icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
12 março - 13 minutos de leitura.

O que fazer em Florença na Itália: quando ir e lugares para visitar 

Chris standing up holding his daughter Elva Europa

Igrejas, museus, praças e monumentos históricos são algumas das opções de o que fazer em Florença, na Itália. 

A capital da região da Toscana carrega uma forte ligação com a história e as artes e é considerada o berço do Renascimento italiano.

Considerada um verdadeiro museu a céu aberto, não faltam lugares para conhecer e visitar em Florença.

E quanto mais você explorar os principais pontos turísticos, mais vai querer conhecer esta bela e aconchegante cidade italiana. 

Com tanta opção em um dos cenários mais belos da Itália, fizemos um guia com as principais atrações e dicas para você se programar e montar o melhor roteiro para sua viagem à “terra dos sonhos”.

Contrate seu seguro para a Europa! Não se esqueça que ele é obrigatório para a Itália 😉

O que fazer em Florença na Itália: cultura, história e tradição

Não é exagero dizer que Florença, ou Firenze, como a chama os italianos, respira e inspira história. 

Basta um passeio por suas convidativas ruas ou uma olhada nas igrejas, estátuas e arquitetura para entender que este lugar é único!

Além de ser o berço do Renascimento italiano, a cidade serviu de palco a inspiração para vários artistas, como Michelangelo.

Lá também nasceu Dante Alighieri, autor da Divina Comédia, uma das mais importantes obras da literatura mundial. 

E ao visitar a maior e mais importante cidade da Toscana, fique tranquilo, pois há muito o que fazer em Florença. 

Várias obras, das basílicas às praças e monumentos ao redor da cidade e nos museus contarão parte da história da cultura ocidental.

Mas a cidade apresenta também outros pontos turísticos a serem explorados. Nos restaurantes, você encontrará pratos italianos e regionais que vão te deixar com água na boca. 

Não deixe também de experimentar o gelato, legítimo sorvete italiano famoso no mundo todo — opções não vão faltar para provar essa delícia.

Você também não pode deixar de visitar em Florença os mercados e feiras, onde poderá comprar lembranças dessa viagem inesquecível pela região central da Itália.

Quando ir para Florença?

O que fazer em Florença: quando ir?
Fonte: Pixabay

A beleza que toma conta da cidade de Florença faz deste um destino ideal para ser visitado em qualquer época do ano.

Entretanto, muitas pessoas ficam em dúvida sobre quando ir para Florença. É importante saber que o verão, no meio do ano, costuma ser bem seco, com temperaturas atingindo os 35 graus.

no inverno, o frio é bem intenso, e os termômetros chegam a atingir a casa dos 0 graus. 

Assim, o melhor a fazer é se programar de acordo com as suas preferências — desfrutar do calor europeu ou aproveitar as baixas temperaturas para se esquentar com um bom vinho?

Vale também considerar a visita nas estações intermediárias. Na primavera e no outono, as temperaturas ficam mais agradáveis e chove menos, permitindo que você explore os passeios e lugares inclusos em seu roteiro. 

O que fazer em Florença no inverno

Com o inverno europeu chegando em dezembro, ao contrário do Brasil, a cidade de Florença se transforma principalmente pelo colorido das luzes de Natal.

Essa atmosfera deixa o lugar ainda mais encantador para você passear pelas ruas e admirar os arranjos feitos pelos moradores. 

Algumas feiras também tomam conta das praças, sendo uma opção para comprar presentes.

Mas se você preferir fugir das baixas temperaturas, pode aproveitar para dedicar os dias a visitar os locais fechados, como museus e igrejas. 

Já à noite, conhecer os restaurantes de Florença pode ser uma ótima pedida. Aproveite para degustar os sabores da culinária local e tomar um bom vinho para acompanhar sua refeição. 

O que fazer em Florença no verão

O que fazer em Florença no verão?
Fonte: Pixabay

No verão, as ruas de Florença costumam ficar movimentadas pelo maior número de turistas que escolhem visitar o lugar nesta época do ano. 

Os termômetros costumam marcar 30 graus e a cidade ganha atrativos e atividades ao ar livre.

Uma das possibilidades é conhecer o local por uma outra perspectiva. 

Passear pelo Rio Arno em uma prancha de stand up paddle ou uma bicicleta aquática é uma das atividades que você pode encontrar nesta época do ano.

Aproveite também para pedalar por Florença. A cidade conta com muitas ciclovias, possui ruas em que o trânsito fecha para os carros e os desníveis são poucos. Conheça a cidade se exercitando! 

Nesta época do ano, a capital da Toscana costuma receber festivais, principalmente de música, para animar os turistas e moradores locais.

E como o sol se põe mais tarde, por volta das 20 horas, você poderá aproveitar um bom aperitivo no fim de tarde nos restaurantes e hotéis. 

Encante-se com uma vista panorâmica da cidade, assistindo ao espetáculo do entardecer “de camarote”. 

Quantos dias para conhecer Florença?

Um dos charmes de Florença é o fato das principais atrações estarem bem próximas. 

O centro turístico não é muito grande, por isso é possível ir aos principais lugares para visitar em dois ou três dias no máximo. 

Não quer dizer que você deva ficar poucos dias na capital Toscana, certo? Afinal de contas, sempre há novos lugares para conhecer e explorar. 

Se você tiver programado uma viagem para a Itália e quiser conhecer a região em um bate-volta, saiba que também é possível. 

Há muito o que fazer em Florença em 1 dia. Neste caso, priorize as igrejas e monumentos históricos ao redor da cidade.

Com dois ou mais dias, você poderá dividir bem o roteiro e desfrutar de mais de um estilo de programa — pode visitar museus pela manhã, mercados e feiras pela tarde e conhecer um bom restaurante à noite.

Documentação para viajar para Florença

Documentos para viajar para Florença
Fonte: Pixabay

Antes de embarcar na sua viagem para Florença, é bom ficar atento à documentação necessária para aproveitar o passeio. 

Apesar de não ser muito burocrática, a imigração italiana tem algumas pequenas exigências para receber seus visitantes. 

Se o seu passeio pelo país durar até 90 dias, não será necessário a obtenção do seu visto de turista. Caso você planeje um passeio longo, aí sim, terá que dar entrada neste documento. 

Além disso, ao desembarcar na Itália você deverá apresentar passaporte válido, o seguro viagem, que é obrigatório para entrar no país, além de passagem de volta e reserva de hotel.

Procurando hospedagem? Você pode encontrar diversas opções com descontos aqui. Usando o cupom VAIDEPROMO5, você ainda ganha 5% off!

Outra dica importante é levar um chip de viagem internacional. Com ele, você conseguirá acesso à Internet enquanto aproveita seus passeios em Florença, e poderá se comunicar aonde quer que esteja!

Viaje conectado à Internet! Contrate o seu chip de viagem com 10% de desconto. Use o cupom PROMO10 aqui e garanta a sua compra!

A sua vida ficará ainda mais fácil caso você comprove, na chegada, condições financeiras de permanecer no em solo italiano pelo tempo planejado.

Passagens aéreas para Florença, Itália

Para viajar e conhecer as maravilhas de Florença, a rota mais indicada é saindo do Brasil e desembarcando no aeroporto de Peretola, que fica na cidade.

Você encontrará voos saindo de capitais como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. 

E na hora de planejar sua viagem, nada melhor que economizar para aproveitar melhor os passeios, ainda mais com as passagens aéreas estando entre os maiores gastos.

Por isso, uma dica útil para encontrar os melhores preços e descontos é pesquisar aqui no Passagens Promo.

Voos baratos para Florença, na Itália!
Passagens aéreassaindo de
Passagens aéreas até 30% mais baratas Encontre sua promo ⇾

Você poderá comparar os valores e horários oferecidos pelas principais companhias aéreas para chegar até o seu destino.

Cadastre-se no nosso alerta de preços para garantir as melhores promoções e descontos e poupar na hora de viajar.

Seguro Viagem para Florença

Nós já falamos nas dicas sobre a documentação necessária para conhecer Florença, mas não custa lembrar: o seguro viagem é item obrigatório na sua viagem. 

Este item é exigido dos viajantes que circulam por 26 países da Europa e a Itália é um deles, fazendo parte do Tratado de Schengen

Com vários atrativos compondo o que fazer em Florença, você vai querer minimizar as possibilidades de uma dor de cabeça desnecessária, não é mesmo?

Contratando o seguro viagem, você terá cobertura em casos de urgência médica e odontológica, cancelamento e atrasos de voos, extravio de bagagem, acidentes e outros imprevistos.

Por isso, não deixe de procurar no nosso site, Seguros Promo, os planos que poderão te atender, oferecidos pelas melhores seguradoras e com preços que te ajudarão a economizar para a viagem. 

Seguro Viagem: Europa
GTA 67 EUROMAX GTA 67 EUROMAX Assistência médica USD 67.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
Intermac EURO 40 (Exceto EUA) Intermac EURO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*

O que fazer em Florença e arredores

Prepare-se para se apaixonar por Florença! Como um livro de história, a capital apresentará igrejas, museus, monumentos, mercados e arquitetura que contarão sobre o renascimento e a cultura italiana. 

Cheia de encantos e lugares deslumbrantes, preparamos um guia com as melhores atrações. Assim, você poderá montar o seu roteiro para aproveitar o seu passeio em um dos mais belos cenários da Itália.

Mapa dos pontos turísticos de Florença, Itália

É no centro turístico de Florença que se concentram as principais atrações para conhecer na cidade. 

Então aproveite que sua área não é muito grande, economize no carro ou táxi e vá a pé de um lugar a outro, explorando cada cantinho da capital toscana. Veja o mapa que montamos: 

1.Piazza San Giovanni

No coração do centro histórico de Florença, está localizada a Piazza San Giovanni, uma das mais visitadas em toda a Itália. 

Ela também é conhecida por Piazza del Duomo, pois é justamente onde está localizado o Duomo (a Catedral) de Florença.

Este é um ponto privilegiado. Além da Catedral, na praça há o Campanário de Giotto e o Batistério de São João, todos considerados patrimônios mundiais da Unesco. 

Também é na Piazza del Duomo que está localizado o Museo Dell’Opera del Duomo. No espaço, você poderá encontrar obras pertencentes à Catedral e telas pintadas por Donatello. 

Cercada por construções tão importantes, a Piazza San Giovanni se torna cartão-postal e parada obrigatório em uma visita à Florença.

Enquanto você admira estas belas obras, pode aproveitar um dos cafés instalados ao redor da praça, oferecendo os melhores gelatos e expressos da cidade. 

Aproveite o momento para perder de vista essa maravilha no centro de Florença.

2. Piazza della Signoria

O que fazer em Florença: Piazza della Signoria
Fonte: Pixabay

Saindo da Piazza del Duomo e passando pela Via de Calzaiuoli, você chegará a outra importante praça de Firenze: a Piazza della Signoria.

É nela que está localizado o Palazzo Vecchio, a torre mais alta da cidade e onde se instala a Câmara Municipal de Florença. 

No mesmo edifício, está localizado um museu com salões de decoração ricos.

Um deles, o Salão dos Quinhentos, foi construído para receber painéis pintados por Leonardo da Vinci e Michelangelo, trabalho que não foi terminado.

De volta à praça, do lado de fora estão muitas obras e esculturas de valiosa importância

A que recebe maior atenção dos turistas é uma réplica do Davi, de Michelangelo, colocada no local como forma de repúdio ao domínio da família Médici no passado.

As esculturas que compõem o Loggia dei Lanzi, com arquitetura gótica e renascentista, também formam um verdadeiro museu a céu aberto e cativam os visitantes que passam pela Piazza della Signoria.

Está gostando do conteúdo?
Receba as melhores dicas de
viagens no seu e-mail!

Fique tranquilo, não enviamos spam!

E-mail cadastrado com sucesso!
A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

3. Catedral Santa Maria del Fiore

O principal cartão-postal de Florença, a Basílica di Santa Maria del Fiore é uma das igrejas mais importantes do mundo

O Duomo de Florença, ou Catedral de Florença, impressiona a todos com a sua arquitetura gótica. 

A atração levou mais de um século para ser construída e teve a intervenção de importantes arquitetos italianos, como Arnolfo Di Cambio, Brunelleschi e Francesco Talenti.

Sua fachada, feita em mármore colorido, se transforma em um espetáculo, principalmente à luz do sol. 

No interior da Catedral, vitrais que fazem referência ao Velho e ao Novo Testamento chamam a atenção dos turistas. 

O acesso ao interior da Basílica é gratuito, por isso costuma atrair um grande número de viajantes. 

Para ver outras atrações, como o Campanário de Giotto e o Batistério de São João, é preciso adquirir um ingresso por 18 euros. 

4. Basilica di San Lorenzo

O que fazer em Florença: Basilica di San Lorenzo
Fonte: Pxfuel

A Basilica di San Lorenzo poderia passar despercebida diante da imponência e beleza de quem olha para o Duomo de Florença. 

Mas a conservação de sua estrutura original e sua fachada de pedra mostram que ali há muita história a se contar. 

Esta era a igreja privada da família Médici, sobrenome importante na região entre os séculos XV e XVIII, responsáveis por financiarem artistas e grandes obras na cidade.

O interior da Basilica di San Lorenzo foi projetado por Michelangelo e o local tem obras do fim da vida de Donatello. Para visitar o local, você terá que pagar ingresso — que não sairá muito caro.

5. Piazzale Michelangelo

Entre igrejas, museus e prédios de arquitetura histórica, a Piazzale Michelangelo é um refúgio que oferece uma das vistas mais bonitas da cidade de Florença. 

Afastado do centro turístico, o local fica na parte alta da capital da Toscana

Mas a “escapada” até lá é muito válida, com uma vista panorâmica de Firenze, cortada pelo Rio Arno e com todas as suas belezas a serem contempladas. 

Pela localização, muitas pessoas escolhem o lugar como destino final após um dia de visitas para acompanhar o pôr do sol da Piazzale Michelangelo.

Você encontrará restaurantes com um bom cardápio e também mais obra de arte, com outra réplica do Davi, de Michelangelo, instalada no local.

6. Mercado de San Lorenzo

O que fazer em Florença: Mercado de San Lorenzo
Fonte: Pixabay

Entre visitas aos museus, igrejas, praças e todas as outras opções de o que fazer em Florença, você poderá fazer uma parada e garantir uma lembrança da cidade.

Nesse quesito, o Mercado de San Lorenzo é um destino que deve estar na sua lista.

É lá que funciona a maior e mais importante feira da capital toscana e onde você poderá encontrar ótimas opções de souvenirs por um preço interessante. 

Você encontrará artesanatos e uma variedade de produtos feitos em couro, como cintos e carteiras. 

O Mercado de San Lorenzo fica localizado próximo à Basílica di San Lorenzo, portanto, se programe para visitar estas duas atrações logo em sequência para ganhar tempo. 

7. Galleria degli Uffizi

A Galleria degli Uffizi não somente é um dos museus mais famosos da Itália, mas também do mundo inteiro. 

O local é visitado por milhões de turistas o ano todo, que vão atrás de obras assinadas pelos grandes nomes da arte renascentista.

Você encontrará aqui trabalhos feitos por Leonardo da Vinci, Michelangelo, Rafael, Caravaggio e outros artistas geniais.

Entre as obras, sem dúvida as de maior destaque são O Nascimento de Vênus e A Primavera, ambas de Botticelli.

O prédio que tem a Galeria dos Ofícios, tradução para a Uffizi, foi projetado em 1560 pelo arquiteto Giorgio Vasari. 

O museu foi fundado cerca de 20 anos depois e recebeu obras que faziam parte do acervo privado da família Médici.

Como esta é uma das atrações mais visadas de Florença, recomendamos que você compre o ingresso para a visita antecipadamente, evitando filas indesejadas que podem atrasar o seu roteiro italiano

8. Museo Galileo di Firenze

Museu Galileo di Firenze
Fonte: Dage – Looking for Europe, via Flickr

Os apaixonados e curiosos por ciência certamente colocarão o Museo Galileo di Firenze como prioridade no roteiro. Ele está instalado no Palácio Castellani, perto da Ponte Vecchio. 

O museu possui não só as obras de um dos físicos e astrônomos mais importantes da história, mas também um acervo com ferramentas e instrumentos científicos do Renascimento até o século XX.

Entre as cerca de 1300 peças expostas no local, você encontrará mapas, calendários, telescópios, relógios, enfim, uma série de aparatos utilizados no desenvolvimento da ciência. 

No museu, o telescópio utilizado por Galileu Galilei na descoberta dos montes lunares e os satélites de Júpiter, em 1609, além do primeiro barômetro de mercúrio, inventado em 1634, estão entre os objetos de maior valor. 

O local era chamado até 2010 de Museu de História da Ciência, mas passou a homenagear um dos filhos ilustres de Florença após uma reforma estrutural e de seu acervo que durou dois anos.

9. Galleria Dell’Accademia

Não tão grande quanto a Uffizi, a Galleria Dell’Accademia é outro espaço que coleciona obras históricas bastante disputado pelos turistas na cidade de Florença. 

Toda essa procura está ligada à uma das mais imponentes obras renascentistas: o Davi, de Michelangelo.

Apesar de ser possível encontrar duas réplicas pela cidade, é na Accademia que você poderá admirar e se maravilhar com a obra original.

Nos salões deste museu, você encontrará também pinturas e esculturas de cenas religiosas. O passeio completo costuma durar cerca de 1 hora, e como o local não é muito grande, o número de visitantes é limitado.

Evite filas e compre seu ingresso para esta atração antecipadamente. O valor é de 8 euros. 

10. Jardins de Boboli

O que fazer em Florença: Jardins de Boboli
Fonte: Pxhere

Projetado em 1549, os Jardins de Boboli fazem parte do complexo do Palácio de Pitti, que foi residência de três dinastias de Florença, incluindo a família Médici. 

É um dos jardins mais famosos da Itália e conserva os traços do estilo toscano.

Uma espécie de museu a céu aberto, Boboli abriga belas esculturas de mármore, grutas, fontes e um pequeno lago, que fazem deste um dos passeios mais gostosos pela cidade. 

Os Jardins também oferecem uma vista diferenciada da cidade, fazendo valer a visita. Aproveite a estadia para conhecer também o Palácio de Pitti

Você poderá comprar os ingressos para este passeio antecipadamente pela internet. 

O que fazer em Florença de graça?

Muitos turistas que escolhem Florença como destino de viagem costumam achar os gastos um pouco altos, afinal são vários museus e igrejas para conhecer na capital da Toscana.

Mas a cidade também reserva ótimas opções de o que fazer em Florença sem pagar nada. 

Entre os cartões postais ao ar livre, você poderá visitar a Piazzale Michelangelo, localizada na parte alta da cidade, e ter uma vista privilegiada de Firenze. O pôr do sol é o grande atrativo buscado pelos viajantes neste lugar. 

Você poderá também passear pela Ponte Vecchio, construída em 1345 e que foi poupada do bombardeio nazista durante a Segunda Guerra Mundial. 

Ela possui lojas por sua extensão, especialmente de joias, e é ponto de apresentação de artistas de rua.

Como dissemos, Basílica Santa Maria del Fiore, uma das construções mais imponentes de Florença, também pode ser visitada de forma gratuita, assim como a Basilica di San Lorenzo e a Biblioteca Oblate.

O que fazer em Florença à noite?

O que fazer em Florença à noite?
Fonte: Picjumbo

Se você resolveu passar o dia conhecendo as principais atrações turísticas de Florença, reserve também a noite para se divertir. 

Não vá desperdiçar tempo em uma das mais belas cidades do mundo deitado no quarto de hotel. 

O clima é agradável para se caminhar pelas ruas de Florença ao anoitecer, com muitos turistas fazendo essa opção e povoando as ruas. 

As praças costumam ficar movimentadas e você poderá ter uma outra perspectiva de pontos importantes.

Outra dica, principalmente se você está acompanhado, é aproveitar o clima romântico da Ponte Vecchio ao anoitecer. Muitos casais aproveitam para admirar o Rio Arno sob um clima de romance.

Não deixe também de frequentar os restaurantes e se deliciar com a culinária local. Uma excelente pedida é experimentar a tradicional Bistecca alla Fiorentina, acompanhada de um bom vinho.

Você pode também aproveitar o “happy hour” nos bares da cidade, como muitos moradores nativos costumam fazer após um dia de trabalho. 

O que fazer em 3 dias em Florença?

Com muitos programas e pontos turísticos para o que fazer em Florença, você poderá criar roteiros que permitam conhecer a cidade em um único dia, em dois ou até em três dias. 

Para você aproveitar ao máximo a sua viagem, vamos sugerir um roteiro de o que fazer em Florença em três dias.

Reserve o primeiro dia para conhecer aquelas atrações que não podem ficar de fora da sua visita à cidade. Como a maioria delas está localizada no centro turístico, ficará fácil e rápido chegar a esses lugares. 

Visite o Duomo de Florença — a Basílica de Santa Maria del Fiore — e as atrações ao redor da Piazza San Giovanni. Passe pela Ponte Vecchio, os Jardins de Boboli e o Palácio de Pitti, e veja o pôr do sol na Piazzale Michelangelo.

Já no segundo dia, você poderá visitar as galerias, como Uffizi e Accademia; e igrejas para admirar as obras artísticas e arquitetura que remontam ao Renascimento. 

Não deixe de tomar um gelato ou um expresso nos cafés da cidade.

Para o último dia, você poderá fazer um tour pelas feiras e mercados e aproveitar para garantir suas lembranças da cidade. E se faltou algum destino nos primeiros dias, é o momento certo para conhecê-lo. 

Cotação seguro viagem para Florença, Itália

Se as dicas de lugares incríveis para conhecer em Florença e o que você poderá fazer te convenceram a embarcar nessa viagem, é hora de arrumas as malas.

Faça um bom planejamento, compre as passagens e não deixe de fora o seguro viagem, item obrigatório na Europa e que vai te dar tranquilidade caso você tenha algum imprevisto durante o seu passeio.

Vale lembrar que o bom seguro vai te proteger em casos de problemas de saúde, acidentes, cancelamento ou atraso de voo, passagem extraviada, entre outros. 

Pesquise e veja os melhores preços e planos no Seguros Promo, que compara os seguros viagem oferecidos pelas seguradoras mais conceituadas.

Seguro Viagem: Europa
GTA 67 EUROMAX GTA 67 EUROMAX Assistência médica USD 67.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
Intermac EURO 40 (Exceto EUA) Intermac EURO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*

Quer viajar com tranquilidade e segurança para explorar as belezas de Florença? De Promo você pode!

Gostou da Itália? Confira outros destinos europeus:

Veja também


Recomendado para você
Melhor preço garantido
faça uma cotação e confira.
Conecte-se com a gente