruas, descobrindo os estabelecimentos e seus elaborados cardápios.

    Para experimentar os melhores pratos da gastronomia equatoriana, visite o Raymipampa Restaurant ou o La Esquina, nos arredores da Nova Catedral.

    Encontre as melhores promoções no Seguros Promo!

    Seguro Viagem: América do Sul
    Intermac 15 COVID-19 TOP5 Intermac 15 COVID-19 TOP5 Assistência médica USD 15.000 Bagagem extraviada USD 350 (SUPLEMENTAR) R$ 24/dia*

    Já está morrendo de vontade de viajar para o Equador e conhecer a charmosa cidade colonial? Então faça agora mesmo a cotação do seguro viagem Equador obrigatório para viajar com segurança e economia!

    Você encontra os melhores preços em nosso site, Seguros Promo, que te ajuda a encontrar o melhor seguro viagem para conhecer Cuenca, Equador!

    Viajar sem gastar muito e com toda a tranquilidade de estar protegido? De Promo você pode!


    Leia também:

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente