icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
15 março - 8 minutos de leitura.

Países que não precisam de visto: saiba onde ele não é necessário 

Chris standing up holding his daughter Elva Dicas de Viagem

Você sabia que existem 153 países que não precisam de visto? É isso mesmo: nesses lugares você pode escapar da burocracia e curtir suas férias sem complicações com a imigração.

Se você quer sair em busca de aventuras pelo mundo, conheça destinos imperdíveis que dispensam a exigência do visto para os turistas brasileiros!

Seja o destino que for, contratar um seguro traz sempre tranquilidade. E por baixos custos no Seguros Promo!

Países que não precisam de visto: quais são?

Quem já planejou uma viagem rumo ao exterior já deve ter percebido que alguns países são mais fechados para turistas brasileiros e fazem uma série de exigências, como o visto, para permitir a entrada em seu território.

O que pouca gente sabe, porém, é que existem vários países que acabam “abrindo” mais o seu sistema de imigração do que outros.

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), em parceria com a consultoria Henley & Parners, revelou que o Brasil está na 21ª posição na lista de países que conseguem viajar para mais lugares sem o visto. 

O estudo “Visa Restrictions Index 2016” aponta os “melhores” e “piores” passaportes: de acordo com o ranking, o brasileiro é dispensado da exigência de um visto em 153 países

Então, fique atento ao nosso artigo para escolher agora mesmo o seu destino de férias internacionais, sem precisar se preocupar com o documento.

O que é e como funciona o visto? 

O visto é basicamente uma permissão de entrada de uma pessoa em um país que não seja o de sua origem. 

Esse documento serve para entrada, permanência e saída do país que o exige, e pode ser concedido em diversos formatos.

São elas: visto de turista, visto de residência permanente, visto de estudante, visto de trabalho, entre muitos outros.

Não confunda visto com passaporte: enquanto o visto trata-se de uma autorização condicional que é concedida por um país a um visitante estrangeiro, o passaporte é uma espécie de RG com validade internacional.

O visto, por exemplo, exibe a validade, o território que pode ser percorrido, as atividades que a pessoa pode exercer, a duração máxima de estadia permitida e até o número de visitas autorizadas pela imigração.

Quais são os tipos de visto encontrados?

Tipos de visto
Fonte: Pexels

Existem diversos tipos de visto que apontam a característica da autorização para entrada em determinado país. Alguns deles são mais conhecidos que outros.

Um dos tipos mais comuns é o visto de turista. Esse documento autoriza seu titular a fazer uma viagem ao país com fim turístico e, em geral, tem validade máxima de seis meses.

Caso o seu plano seja estender sua permanência em nome dos estudos, você pode providenciar, por exemplo, um visto de estudante: a duração desse tipo de documento costuma variar de acordo com a duração do curso que você pretende fazer.

Se quer se mudar definitivamente para um país, a melhor opção para você é dar entrada em um pedido de visto de residência.

Existem, ainda, diversos outros tipos, como visto de negócios, visto para investidores, visto de trabalho temporário, entre outros. 

É importante respeitar as restrições apontadas pelo tipo de visto que lhe for concedido: se você exercer uma atividade não autorizada pelo seu documento, pode até ser deportado de volta para o seu país de origem!

Quais são os documentos necessários para uma viagem internacional?

O visto não é o único documento que você deve ter em mãos na hora de planejar uma viagem internacional. Existem alguns documentos que não podem ficar de fora do seu checklist de férias.

Mantenha seus documentos sempre organizados e certifique-se de não ter deixado nada para trás: a falta de um dos documentos exigidos internacionalmente pode significar até a sua volta para casa antes da hora.

Muitos países exigem apenas um documento de identificação para permitir a entrada de brasileiros em seu território. Nesses casos, basta estar com seu RG original em boas condições nas mãos. 

E fique atento ao prazo máximo de validade: para viagens internacionais, sua carteira de identidade não pode ter mais de 10 anos de emissão.

A validade do RG não se estende ao CPF: esse documento não é aceito como identificação, já que nele não consta foto.

No caso de países que não aceitam o RG como documento válido, a alternativa é o passaporte

Esse item é emitido pela Polícia Federal e deve estar dentro do prazo de validade no momento em que você embarca rumo às férias.

Alguns países exigem, ainda, a apresentação do Certificado Internacional de Vacinação, documento que garante a imunização do viajante contra algumas doenças, como febre amarela, meningite meningocócica e outras.

Se você pretende alugar um carro no exterior, não deixe de conferir se sua CNH brasileira é válida ou se você precisa providenciar a Permissão Internacional para Dirigir (PID): esse documento permite que você dirija em mais de 100 países.

Seguro viagem na promoção

Se você contratar um seguro viagem, provavelmente não terá com o que se preocupar em caso de infortúnios.

Apesar de não ser obrigatório para a entrada em vários territórios, o seguro viagem é bastante recomendado para toda viagem internacional.

O turista que contrata um seguro viagem conta com assistência médica e odontológica, auxílio no caso de extravio de malas ou cancelamento de voos, auxílio em perda de documentação e muito mais.

Para se certificar de comprar a melhor opção para você e sua família, faça agora mesmo uma cotação em nossa plataforma comparadora Seguros Promo, a melhor alternativa do mercado!

Seguro Viagem: Europa
GTA 67 EUROMAX GTA 67 EUROMAX Assistência médica USD 67.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
Intermac EURO 40 (Exceto EUA) Intermac EURO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*

Quais países não exigem visto para brasileiros?

Tirar um visto de viagem significa gasto de tempo e dinheiro. Então, escolher um destino que não faça essa exigência a brasileiros pode representar uma importante economia nas suas férias.

Atualmente, o turista brasileiro pode escolher entre 153 países que não precisam de visto, em todos os continentes. Confira em nossa lista!

Nas Américas 

Países que não precisam de visto nas Américas
Fonte: Pexels

O brasileiro pode viajar para perto de casa sem visto. Todos os países que compõem o Mercosul e vários territórios da América Central dispensam a necessidade do visto de turista do Brasil.

O mesmo, porém, não vale para destinos na América do Norte. Quem quer viajar aos Estados Unidos, ao Canadá, por exemplo, precisa providenciar o documento.

Relação de países das Américas que não requerem visto de turistas do Brasil: 

América do Sul (viajar sem visto)

  • Argentina;
  • Bolívia;
  • Chile;
  • Colômbia;
  • Equador;
  • Guiana;
  • Paraguai;
  • Peru;
  • Suriname;
  • Uruguai;
  • Venezuela.

América Central (viajar sem visto)

Países que não precisam de visto na América Central
Fonte: Pexels
  • Antígua e Barbuda;
  • Aruba;
  • Bahamas — com estadia máximo de 14 dias;
  • Barbados;
  • Belize;
  • Costa Rica;
  • Curaçao;
  • El Salvador;
  • Granada;
  • Guatemala;
  • Honduras;
  • Jamaica;
  • Nicarágua;
  • Panamá;
  • República Dominicana;
  • Santa Lúcia;
  • Trinidad;
  • Tobago.

Existe algum país que não exige visto na América do Norte? 

Enquanto Estados Unidos e Canadá fazem uma série de exigências para permitir a entrada em seu território, os vizinhos Bahamas e México dispensam os turistas brasileiros do visto. 

Isso não quer dizer, porém, que a entrada de brasileiros é tranquila em terras mexicanas. 

Embora o México não exija visto de visitantes do Brasil, é importante apresentar todos os documentos exigidos de forma impressa na entrada no país. 

Você deverá apresentar passaporte, passagem de volta, prova de meios de subsistência e comprovante de hospedagem. 

Nos últimos meses, houve aumento no número de inadmissões de brasileiros por lá e até denúncias de maus-tratos, então fique atento!

Na Europa 

Países que não precisam de visto na Europa
Fonte: Unsplash

Vai para o continente europeu? Então saiba que, se você vai visitar um dos países que fazem parte do Tratado de Schengen, não precisará de visto. 

O sistema funciona como se todos os países do acordo formassem apenas um grande território, permitindo livre circulação entre eles. Os destinos são considerados domésticos. 

Quem visita um dos países do Tratado de Schengen deve portar: 

O turista ainda precisa comprovar uma renda estável e suficiente para se manter durante a estadia no território. Essa estadia, inclusive, não pode durar mais de 90 dias.

Apesar de não haver a exigência de visto, os países do Tratado de Schengen exigem a contratação de um seguro viagem válido em todo o seu território, com o valor mínimo de 30 mil euros.

Quais os países da Europa que não precisa de visto?

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Hungria;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Letônia;
  • Liechtenstein;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Países Baixos;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

Na África

Apenas seis países africanos dispensam os brasileiros da exigência de visto. Apesar de o número ser reduzido, tratam-se de excelentes destinos para férias, que vão do Sul do continente às belezas do deserto do Saara.

Quais países não exigem o visto na África?

Países que não precisam de visto na África
Fonte: Pexels

Na Ásia

Quem visita a Ásia pode se preparar para encontrar destinos incríveis por lá. Além disso, para visitar vários desses territórios, o turista brasileiro não precisa se preocupar com visto.

Não deixe de se informar sobre o tempo máximo de permanência em cada um deles e faça logo as malas para embarcar em uma viagem inesquecível!

Quais os países que precisam de visto para entrar na Ásia?

Países que não precisam de visto na Ásia
Fonte: Unsplash
  • Cingapura;
  • Coreia do Sul;
  • Filipinas;
  • Hong Kong;
  • Macau;
  • Malásia;
  • Tailândia.

Na Oceania

Se você sonha em conhecer o continente mais isolado do mundo, é bom já se preparar para os trâmites burocráticos. Todos os territórios requerem o visto de brasileiros.

O visto na Austrália, Ilhas Salomão, Papua-Nova Guiné e Vanuatu já é obrigatório há anos. A Nova Zelândia, por sua vez, passou a fazer parte dessa lista no final de 2019.

Agora, quem pretende visitar a Nova Zelândia precisa providenciar o Electronic Travel Authority, ou NZeTA, que é menos burocrático e pode ser emitido pela internet.

O documento não é gratuito: é preciso desembolsar 47 dólares neozelandês (R$ 127) destinados a turismo e negócios ou 12 dólares neozelandês (R$ 33) para aqueles com  escala ou conexão prevista no país.

O visto não é o único documento exigido para quem vai entrar na Nova Zelândia: é preciso, ainda, pagar uma taxa de proteção ambiental, com custo de 35 dólares neozelandeses (R$ 94).

Quais países não exigem visto na Oceania?

Países que não precisam de visto na Oceania
Fonte: Unsplash

Todos os países da Oceania exigem visto de turistas brasileiros. Portanto, prepare-se com antecedência para conhecer estes territórios. 

Dicas para se preparar para uma viagem internacional

Uma viagem internacional pode ser a melhor experiência da sua vida: tudo o que você precisa é de bastante planejamento. Se você se preparar com atenção, não deverá ter nenhuma dor de cabeça. 

Não deixe de fazer um bom roteiro de viagem. Assim, poderá prever gastos e tempo de deslocamento, além de não correr o risco de deixar para trás algum destino que queira visitar.

Fique atento aos documentos exigidos pelo país que você pretende visitar e às demais exigências que possam ser feitas a brasileiros. 

Você precisará de vacinas e Permissão Internacional para Dirigir (PID). Não deixe de conferir as datas de validade para poder dirigir no exterior!

Certifique-se de levar cópias impressas de comprovantes de hospedagem e de condições financeiras. 

Além de xerox também das passagens de ida e volta e quaisquer outros documentos que possam garantir suas condições de se manter durante sua viagem.

Por fim, fique atento a moedas e cartões: pesquise qual a melhor moeda para levar, fique atento às taxas de câmbio e não deixe de desbloquear seus cartões de crédito e débito para uso no exterior.

Cotação seguro viagem em promoção 

Agora que você já sabe quais países que não precisam de visto, falta apenas contratar um bom seguro viagem internacional. 

Em alguns casos, como para entrada nos países que fazem parte do Tratado de Schengen, um seguro viagem internacional é uma exigência das autoridades imigratórias que pode resultar até em deportação.

Assim, faça diferentes cotações para se certificar de que vá contratar a melhor opção para a sua necessidade.

Utilize nosso comparador Seguros Promo para suas pesquisas e tenha a opção ideal para a sua viagem! Viajar com economia e segurança? De Promo você pode!

Seguro Viagem: Seguros Internacionais
GTA 67 EUROMAX GTA 67 EUROMAX Assistência médica USD 67.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
APRIL 60 USA Basic APRIL 60 USA Basic Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 41/dia*
Intermac 60 Prata Intermac 60 Prata Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 (SUPLEMENTAR) R$ 22/dia*

Além de saber dos países que não precisam de visto, confira outras dicas importantes para suas viagens!

Veja também


Recomendado para você
10 fevereiro - 5 min de leitura.
6 destinos que não exigem visto de brasileiros
Melhor preço garantido
faça uma cotação e confira.
Conecte-se com a gente