icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
06 outubro - 8 minutos de leitura.

Quais são os tipos de visto para o Canadá: informações e dicas 

Chris standing up holding his daughter Elva América do Norte

Muitas pessoas têm interesse em tirar visto para o Canadá, e não é para menos. Afinal, o país é considerado um dos melhores destinos para se viver no mundo, com altos índices de segurança, educação e preservação ambiental.

Antes de fazer a sua solicitação, você deve entender que cada tipo de visto para o país tem uma finalidade: trabalho e negócios, turismo, residencial e cursos de longa duração.

Neste texto, vamos falar sobre os diferentes tipos de visto para o Canadá e para que serve cada um deles. Confira mais informações sobre o assunto!

Cote os melhores seguros de viagem para o Canadá com 15% de desconto neste link!

Visto para o Canadá: como tirar o seu?

A primeira dica para não ter o seu visto para o Canadá negado, é entregar toda a documentação e não omitir informações ou apresentar dados falsos.

Um outro ponto para se prestar muita atenção é a validade do seu passaporte. O período de visto solicitado, jamais ultrapassará a validade do passaporte, então, esteja com esse documento atualizado.

É muito difícil tirar o visto canadense?

É muito difícil tirar o visto canadense?
Fonte: Pexels

Na verdade, é bem menos difícil tirar o visto para o Canadá do que para os Estados Unidos, por exemplo. 

O Canadá tem tradição em receber imigrantes de todas as partes do mundo, inclusive os brasileiros.

Em termos de praticidade, dá para fazer todo o processo online, mas o turista também pode solicitar o documento presencialmente em uma das unidades de serviços do Governo canadense espalhadas pelo território brasileiro.

Visto eTA canadense

É um tipo de “visto online” que substitui o convencional, mas apenas para entrar no país por transporte aéreo. Trata-se da Autorização Eletrônica de Viagem, e está associada ao passaporte.

Esse tipo de autorização, isenta apenas quem já tinha o visto anteriormente, de precisar fazer um novo presencialmente. Caso tenha visto para os Estados Unidos, já é o suficiente.

Com esses dados em mãos, passaporte e visto, a sua licença eletrônica para viajar para o Canadá será expedida em questão de minutos.

Como solicitar eTA canadense?

Pegue o seu passaporte e um cartão de crédito (Mastercard, Visa, American Express), pois além de inserir os dados, vai precisar pagar uma taxa.

Para emitir a sua eTA, você precisará acessar o site do Governo do Canadá. 

Qualquer cidadão brasileiro que já tenha emitido o visto tradicional anteriormente, ou tenha o visto americano, é habilitado a solicitar o eTA online.

Como solicitar o visto tradicional?

Como solicitar o visto tradicional?
Fonte: Pexels

O tipo mais tradicional de visto para o Canadá deve ser solicitado diretamente ao Departamento de Cidadania e Imigração do governo canadense. O documento chama-se Temporary Resident Visa (TRV).

Qualquer cidadão brasileiro que ainda não tenha o eTA pode solicitar o visto: o viajante também precisará pagar as taxas e registar a sua biometria para entrar no país, por isso, é necessário dirigir-se até um dos pontos da CVAC.

Como conseguir o visto para morar no Canadá?

O visto canadense para brasileiros que desejam morar no país, é um pouco mais complicado e depende da motivação que leva o imigrante a querer residir no país.

Se você, por exemplo, tiver a oportunidade de ocupar uma vaga em uma empresa no Canadá, fica mais fácil conseguir o visto. Ou ainda, em caso de matrimônio com uma pessoa canadense.

Vamos falar mais detalhadamente sobre os tipos de visto para o Canadá. Continue a leitura!

Quanto custa para tirar o visto canadense?

Para emitir a sua eTA, deverá realizar o pagamento de CAD$ 7 (CAD, dólar canadense), equivalente a cerca de R$ 29,08 (setembro/2021). Já o visto tradicional custa CAD$ 100, mais ou menos R$ 415,49 (setembro/2021).

Para viagens em grupos acima de 5 pessoas, existe uma taxa especial de CAD$ 500, aproximadamente R$ 2077,44 (setembro/2021).

Um visto temporário, para cursos de intercâmbio ou turismo, por exemplo, tem validade de até 10 anos, ou enquanto valer o passaporte do visitante

A permanência máxima por visita, para esse tipo de visto, é de até 180 dias, ou seja, 3 meses.

Qual é a renda mínima para solicitar visto canadense?

Qual é a renda mínima para solicitar visto canadense?
Fonte: Pxhere / CC0

Quem viaja sozinho para o Canadá, precisa comprovar a quantia mínima de CAD$ 10.000, para permanecer por 1 ano no país. Para casais, o valor a ser comprovado é de CAD$ 14.000. 

A comprovação de renda deve ser acrescida de CAD$ 3.000 para cada filho ou dependente que solicitar visto no Canadá.

É necessário avaliar a idade de cada acompanhante, pois há variações entre maiores e menores de idade, e lembrar que em Quebec, no oeste do país, há sobretaxas para todas as solicitações de entrada.

Um simples extrato bancário, emitido nos últimos 90 dias, serve como documentação comprobatória

O documento deve estar em nome de quem custeia a viagem e os comprovantes de pagamento dos cursos e de crédito educacional também têm a mesma validade.

Quanto tempo demora pra sair o visto canadense?

O tempo de emissão do visto para o Canadá também pode variar. Para os intercambistas e também para quem pretende turistar, com estadia limite de 3 meses, o prazo máximo de emissão é de 20 dias úteis.

Alguns estudantes que precisam ficar por mais de 90 dias no país, podem solicitar um visto específico, mas sua emissão demora até 60 dias úteis.

Além do seguro, há muitos outros serviços que são essenciais para que a sua viagem seja um sucesso. Para melhorar sua experiência, acesse o Vantagens Promo e fique atento às opções e benefícios!

O que precisa para tirar o visto canadense?

Essa parte é um pouco burocrática, mas necessária. Anota aí o que vai precisar para ter o visto canadense para brasileiros: passaporte (com, ao menos, 6 meses de validade), uma foto 3×5, e o comprovante de renda atualizado.

Os casais precisam da certidão de casamento, ou ao menos da união estável.

Agora começa a ficar um pouco mais complicado, mas não tem segredo. É necessário mais paciência do que expertise.

Você deve preencher alguns formulários com informações pessoais, familiares e sobre a própria viagem.

O primeiro deles é o Formulário de Solicitação IMM5257E, que pode ser preenchido pelo site do Governo do Canadá, e deve ser impresso e assinado. 

Depois, vem o Formulário IMM5645 ou IMM5707, com informações familiares.

Cada requerente a um visto no Canadá, também deve apresentar duas cópias do Termo de Consentimento emitido pelo provedor de serviços do Governo canadense.

O próximo passo é imprimir o Questionário de Informações Adicionais, preenchê-lo e, ao final, assiná-lo. Para viagens em família, apenas um questionário é o suficiente.

O Formulário Schedule 1, IMM5257, é para aqueles requerentes que já tiveram vínculos partidários, cargos no poder judiciário, instituições militares e da defesa civil.

Biometria para visto canadense

Toda pessoa maior que 14 e menor que 79 anos precisa registrar sua biometria para visto canadense (CAD$ 85) em um dos pontos do provedor de serviços do Governo do Canadá do no Brasil, a CVAC, que atende nas cidades de:

  • Brasília;
  • Rio de Janeiro;
  • Recife;
  • São Paulo;
  • Porto Alegre.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Seguro viagem para o Canadá

    O seguro viagem é um item essencial para quem vai sair do país e deseja viajar com tranquilidade

    Contratar um seguro viagem é muito mais simples do que o processo de como conseguir um visto para o Canadá.

    Com a ajuda da plataforma, Seguros Promo, você encontra as melhores cotações de seguro viagem.

    Para quem vai fazer mais de duas viagens internacionais por ano, os planos e condições podem resultar em até 60% de economia em relação aos convencionais, já pensou?

    Acesse o site do Seguros Promo e faça a pesquisa com alguns dados simples, como o lugar que pretende visitar e período da viagem. 

    É fácil, rápido, e o melhor, você não paga nada para fazer a busca!

    Seguro Viagem: América do Norte
    Intermac 60 Long Stay USA Intermac 60 Long Stay USA Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 (SUPLEMENTAR) R$ 28/dia*
    ITA 40 SMART USA ITA 40 SMART USA Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 16/dia*
    CORIS 60 USA BASIC +COVID19 CORIS 60 USA BASIC +COVID19 Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 50/dia*

    Quais são os tipos de visto para o Canadá

    Agora, você precisa ler os tópicos a seguir com atenção para identificar em qual categoria de visto para o Canadá sua viagem se encaixa. 

    Afinal, cada uma tem um objetivo: alguns turistas vão ficar por 3 ou 6 meses, outros vão apenas esporadicamente, ou a eventos. Confira abaixo!

    Visto de turismo (V-1)

    Visto de turismo (V-1)
    Fonte: Pixabay

    Também conhecido como visto de residente temporário, é obrigatório e garante estadia de até 180 dias para o visitante

    Custa CAD$ 100 e é exigido para entrada por vias terrestres, marítimas e aéreas.

    Esse tipo de visto canadense para brasileiros não dá direito a trabalhar no país, mas permite turistar a vontade pelas maravilhosas cidades do Canadá.

    Para estudos de até 24 semanas (SX-1)

    Tem quase o mesmo valor do documento do item anterior. Possibilita a entrada e permanência ao estudante que deseja fazer um curso no Canadá de até 24 semanas. 

    O comprovante de matrícula ajuda na liberação do visto, fica a dica!

    Permissão de Estudos (Study Permit)

    Se o curso ou intercâmbio que você pretende fazer tem a duração superior a 12 semanas, esse é um dos melhores tipos de visto canadense para sua viagem.

    Custa CAD$ 150 e os 3 meses adicionais aos 90 primeiros dias servem para que o estudante prepare seu retorno ou solicite permanência para um novo período

    A permissão para estudos dura até 180 dias, tempo máximo para a conclusão das atividades.

    A carta de aceitação de uma instituição de ensino designada (DLI) deve ser emitida antes que o requerente solicite a permissão para estudar no Canadá.

    Visto de negócios (B-1)

    Visto de negócios (B-1)
    Fonte: Pxhere / CC0

    Para conseguir o visto para o Canadá do tipo B1, você precisa comprovar o motivo pelo qual deseja entrar no país.

    O convite da empresa anfitriã serve como comprovante, assim como a inscrição em palestras e eventos, já que esse tipo de permissão é mais voltada para visitas técnicas e viagens pontuais ao Canadá.

    Permissão de Trabalho (WorkPermit)

    Com um documento chamado LMIA (Labour Market Impact Assessment), ou seja, um convite formal da empresa para a qual prestará serviço, o cidadão brasieiro consegue a sua permissão para trabalho.

    Trata-se de um certificado expedido pelo Human Resources Canada, que é o órgão público canadense responsável pelas questões trabalhistas. Demora de 45 a 90 dias úteis para ser analisado e custa CAD$ 155.

    Visto de trânsito (VH-1)

    Não se trata de uma licença para dirigir, tudo bem? Brincadeiras à parte, esse tipo de visto para o Canadá, se refere aos visitantes que passam pelo país, em trânsito, mais especificamente, em voos.

    Esses viajantes não têm autorização de sair dos aeroportos em que estão fazendo escala, e a validade desse visto para o Canadá é de 6 meses a 1 ano.

    Pode ser emitido online: caso precise, a CVAC pode fazê-lo, mas com determinadas cobranças extras. O Governo canadense não cobra taxas para esse visto.

    Super Visa (PG-1)

    Super Visa (PG-1)
    Fonte: Unsplash

    A autorização Supervisa, permite que pais e avós de cidadãos canadenses ou residentes permanentes, entrem com mais facilidade no país e permaneçam por mais tempo.

    Também é válido até a data prevista no passaporte e é conhecido como um visto de múltiplas entradas. 

    Quem possui o Supervisa pode ficar no país por até 2 anos, sem precisar atualizar o status.

    A pessoa tem mais liberdade para entrar e sair, e os requisitos para obter o PG-1 são mais específicos. 

    Para ter esse visto canadense, o cidadão vai precisar contratar um seguro viagem com cobertura especial e apresentar exames médicos.

    Cotação de seguro viagem para o Canadá

    Não importa qual será o tipo de visto para o Canadá que você vai tirar: viaje sempre com a segurança e a cobertura de um bom seguro! Principalmente se a ideia é ficar fora de casa por um longo período. 

    E ainda, se você é do tipo de turista que gosta de praticar esportes e se aventurar enquanto explora novos territórios, nada de se arriscar sem a cobertura de um seguro viagem, combinado?

    O que faria se acontecesse um contratempo de saúde, por exemplo? Melhor contar com ajuda especializada, você concorda?

    Acesse o site do Seguros Promo e garanta as melhores condições de pagamento para contratar um bom seguro viagem, para você e, se for o caso, também para sua família.

    É bem simples, e o turista não perde tempo pesquisando em milhares de sites. A nossa plataforma já faz isso! Faça a sua cotação gratuita

    Deseja conhecer as principais atrações do Canadá com segurança e o máximo de economia? Promo você pode!

    Seguro Viagem: América do Norte
    Intermac 60 Long Stay USA Intermac 60 Long Stay USA Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 (SUPLEMENTAR) R$ 28/dia*
    ITA 40 SMART USA ITA 40 SMART USA Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 16/dia*
    CORIS 60 USA BASIC +COVID19 CORIS 60 USA BASIC +COVID19 Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 50/dia*

    Continue sua leitura!

    Veja também


    Recomendado para você
    04 janeiro - 3 min de leitura.
    Nova York: qual a melhor época para viajar?
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente