icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
09 setembro - 9 minutos de leitura.

O que fazer em Malta: Conheça os principais atrativos 

Chris standing up holding his daughter Elva Seguro Viagens

Quer saber o que fazer em Malta? Destacamos dicas imperdíveis sobre esse país mediterrâneo, que está entre os melhores para fazer intercâmbio, já foi cenário de Game of Thrones e tem atrações surpreendentes em qualquer época do ano!

Descubra as principais atrações, as melhores praias, onde se hospedar e o que fazer nas ilhas de Malta, Gozo e Comino. Conheça os sabores inconfundíveis da gastronomia mediterrânea, como chegar até lá e muito mais!

Confira!

O que fazer em Malta: Conheça o arquipélago

Quando falamos em Malta, muitas pessoas desconhecem que se trata, na verdade, de um arquipélago em meio ao Mar Mediterrâneo. Ou seja, o país é composto por ilhas, sendo a Ilha de Malta a maior e mais conhecida. 

Existem, ainda, as ilhas de Gozo e Comino, além de diversas outras ilhas que não podem ser visitadas para fins de preservação, como Cominotto, Delimara, Filfla e muitas outras.

Este destino surpreendente fica no meio do caminho entre a Europa e a África, bem perto da ilha da Sicília, na Itália.

Se você não fala maltês, a língua nacional, não se preocupe: por lá todo mundo fala inglês muito bem, e você não deverá encontrar dificuldades para se comunicar.

Ilha de Malta, a principal ilha do arquipélago

O que fazer em Malta ilha de malta
Fonte: Pixabay

A Ilha de Malta é a ilha mais conhecida, sendo também a maior delas e assim, é onde os turistas mais frequentam. É nesta ilha que ficam as principais cidades do país e o aeroporto local, bem como alguns dos pontos turísticos mais populares.

Mas, afinal de contas, o que fazer na Ilha de Malta? 

Um dos grandes destaques é o Blue Grotto, uma formação rochosa no meio do Mediterrâneo que parece um imenso arco e faz parte de um conjunto de seis cavernas. 

Quem procura uma vida noturna agitada deve conhecer St. Julian’s, ao norte da capital do país, Valeta. A antiga vila de pescadores virou um destino badalado, com muitas casas noturnas, bares, restaurantes e cassinos.

Falando nisso, a própria capital Valeta é um destino imperdível! A cidade inteira foi tombada como Patrimônio Mundial pela Unesco e tem inúmeras atrações, como museus e a impressionante St. John’s Co-Cathedral.

Ilha de Gozo

A Ilha de Gozo é a segunda maior do país e é o endereço de alguns dos principais pontos turísticos de Malta, como a Citadel de Victoria, a capital da ilha. Trata-se de uma região da cidade totalmente murada, com casas de pedra.

Dentro da cidade murada você poderá visitar a Catedral de Gozo, uma edificação em estilo barroco erguida no século XVII, de onde é possível ter uma vista panorâmica de toda a ilha.

Do lado de fora dos muros, não deixe de visitar a Independence Square, que abriga uma feirinha durante o dia e é o endereço de cafés e restaurantes badalados.

Os amantes de história devem incluir os templos de Ġgantija, erguidos por volta de 3.600 a 3.200 aC. e que são considerados patrimônio mundial. 

Infelizmente a atração mais famosa de Gozo não existe mais: a Azure Window, uma imensa formação rochosa semelhante a um arco sobre o oceano que chegou a ser cenário da série Game of Thrones, acabou ruindo em um dia de mar agitado.

Ilha de Comino

O que fazer em Malta ilha comino
Fonte: Pixabay

No meio do caminho entre as ilhas de Malta e Gozo existe a Ilha de Comino, onde é proibido entrar de carro. Para chegar até lá, é preciso pegar um barco em uma das outras ilhas habitadas.

A ilha é bem pequena e você conseguirá explorar praticamente tudo em uma única tarde. A boa notícia é que ficam em Comino algumas das atrações de Malta mais incríveis!

A Blue Lagoon é uma parada obrigatória: a água é tão cristalina que você conseguirá ver tudo mesmo de dentro do avião! Uma boa dica é visitar essa praia durante a manhã, pois à tarde o movimento de turistas e barcos se intensifica.

Outra boa alternativa para curtir um dia de sol é a praia de St. Maria Bay, no norte de Comino, que tem uma ampla faixa de areia e é, em geral, bem menos movimentada que a Blue Lagoon.

Como chegar a Malta?

Malta é um arquipélago em meio ao Mar Mediterrâneo, e isso quer dizer que você terá duas opções: pelo ar ou pela água.

Nenhuma companhia aérea opera voos diretos entre o Brasil e Malta, mas uma boa alternativa é combinar dois países em uma mesma viagem ou fazer escala em um dos aeroportos internacionais próximos ao arquipélago.

Você pode fazer uma dobradinha entre Espanha e Malta, por exemplo, ou viajar até Roma, na Itália, e de lá pegar outro voo rumo ao seu destino final.

Além disso, diariamente dezenas de cruzeiros e barcos de passeio (em geral saídos da Itália) chegam ao arquipélago.

Passagens em Promoção para Roma

Confira nossas promoções de passagens aéreas
Passagens aéreassaindo de
Air Europa GRU São Paulo FCO Roma 01 Abr 30 Abr R$ 2290 Air Europa GRU São Paulo FCO Roma 05 Abr 26 Abr R$ 2290 Air Europa GRU São Paulo FCO Roma 20 Jun 02 Jul R$ 2290 Air Europa GRU São Paulo FCO Roma 02 Mai 29 Mai R$ 2290 Air France GRU São Paulo FCO Roma 24 Mar 04 Abr R$ 2340 Ver mais ofertas

A alternativa mais econômica para chegar a Malta passa pela Itália: você pode optar por um voo do Brasil para Roma e, em seguida, utilizar uma companhia aérea low cost ou tradicional para finalizar seu trajeto.

Você pode fazer a cotação de passagens aéreas baratas para Roma com quem mais entende do assunto: o Passagens Promo.

O melhor comparador do Brasil permite que você compare os preços das principais companhias aéreas e te ajuda a encontrar o menor preço para a sua viagem.

É possível até criar alertas para receber notificações quando a passagem desejada sofrer alguma alteração de preço.

Mapa de Malta

Para curtir ao máximo a sua viagem, o ideal é conhecer bem as principais ilhas do arquipélago. Assim, ficará mais fácil escolher as atrações que você quer incluir em seu roteiro.

Confira o mapa de Malta para montar seu roteiro!

Seguro Viagem com o menor preço

Seguro Viagem: Europa
GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 18/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 23/dia*

Se você vai fazer uma viagem com fins de turismo ou intercâmbio em Malta, deverá obrigatoriamente contratar um seguro viagem com cobertura mínima no valor de 30 mil euros.

Isso acontece porque Malta faz parte do Tratado de Schengen, que permite a livre circulação de viajantes (com estadia máxima de 90 dias) entre os países-membros.

O seguro viagem é um item essencial para qualquer viajante, não importa o destino: assim, você garante cobertura médica e hospitalar, seguro bagagem, auxílio por atraso ou cancelamento de voo, entre outros.

Para encontrar o seguro viagem mais barato, conte com a ajuda do melhor comparador do Brasil, o Seguros Promo: a plataforma permite a comparação de até quatro planos por vez!

Desse jeito, fica ainda mais fácil escolher o melhor plano e melhor preço para o seu perfil de viajante!

Onde ficar 

O arquipélago é bastante procurado por turistas do mundo inteiro, e isso quer dizer que em praticamente todas as regiões você encontrará boas opções de hospedagem, desde resorts de luxo a hostels com preços acessíveis.

Mas, afinal, onde ficar em Malta? Depende do seu perfil.

Uma dica é evitar se hospedar em Valeta. A capital do país é bem pequena e fica relativamente longe do mar, então você estará afastado da praia. 

Mesmo assim, lembre-se de que Malta é um arquipélago “redondo”, então tudo fica bem perto do mar.

Se você tem interesse em baladas e casas noturnas animadas, as regiões de St. Julian’s e Sliema podem ser boas alternativas. 

Caso você prefira uma viagem mais romântica ou sossegada, as melhores alternativas são San Gwann, Mosta, St. Paul’s Bay.

Quando ir para Malta?

Quer saber qual é a melhor época para visitar Malta? Aqui vai uma boa notícia: estamos falando de um destino agradável durante o ano inteiro. Estima-se que chova apenas 84 dias por ano!

A alta temporada, como em toda a Europa, acontece na primavera e no verão: de março a agosto o país tem dias bastante ensolarados, com temperaturas acima de 30°C, ideais para curtir as praias do Mediterrâneo.

Se você preferir gastar um pouco menos na viagem, uma boa alternativa pode ser viajar no outono ou no inverno: mesmo com as temperaturas mais amenas, que chegam a 23°C, o sol nunca deixa de brilhar.

O que fazer no verão?

O que fazer em Malt no verão
Fonte: Pixabay

Não adianta negar, Malta é um destino de verão bastante badalado. Isso quer dizer que você terá inúmeras opções de lazer e entretenimento durante as estações mais quentes do ano. 

O verão é a melhor época para mergulhar na popular Blue Lagoon: considerada a praia mais bonita da Europa, as águas da baía são geladas e ficam bem mais suportáveis com as altas temperaturas do verão.

Se a sua intenção é colocar o bronzeado em dia e curtir bons dias de praia, a piscina natural St. Peter’s Pool pode ser uma ótima alternativa, com água cristalina! 

O viajante tem inúmeras opções de praias paradisíacas, algumas mais desertas e outras com excelente infraestrutura, então basta escolher a que mais lhe agrada para explorar!

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!

    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    O que fazer no inverno em Malta?

    Como está em pleno Mediterrâneo, Malta não tem um inverno tão rigoroso quanto muitos países europeus, com vento suportável e temperaturas que chegam a agradáveis 23°C.

    Isso quer dizer que você poderá aproveitar de boa parte das atrações do país, mesmo na estação mais fria do ano.

    Se quiser uma alternativa aos dias de praia, uma boa pedida pode ser visitar os muitos sítios arqueológicos malteses, como a cidade fortificada de Medina e a capital Valeta, tombada como Patrimônio Mundial da Unesco.

    Intercâmbio em Malta

    O que fazer em Malta intercambista
    Fonte: Pixabay

    Muitos estudantes optam por Malta para fins de intercâmbio, por se tratar de um destino barato para estudar inglês.

    Além disso, o arquipélago é um dos países mais baratos para viver na Europa, com preços atrativos para hospedagem e acomodação.

    Os estudantes que querem viajar acabam preferindo o destino por conta de sua privilegiada localização.

    Como Malta fica em meio ao Mediterrâneo, está a poucas horas de voo dos principais destinos europeus, como Itália, Espanha, França e Alemanha, além de ter um clima bem mais agradável.

    Seguro viagem para intercambista

    Os intercambistas não precisam de visto para estudar em Malta, mas, assim como os turistas, precisam contratar um seguro viagem obrigatório, com cobertura mínima de 30 mil euros.

    A boa notícia é que o seguro viagem para intercambista é mais barato do que muita gente pensa (a partir de R$ 13 por dia) e pode representar uma grande tranquilidade para a sua viagem!

    As apólices de seguro viagem Europa têm validade em todo o território europeu, e você estará coberto mesmo se decidir visitar algum outro país do Espaço de Schengen.

    Roteiro turístico para Malta

    Se você ainda está em dúvida sobre o que fazer em Malta, confira nossas sugestões de roteiro para viagens de três ou cinco dias!

    O que fazer em 3 dias

    O que fazer em Malta em 3 dias
    Fonte: Pixabay

    Caso você tenha pouco tempo de viagem, não se preocupe: é possível conhecer atrações inesquecíveis mesmo em viagens mais curtas. Mas, afinal, o que fazer em três dias em Malta?

    Uma boa dica é começar a jornada pelo vilarejo de Marsaxlokk Bay, no sul da ilha. Em seguida, nada melhor do que um mergulho refrescante na St. Peter’s Pool. 

    Depois do almoço, conheça um dos pontos turísticos mais famosos de Malta: a Blue Grotto. No fim do dia, uma boa pedida é visitar os templos Hagar Qim e Mnajdra, em um sítio arqueológico de mais de 5.000 anos de idade!

    O segundo dia pode explorar o lado norte da Ilha de Malta: um bom roteiro inclui a colorida Popeye Village e a Riviera Bay, uma praia paradisíaca de areia dourada e água cristalina.

    No fim da tarde, assista a um pôr do sol inesquecível na Golden Bay, que tem boas opções de restaurantes e bares para curtir a noite.

    O último dia de viagem deve incluir uma visita às outras ilhas maltesas. Afinal de contas, não faltam alternativas de o que fazer em Gozo e Comino.

    O passeio pode começar por Comino, que é menor e tem uma oferta mais tímida de embarcações. Fica na ilha uma das praias mais bonitas do mundo, Blue Lagoon, que fica particularmente lotada no verão.

    Antes do almoço, pegue um barco para Gozo, onde há uma boa oferta de restaurantes e inúmeras atrações para visitar até o fim do dia, como a Xlendi Bay e a Wied Ill-Mielah Window.

    O que fazer em 5 dias

    Se você terá cinco dias para conhecer Malta, terá tempo suficiente para visitar algumas das principais atrações turísticas do país, com dois dias para adicionar à nossa sugestão de roteiro acima.

    No quarto dia de viagem, que tal conhecer as menos populares ilhas de Vittoriosa, Cospicua e Senglea, também conhecidas como Três Cidades?

    Um passeio de barco sai de Sliema rumo a um dos maiores projetos arquitetônicos dos Cavaleiros de São João e dura cerca de duas horas. 

    Também é possível caminhar pelas Três Cidades, mas para isso é preciso chegar até ali de ônibus, a partir das linhas 2, 3 e 4, que partem de Valeta.

    O último dia de viagem, por fim, pode contemplar uma visita à Riviera Bay, também chamada de Ghajn Tuffieha, que é totalmente cercada por um parque ecológico.

    Depois do almoço, despeça-se de Malta com uma caminhada agradável entre as orlas de Sliema e St. Julian’s, onde existe uma ampla oferta de bares e restaurantes ideais para finalizar a sua visita.

    Seguro Viagem barato em promoção Malta

    Seguro Viagem: Europa
    GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
    Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 18/dia*
    TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 23/dia*

    Agora que você já sabe o que fazer em Malta, está na hora de fazer a cotação de seguro viagem barato! A boa notícia é que você pode contar com a ajuda com o Seguros Promo, o melhor comparador de seguros viagem.

    O Seguros Promo permite a comparação simultânea de até quatro planos por vez, facilitando a sua missão de encontrar o melhor preço para a sua necessidade.

    Conhecer as belezas de Malta com economia? De Promo você pode!


    Leia também:

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente