icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
04 dezembro - 9 minutos de leitura.

Veneza, Itália: 10 atrações da cidade mais romântica do mundo 

Chris standing up holding his daughter Elva Europa

Destino dos sonhos de qualquer casal apaixonado, Veneza, Itália, justifica ao menor olhar o porquê de ser conhecida como a “Cidade do Amor”.

Não há maneira de não se apaixonar por este destino. Recortada por canais e costurada por pontes, a cidade é encantadora em cada pedacinho, com igrejas, praças e arquitetura que são verdadeiras obras de arte.

Venha descobrir tudo o que é importante sobre o turismo em Veneza, Itália, e tente resistir às suas belezas. Temos certeza que não haverá jeito: será paixão à primeira vista!

Cote seu seguro viagem obrigatório para a Europa no Seguros Promo com 15% de desconto. Aproveite!

Veneza, Itália: o que fazer na cidade de mais de 100 ilhas?

Quem nunca se deparou com referências à “Veneza do Oriente” ou “Veneza de tal lugar”? Embora alguns destinos sejam comparados à “Sereníssima”, verdade seja dita: Veneza é única!

A cidade se construiu sobre 118 ilhas, na região da Lagoa de Veneza. Para conectá-las, mais de 400 pontes constroem caminhos que permitem aos turistas descobrir os principais pontos turísticos de Veneza, Itália.

Construções às beiras dos canais e as gôndolas que deslizam sobre as águas criam um cenário digno de uma autêntica pintura italiana.

Mas não dá apenas para admirar tudo isso, Veneza merece ser vivida, afinal, apresenta cartões-postais maravilhosos, como a Basílica di San Marco e a Ponte Rialto.

Os museus guardam riquezas artísticas, e nos restaurantes e cafés, a reconhecida gastronomia italiana se apresenta em sabores distintos. Na época certa, até o Carnaval em Veneza será uma experiência fascinante, que só esta cidade pode proporcionar. 

História de Veneza

Veneza Itália história
Fonte: Pixabay

Não é apenas pela beleza e romantismo que Veneza é um dos principais destinos de turismo na Itália. Sua história é riquíssima e explica como a cidade se tornou um rico museu a céu aberto.

Veneza surge a partir das invasões bárbaras no século V, quando os habitantes de Vêneto, expulsos de suas terras, se refugiaram nas ilhas.

Influenciada por sua localização marítima, pouco a pouco a cidade foi conquistando autonomia e independência.

Durante a Idade Média é que Veneza se torna, de fato, uma grande força militar e comercial. Controlando as rotas marítimas, que rendeu a alcunha de Rainha do Adriático, foi estendendo seu domínio e chegou ao auge do poder no início do século XV.

O que traduz toda essa força foi o desenvolvimento cultural e arquitetônico da cidade, que tem papel de destaque no Renascimento.

Entretanto, da metade do século XV para a frente, veio o declínio de Veneza. Depois das guerras napoleônicas, ela passou a fazer parte do Império Austríaco.

Somente no século XVIII, após a assinatura do Tratado de Viena, a cidade volta para o domínio italiano.

Mapa da cidade

No labirinto que é Veneza, não é difícil que turistas se percam em suas vielas e pontes. Nessas situações, o melhor a fazer é aproveitar e descobrir novas belezas em cada canto.

De toda forma, antes de viajar é interessante ver o mapa de Veneza, Itália, até mesmo para planejar o roteiro.

E não deixe de usar a tecnologia para facilitar a estadia por lá. Uma dica válida: marque a localização do seu hotel no app utilizado, porque algumas ruas não possuem nome ou não foram mapeadas. 

Como chegar à Veneza?

Ainda não sabe como ir para Veneza? Vamos te ajudar a descobrir as opções —  afinal, o destino é acessível de diferentes formas.

Para quem vai viajar apenas à Veneza ou a tem como início de um roteiro pela Itália, ir de avião é a melhor e mais rápida escolha, mesmo sendo necessário fazer uma escala.

Agora, se você já embarcou para outros destinos italianos, como Roma ou Milão, pode optar por ir para a cidade viajando de trem ou carro

Veneza, Itália, tem aeroporto?

Embora Veneza não receba voos diretos do Brasil, chegar à cidade de avião é totalmente possível, pois ela é atendida pelo Aeroporto Marco Polo.

O aeroporto de Veneza, Itália, está a cerca de 12 km da cidade, o que não é uma grande distância. Ao desembarcar, basta pegar ônibus, transfer ou ferry, os transportes aquáticos que levam até o centro histórico veneziano. 

Seguro viagem para Itália e Veneza

Seguro Viagem: Europa
AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 26/dia*
Affinity 60 Europa Promocional Affinity 60 Europa Promocional Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 800 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

Antes de embarcar, o que os turistas não podem deixar passar batido é a contratação do seguro viagem para Itália.

Item obrigatório e imprescindível para entrar em território italiano, ele pode se apresentar extremamente necessário caso aquelas situações que ninguém espera passar surpreendam de maneira desagradável.

Se algo não caiu bem ou você teve um incidente e precisar de atendimento médico, o seguro irá auxiliar. O voo foi cancelado? Deixe que o seguro viagem resolve.

Então, não leve um fora de Veneza, a Cidade do Amor, por bobeira. No Seguros Promo você encontra os melhores planos e ótimos preços para viajar com mais segurança!

Principais pontos turísticos de Veneza, Itália

Somente o cenário dos canais, pontes e construções já é o suficiente para fazer de Veneza um dos lugares mais lindos do mundo todo.

Mas o passeio pode ser ainda melhor quando a escolha dos pontos turísticos é acertada.

Para você ficar ainda mais perto de fazer a viagem dos sonhos, veja o que fazer em Veneza, Itália, de acordo com a lista de atrações da cidade que nós separamos.

Grande Canal de Veneza

Veneza Itália grande canal
Fonte: Pixabay

Um jeito muito interessante de começar a descobrir o que Veneza tem a oferecer é diretamente dos seus principais atrativos: os canais.

Neste caso, estamos falando do principal deles, o Grande Canal, a maior e mais importante via fluvial veneziana. São 4 km de comprimento que dividem a cidade de Veneza, Itália, em duas.

A melhor maneira de percorrer a rota é de vaporetto, uma espécie de ônibus aquático bastante utilizado para circular pelo lugar — existem bilhetes para um, dois ou até três dias.

Além do seguro, há muitos outros serviços que são essenciais para que a sua viagem seja um sucesso. Para melhorar sua experiência, acesse o Vantagens Promo e fique atento às opções e benefícios!

Piazza San Marco

No coração da cidade, a Piazza San Marco é considerada a mais importante praça de Veneza

Tenha certeza que aqui será o ponto de partida para as principais atrações. Afinal, nas redondezas estão a imponente Basílica di San Marco, a Torre do Campanário, o Palazzo Ducale e outros atrativos.

Não é à toa que Napoleão Bonaparte definiu a praça como “o salão mais bonito da Europa”, pela sua beleza e de seus monumentos.

É, sem dúvidas, um dos principais pontos turísticos em Veneza, Itália. Entre um passeio e outro, admire tudo ao redor, e aproveite a noite em algum dos cafés com apresentações musicais.

Basílica di San Marco

Veneza Itália basilica de san marco
Fonte: Pixabay

Ao pisar na Piazza San Marco, os turistas terão a atenção tomada pelo grande ícone desta região, a Basílica di San Marco.

Construída no ano de 828, ela sempre concentrou a vida religiosa de Veneza, e sua arquitetura simboliza todo o prestígio que a cidade já teve.

O templo possui cinco cúpulas, misturando o estilo bizantino, renascentista e romântico. Tanto nas cúpulas quanto em seu interior, os detalhes em dourado representam os tempos de glória de Veneza, também sentidos pela grandiosidade da obra.

A basílica foi projetada para receber o corpo de São Marcos, um dos quatro evangelistas, que ocupa um espaço sob o incrível altar.

A entrada para conhecer a Basílica di San Marco é gratuita. Para visitar o museu e o tesouro, são vendidos ingressos separados.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Torre do Campanário

    Já pensou em como deve ser ter Veneza aos seus pés? Bem, na Torre do Campanário dá para ter a real dimensão do que seria isso.

    Ao lado da Basílica di San Marco, o Campanile, como dizem os italianos, é o edifício mais alto da cidade. Do alto dos seus 98 metros, a vista que se tem é simplesmente fantástica.

    Mais do que ter uma visão panorâmica de Veneza, contemple a estátua dourada do anjo Gabriel e os cinco sinos que estão no alto da torre.

    Para quem gosta de curiosidade e história, em 1902 a estrutura desmoronou, mas a torre foi reconstruída exatamente como era.

    É uma das atrações turísticas em Veneza, Itália, que não dá para perder. O ingresso custa 8 euros.

    Ponte dos Suspiros

    Veneza Itália ponte dos suspiros
    Fonte: Pixabay

    Se você já está associando a Ponte dos Suspiros à algo romântico, espere um pouquinho, porque a inspiração para este nome não tem nada de romantismo.

    A passagem, construída em estilo barroco, fazia a ligação do Palácio Ducal, onde aconteciam os julgamentos em Veneza, à antiga prisão da cidade.

    Quando condenados à morte, os réus seguiam por este caminho, e da ponte tinham um último suspiro de liberdade (e vida) antes de seguirem seus destinos.

    Praia de Lido

    Lido é o contraste perfeito ao romantismo de uma cidade histórica como Veneza. Na ilha, o astral predominante é típico de um balneário.

    A praia com mar calmo, de poucas ondas e areia fina é um enorme atrativo, tanto que este é um dos destinos mais procurados durante o verão italiano.

    Depois de alguns dias em Veneza, percorrendo canais para chegar aonde se deseja, a rotina em Lido já é de uma cidade normal, com ruas asfaltadas, carros e ônibus circulando. Para chegar lá, basta um trajeto de 10 minutos feito de vaporetto.

    Vale destacar que o lugar recebe todo ano um dos eventos culturais mais importantes da região, o Festival de Cinema de Veneza, no fim de agosto.

    Igreja Santa Maria della Salute

    Veneza Itália igreja santa maria della solute
    Fonte: Pixabay

    No horizonte de Veneza, é possível observar a cúpula da Igreja Santa Maria della Salute, que também está entre os principais templos religiosos locais.

    Muito frequentada pelos fiéis nas missas, ela chama a atenção por sua arquitetura diferenciada. A planta octogonal dispõe de pequenas capelas em cada um dos seus lados.

    Apesar de ter um interior modesto, na igreja os visitantes podem apreciar obras dos pintores Tiziano e Tintoretto.

    A história narra que a construção da Igreja Santa Maria della Salute teve início em 1631, como pagamento a uma promessa pelo fim da Peste Negra, responsável pela morte de mais de 80 mil venezianos.

    Visitar Murano e Burano

    Complete a lista de o que fazer em Veneza, Itália, com passeios às ilhas de Murano e Burano — e prepare o bolso, pois certamente você vai querer uma lembrança de cada lugar.

    Murano é chamada de a “ilha do cristal”, uma vez que a produção dos vidros coloridos é reconhecida internacionalmente.

    Além de conhecer o Museu do Vidro, não faltarão lojinhas com as mais belas peças em cristal à venda. Se for possível, visite os lugares em que o artesão esteja produzindo o item, pois é incrível ver o processo.

    Já Burano também é reconhecida por um trabalho manual, mas o que leva fama à ilha são as produções artesanais em renda.

    Outro marco deste lugar é que as casas são todas coloridas, e o que já era charmoso consegue ficar ainda mais pela mistura de tons.

    Passeio de Gôndolas

    Cruzar os canais de Veneza em uma gôndola, especialmente em uma “viagem” a dois, é o passeio para comprovar a ida a cidade.

    Uma volta de 30 minutos de duração custa cerca de 80 euros, independente do número de pessoas. Ao fim do dia e início da noite, o preço para o passeio sai por volta de 100 euros.

    Para quem pode gastar, não há dúvidas de que será algo inesquecível. Além de admirar Veneza por outro ângulo, dá para conhecer histórias sobre os lugares ou ter uma serenata particular na voz do gondoliere.

    O que fazer em Veneza de graça?

    Veneza Itália de graça
    Fonte: Pixabay

    No seu roteiro Itália, Veneza pode não estar entre os destinos mais baratos, principalmente se visitada no verão.

    Porém, é possível economizar e fazer vários programas gratuitos pelos principais pontos turísticos de Veneza, Itália.

    Já demos a dica de que a Basílica di San Marco é um destes passeios que não cobram ingresso. Da mesma forma, a Igreja Santa Maria della Salute, a Ponte dos Suspiros e a Ponte Rialto podem ser visitadas “na faixa”.

    Ficam mais duas dicas culturais sem cobrança na cidade: o Museu da Música e o Planetário de Veneza, em Lido, também são gratuitos ao público.

    Qual melhor época para ir à Veneza?

    Vai viajar para a cidade de Veneza, Itália? Então, é importante saber qual o melhor momento do ano para conhecer a Sereníssima e aproveitar ao máximo a experiência!

    Um aspecto positivo é que, ao longo de todo o ano, a cidade é bastante acessível e cheia de atrações para entreter os turistas.

    Evidente que durante o verão europeu, entre julho e setembro, o movimento de turistas é maior, todos em busca de aproveitar os dias mais longos. Consequentemente, os preços também crescem.

    Escolhendo viajar na primavera ou no outono, dá para economizar valores significativos, já que estes são os períodos considerados de baixa temporada.

    Aqueles que desejam viver uma experiência inusitada podem viajar entre novembro e abril, período em que acontece a “acqua alta”, ou a inundação de alguns pontos. Mas a administração pública trata de minimizar os efeitos para manter o turismo ativo na cidade.

    Viaje para a Itália com seguro viagem

    Seguro Viagem: Europa
    AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
    CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 26/dia*
    Affinity 60 Europa Promocional Affinity 60 Europa Promocional Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 800 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

    Se você está terminando a leitura deste post ainda mais apaixonado por Veneza, Itália, temos certeza que este destino deve fazer parte do seu roteiro o quanto antes.

    Por isso, comece logo a planejar uma viagem inesquecível para um dos cartões-postais do “país da bota”. Lembre-se que o seguro viagem é obrigatório e você vai encontrar os melhores preços e coberturas essenciais com o Seguros Promo.

    Quer viajar pela Itália com segurança e pagando pouco? De Promo você pode!


    Leia também:

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente