icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
01 outubro - 9 minutos de leitura.

Onde fica Varsóvia? Conheça e se encante pela história da cidade 

Chris standing up holding his daughter Elva Europa

Você sabe onde fica Varsóvia? Qual a melhor época para visitar essa cidade com muita história? Quais as melhores atrações turísticas? Então este artigo é ideal para você!

Reunimos tudo o que você precisa saber sobre uma das cidades mais importantes da Polônia e da Europa, marcada por grandes conflitos e muita cultura. Confira!

Onde fica a Varsóvia? Conheça a histórica cidade

Varsóvia é uma cidade que já viveu dias sombrios e se reergueu quase das cinzas: depois de ter mais da metade de seu território esfacelado no pós-guerra, a capital da Polônia se reinventou e em nada lembra seus momentos mais difíceis.

Se você imagina que vai encontrar uma cidade com cicatrizes dos confrontos com nazistas ou da dominação soviética, está muito enganado!

Varsóvia se reergueu, foi tomada por casinhas coloridas e moradores simpáticos e sorridentes, sem apagar sua história e suas memórias, em contraste com a modernidade que chegou aos poucos.

Hoje, a capital polonesa é uma das cidades mais limpas e seguras de toda a Europa, além de estar entre os destinos turísticos mais baratos: um eterno convite a visitantes do mundo inteiro.

O transporte público é eficiente e barato, a energia é vibrante, com cafés, bares e restaurantes espalhados por toda a cidade, e o Wi-Fi é liberado e gratuito em toda a cidade.

Não deixe de cotar seu seguro viagem no Seguros Promo e aplicar nosso cupom de 15% de desconto. Aproveite!

História da cidade

Onde fica Varsóvia história
Fonte: Pixabay

Varsóvia é uma cidade marcada por grandes conflitos e por muita tristeza. A capital da Polônia foi palco da perseguição a judeus por nazistas e cenário de sangrentos ataques durante a Segunda Guerra Mundial.

No entanto, a cidade também é marcada pela superação. Desde o complicado pós-guerra, sob a tutela rígida da União Soviética, até a modernização que a levou a se tornar um badalado destino turístico no Leste Europeu.

A Cidade Velha de Varsóvia, ou Stare Miasto, é um grande símbolo dessa história contrastante: toda a região foi completamente destruída durante a guerra e totalmente reconstruída, nos mínimos detalhes, em 1980.

Hoje, o local é Patrimônio Mundial da Humanidade e tem a honra de ser o único destino histórico da lista da Unesco que passou por uma reconstrução.

Ou seja, como já deu pra perceber, Varsóvia é uma cidade que se orgulha de sua história, com todas as suas cicatrizes e glórias, e isso se reflete em seus principais pontos turísticos.

Como chegar?

Afinal de contas, onde fica Varsóvia? A capital da Polônia está localizada no coração do país, não muito distante da fronteira com a Bielorússia, às margens do Rio Vístula.

Maior cidade polonesa e centro cultural do país, Varsóvia tem um amplo aeroporto, mas não recebe voos diretos do Brasil. 

A boa notícia é que praticamente todas as companhias aéreas que operam na Europa, como Lufthansa, TAP, Alitalia, KLM e Air France, têm voos com uma ou duas escalas até a cidade.

Além disso, é possível optar por companhias aéreas low-cost para fazer trechos entre capitais europeias e Varsóvia com o máximo de economia, ou, ainda, viajar de ônibus ou trem.

Mapa de Varsóvia

Varsóvia fica quase escondida em meio a diversos países e cidades com forte apelo turístico, como Alemanha, República Tcheca, Ucrânia e Rússia (Kalingrado), o que é muito bom para os visitantes.

Afinal, o viajante terá diversas opções de rotas e meios de deslocamento para chegar até a capital polonesa.

Para te ajudar a montar seu roteiro turístico, confira o mapa de Varsóvia!

Desconto no seguro viagem para Polônia

Seguro Viagem: Europa
GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*

Além de estar entre os destinos mais baratos para viajar, a Polônia também está na lista de países europeus que isentam de visto os turistas brasileiros! Ou seja, você não precisará de visto para viagens com duração máxima de 90 dias.

Em contrapartida, o viajante é obrigado a contratar um seguro viagem com cobertura mínima no valor de 30 mil euros, para garantir que terá como custear gastos com emergências médicas ou outros imprevistos durante a estadia.

A boa notícia é que você pode garantir o seguro viagem Europa mais barato, com um investimento a partir de R$ 10 por dia com quem mais entende do assunto, a Seguros Promo!

Nossa plataforma moderna e simplificada permite que você compare até quatro planos por vez, te ajudando na tarefa de encontrar o melhor seguro viagem para o seu bolso e a sua necessidade.

O que fazer na Varsóvia?

Agora que você já sabe onde fica Varsóvia, está na hora de descobrir o que fazer na capital polonesa. Confira os principais pontos turísticos da cidade!

Castelo Real de Varsóvia

Onde fica Varsóvia Castelo Real
Fonte: Pixabay

O Castelo Real de Varsóvia, na Cidade Velha, é uma das três residências reais da cidade, como o Parque Real Lazienki e o Palácio Wilanów. 

A construção já foi a casa de reis e sede do Parlamento, onde a segunda Constituição do mundo foi promulgada, em 1791, e hoje funciona como museu.

Assim como boa parte do centro histórico da cidade, o Castelo Real de Varsóvia também foi destruído durante a Segunda Guerra Mundial e precisou ser completamente reconstruído durante o regime soviético.

Na reconstrução, foram utilizados pedaços da construção original que podiam ser reaproveitados.

Vale lembrar que o Castelo Real é, também, o ponto de partida da Rota Real da cidade, que inclui os já mencionados Parque Real Lazienki e Palácio Wilanów. 

Na praça em frente ao castelo fica a Coluna do Rei Segismundo III, produzida em 1644 a mando do rei Vladislao IV, para celebrar a transferência da capital de Cracóvia para Varsóvia.

A praça é um dos principais pontos turísticos da cidade, e isso significa que, se sua viagem for no verão, pode ser quase impossível andar por ali em meio à imensa quantidade de turistas que visita a capital polonesa.

Centro histórico

O centro histórico de Varsóvia é a Cidade Velha, tombada como Patrimônio Mundial da Humanidade por sua importância histórica e principal região turística da cidade.

O local foi completamente reconstruído após a Segunda Guerra Mundial, e cada tijolinho foi colocado no lugar exatamente como era no século XVII.

A história da Cidade Velha remonta ao século XIII, quando na região existiam um castelo e um vilarejo, rodeados por uma imensa muralha, que hoje separa o centro histórico da Cidade Nova.

Se você está planejando uma viagem por Varsóvia, não deixe de caminhar sem pressa pelas ruelas estreitas da região, contemplando cada detalhe milimetricamente reconstruído.

Caso você tenha interesse em construções religiosas, não deixe de visitar a imponente Basílica de São João Batista, o Santuário de Nossa Senhora das Graças e a Igreja de San Martin, que ficam na mesma região.

Muralha de Varsóvia

Onde fica Varsóvia muralha
Fonte: Pixabay

Assim como grande parte das cidades medievais, Varsóvia também já foi cercada por uma imensa muralha, que acabou desaparecendo à medida em que a cidade foi crescendo, após o fim da Idade Média.

O mirante mais importante da muralha fica no Barbakan Warszawski, antigo ponto de acesso à Cidade Velha, que possibilita a observação de toda a região.

A muralha foi um dos locais que acabou reconstruído no pós-guerra, durante os esforços de recuperação da cidade pelos soviéticos.

Museu da História dos Judeus Poloneses – POLIN

O Museu da História dos Judeus Poloneses é uma das construções mais recentes da Polônia, inaugurado em 2013, em frente ao famoso Gueto de Varsóvia.

O foco do acervo não se limita à história de perseguição e luta dos judeus do país, e sim é considerado uma celebração da vida, mostrando a recuperação da vida judaica após o fim da Segunda Guerra Mundial.

Além da arquitetura moderna, que se destaca em meio às outras edificações da cidade, o Museu da História dos Judeus Poloneses conta com instalações tecnológicas, com muitos recursos midiáticos.

São muitas instalações que permitem interação, além de exibições de vídeos, espalhadas por oito galerias em uma área de 4.300 m².

O museu, vale lembrar, foi construído exatamente onde ficava o Gueto de Varsóvia e preserva parte da última sinagoga remanescente da região.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!

    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Gueto de Varsóvia

    Pouco restou do Gueto de Varsóvia, o maior dos guetos, ou bairros, em que os judeus foram forçados a viver durante a Segunda Guerra Mundial. A região, no entanto, ainda tem grande importância para a cidade.

    No local em que existia o gueto hoje restam apenas ruínas do muro que separava o bairro do resto da cidade, bem como algumas placas informativas que contam um pouco da história do lugar.

    Ainda é possível ver alguns prédios na região que foi o cenário do filme ganhador do oscar O Pianista.

    Se você se interessa pela história dos judeus poloneses, uma boa pedida é fazer uma Excursão Privada do Gueto Judeu, um tour que tem duração média de três horas e passa pelos bairros que um dia formaram o gueto.

    Museu Frederic Chopin

    Onde fica Varsóvia museu Frederic CHopin
    Fonte: Pixabay

    Nem só de guerras é feita a história de Varsóvia! A cidade também tem orgulho de sua herança cultural, como a ligação com o musicista clássico Frederic Chopin, que viveu boa parte de sua vida na capital polonesa.

    O Museu Frederic Chopin é um dos mais modernos da cidade, com muitos recursos interativos multimidiáticos, que permitem que os visitantes mergulham na vida e na obra de um dos maiores ícones da música erudita.

    O acervo inclui a maior coleção de objetos de Chopin, como manuscritos, edições originais de partituras, cartas, retratos e obras que contam sobre a vida do músico.

    Qual melhor época para ir para Varsóvia?

    Muitos brasileiros vão ter sensação de friozinho em qualquer época do ano em Varsóvia. Mas, afinal de contas, qual a melhor época para visitar Varsóvia?

    Antes de tudo, tenha em mente que a temperatura média da cidade gira em torno de modestos 7°C e a chuva é uma constante.

    Durante o inverno, a capital polonesa registra temperaturas mínimas abaixo de zero e muita neve, dificultando consideravelmente as mais simples atividades, como caminhar pelas ruas.

    Isso quer dizer que a melhor época para visitar a cidade é o verão, quando as temperaturas variam entre 9°C e 25°C.

    Entre os meses de junho e setembro, a cidade entra no clima da estação mais quente do ano e recebe diversos festivais, como o Orange Warsaw Festival e o Festival de Jazz.

    O verão, porém, também marca a alta temporada em Varsóvia, e isso quer dizer que o visitante precisa lidar com preços mais caros e atrações mais cheias!

    Turismo pela Polônia

    Varsóvia não é a única cidade polonesa que prospera graças ao turismo. Este pequeno país no coração da Europa tem excelentes opções turísticas para todo perfil de viajante.

    Confira alguns destinos imperdíveis para turismo pela Polônia!

    Cracóvia

    Onde fica Varsóvia Cracóvia
    Fonte: Pixabay

    Cracóvia é a antiga capital da Polônia, com mais de 1.000 anos de história, e uma das cidades mais importantes do país, com excelentes opções turísticas para quem quer viajar gastando pouco.

    A Praça do Mercado da cidade é uma das maiores da Europa e é o endereço da Basílica de Santa Maria, erguida em estilo gótico polonês. As igrejas, aliás, são muito importantes na história polonesa, e só em Cracóvia existem mais de 140.

    Cidade-natal do Papa João Paulo II (figura presente em toda a cidade), Cracóvia tem um modesto centro histórico tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

    No entanto, não é apenas a tradição católica que ecoa pelos muros de Cracóvia: a antiga capital polonesa foi sede de um dos maiores guetos do país e tem até hoje diversas sinagogas.

    Você pode fazer o trecho entre Varsóvia e Cracóvia de trem, ônibus ou avião.

    Auschwitz

    Depois de sua passagem pela antiga capital polonesa, não deixe de visitar Auschwitz e Birkenau, o maior complexo de campos de concentração nazistas. A cidade de Cracóvia é o melhor ponto de partida para visitar o local.

    Estima-se que mais de 1,1 milhão de judeus tenham morrido em Auschwitz-Birkenau, que hoje está aberto a visitação para lembrar a todos sobre os horrores do Holocausto para não repeti-los no futuro.

    Desde 2002, as ruínas foram listadas como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Atualmente, são visitadas por mais de 2 milhões de pessoas todos os anos.

    Compre seguro viagem com preço promocional 

    Seguro Viagem: Europa
    GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*
    Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
    TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*

    Agora que você já sabe onde fica Varsóvia e tudo mais que você precisa saber sobre a capital da Polônia, só falta contratar um seguro viagem Europa barato para conhecer tudo de pertinho!

    Dessa forma, garante cobertura por emergências médicas, seguro bagagem, traslado funerário e até auxílio em caso de atraso ou cancelamento de voo, além de cumprir uma das exigências para visitar o Espaço de Schengen.

    A boa notícia é que você pode garantir esse sossego por R$ 10 por dia, com validade em todo o território europeu (assim, não precisa contratar novas apólices a cada novo país que visitar).

    Para encontrar o melhor preço, recomendamos o uso do melhor comparador do Brasil, Seguros Promo, que permite a comparação de até quatro planos de uma só vez!

    Conhecer a Polônia com economia e tranquilidade? De Promo você pode!


    Leia também:

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente