icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
09 julho - 9 minutos de leitura.

Seul, Coreia do Sul: informações, mapa e dicas de viagem pela cidade 

Chris standing up holding his daughter Elva Ásia

Seul, Coreia do Sul, é uma cidade que respira o contraste entre o tradicional e o futurismo, misturando sua história milenar ao ritmo agitado de uma das maiores metrópoles do mundo.

Embora não seja tão badalada quanto as vizinhas asiáticas Pequim, Tóquio e Bangkok, a capital sul-coreana não decepciona os viajantes que buscam atrações incríveis, bons hotéis, restaurantes premiados e uma cultura vibrante, no ritmo “Gangnam Style”.

Sustentável e inteligente, a cidade é apaixonante e pode ser o destino ideal para sua próxima viagem, e nós vamos te ajudar a montar um roteiro turístico inesquecível. Veja só!

Confira aqui os seguros de viagem mais indicados e com 15% de desconto neste link!

Seul, Coreia do Sul: história, cultura e diversão!

Se existe uma característica que une as principais capitais asiáticas é a harmonia entre o antigo e o novo, e não é diferente na capital da Coreia do Sul.

A cidade existe há mais de 2.000 anos, mas não ficou parada no tempo. Pelo contrário: é um dos destinos mais tecnológicos do mundo, onde o futuro parece já ter chegado.

Isso é uma excelente notícia para o viajante, que pode conhecer os tesouros milenares da Seul do passado com todo o conforto garantido pela Seul do presente.

Neste artigo, você encontra tudo sobre a capital sul-coreana: onde ficar, melhores restaurantes, atrativos que não podem ficar de fora da sua viagem e muito mais. Vamos lá!

Qual a diferença entre Seul ou Seoul?

Qual diferença entre Seul ou Seoul?
Fonte: Pexels

Basta uma pesquisa na internet sobre a capital da Coreia do Sul para que uma dúvida surja na cabeça do viajante: afinal, o certo é Seul ou Seoul? As duas palavras têm significados diferentes?

A única diferença entre as duas palavras é a grafia. Ou seja, a capital sul-coreana pode ser chamada tanto de Seul, na versão em português, quanto de Seoul, em inglês.

Se você quiser ser fiel ao nome oficial da cidade, 서울, é melhor estar com o coreano em dia, pois a pronúncia também é diferente. 

Quando ir para a Coreia do Sul?

Seul, Coreia do Sul, é uma cidade agradável em qualquer época do ano, mas com características diferentes a depender da estação da viagem.

A alta temporada acontece durante o verão, entre junho e agosto, quando todas as atrações registram longas filas, os hotéis estão lotados e os preços disparam.

Isso não quer dizer, porém, que o verão seja a melhor época para visitar a cidade, pois é, também, o período chuvoso: especialmente em julho, é melhor manter o guarda-chuva sempre por perto.

Para evitar o desconforto e os preços inflacionados da alta temporada, a melhor alternativa é viajar na meia estação: entre abril e maio, durante a primavera, ou de setembro a outubro, no outono.

Nestes períodos a cidade está menos cheia, é mais fácil encontrar diárias econômicas e o clima está bastante agradável.

Se você só pode viajar entre novembro e fevereiro, no inverno sul-coreano, não deixe de se preparar para enfrentar frio intenso, com temperaturas de até -10ºC.

Como ir para a Coreia do Sul?

Como ir para a Coreia do Sul?
Fonte: Pxhere / CC0

Apesar de não existirem voos diretos do Brasil para a cidade de Seul, e vice-versa, é relativamente fácil chegar à capital sul-coreana.

Várias companhias aéreas oferecem o destino com uma ou duas paradas, como Korean Air, Emirates, Ethiopian, Lufthansa, KLM e Turkish Airlines.

Caso você já esteja na Ásia e decida “esticar” até Seul, o deslocamento fica ainda mais fácil: praticamente todos os aeroportos internacionais asiáticos oferecem voos diretos (e baratos) até a cidade.

Quantas horas de voo do Brasil a Coreia do Sul?

A cidade de São Paulo, onde fica o maior aeroporto internacional brasileiro, fica a mais de 18 mil km de distância de Seul, Coreia do Sul, quase metade da circunferência da Terra.

Ou seja, estamos falando de um destino distante: para viajar entre as duas cidades, você gastará, pelo menos, 27 horas de voo!

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Quanto custa uma passagem para a Coreia do Sul?

    A longa distância do Brasil para a Coreia do Sul é um fator que acaba encarecendo as passagens aéreas, e isso tem uma consequência direta para o viajante: é mais difícil encontrar promoções para Seul.

    Em situações muito excepcionais é possível encontrar passagens a partir de R$ 3.000, mas o preço médio das passagens aéreas para a capital sul-coreana, em geral, fica entre R$ 5.600 e R$ 7.000 (preços cotados em abril/2021).

    Para garantir o máximo de economia em passagens aéreas para Seul ou qualquer outro destino internacional, a melhor alternativa para o viajante é fazer a cotação das passagens com o máximo de antecedência possível.

    Você pode utilizar nosso site buscador, Passagens Promo, para simular diferentes datas, horários e rotas de viagem: assim, vai ficar mais fácil encontrar a melhor opção para a sua viagem.

    Não se esqueça de ativar o alerta de preços para receber notificações por e-mail sempre que surgir uma nova promoção para o destino dos seus sonhos.

    Seguro viagem para a Seul, Coreia do Sul

    As passagens aéreas não podem ser sua única preocupação durante o planejamento de viagem para Seul, Coreia do Sul: a sua segurança deve estar sempre em primeiro lugar.

    Por isso, você não pode se esquecer de contratar um bom seguro viagem para a Coréia do Sul!

    Apesar de não ser um item obrigatório para viagens ao país asiático, o seguro viagem pode te proteger nos mais diferentes cenários, garantindo que você curta uma experiência tranquila na Coreia do Sul.

    Visite nosso site de buscas, Seguros Promo, para fazer a cotação do seu seguro viagem online, com total comodidade: você pode comparar até quatro planos de uma só vez, facilitando a busca pela melhor opção para o seu bolso!

    Seguro Viagem: Ásia
    AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 42/dia*

    Mapa de Seul

    A cidade é lar de mais de 25 milhões de pessoas e tem uma das maiores regiões metropolitanas do mundo, estendendo-se à província vizinha de Gyeonggi e à cidade de Incheon. Confira no mapa da Coreia do Sul, Seul!

    O que fazer em Seul

    Uma das maiores metrópoles do mundo, Seul, Coreia do Sul, é um lugar rico em atrações para todos os gostos.

    Cada bairro parece um microcosmos que reúne seus próprios atrativos, possibilitando que o viajante conheça “várias cidades” em uma só.

    Para te ajudar a escolher o que incluir em seu roteiro, destacamos abaixo as atrações mais imperdíveis da capital da Coreia do Sul. Veja só!

    Palácio Gyeongbokgung

    Palácio Gyeongbokgung
    Fonte: Pxhere / CC0

    Vantagens Promo tem as melhores ofertas para você economizar na sua viagem! Encontre cupons e descontos para passagem aérea, hospedagem, e muito mais! Clique aqui e confira.

    Entre todos os lugares para visitar na Coreia do Sul, o Palácio Gyeongbokgung é, provavelmente, o mais icônico. 

    Um dos principais cartões-postais do país, o edifício foi construído no século XIV e é o maior e mais antigo entre os Cinco Grandes Palácios da cidade.

    O palácio, que já foi destruído e restaurado diversas vezes ao longo da história, atrai milhares de visitantes todos os anos: o complexo é impressionante, com vários pavilhões, belos jardins e saletas secretas por todo canto.

    Sungnyemun Gate

    Assim como o Palácio Gyeongbokgung, o Sungnyemun Gate é uma das obras remanescentes do século XIV na capital sul-coreana e uma parada obrigatória na sua visita à cidade.

    Também conhecido como Namdaemun, o pórtico fica a poucos metros da Seoul Station, no centro da cidade, o que gera um contraste interessante (e fotogênico) entre o tradicional e o moderno.

    Bukchon Hanok

    Seul, Coreia do Sul, não tem um centro histórico, como a maior parte das capitais europeias e asiáticas, mas tem um distrito inteiro dedicado à conservação da memória local, Bukchon Hanok.

    Vilarejo mais antigo da capital sul-coreana, a região tem a arquitetura bem-preservada, com várias construções típicas do período dos Três Reinos da Coreia.

    Além disso, como o bairro recebe milhares de turistas todos os dias, a região dispõe de excelente infraestrutura, com cafés e restaurantes charmosos, além de lojinhas de souvenires.

    Templo Jogyesa

    Templo Jogyesa
    Fonte: Parhessiastes / Flickr / CC BY-SA 2.0

    Um dos principais pontos turísticos de Seul, o templo budista Jogyesa é uma atração imperdível para quem deseja conhecer mais sobre a cultura sul-coreana.

    A construção, em estilo tradicional coreano, é o templo mais importante do país, além de ser um verdadeiro presente para os olhos e para a alma, com arquitetura colorida e ambientes que convidam à meditação.

    Mercado de Gwangjang

    O melhor lugar para mergulhar na rica culinária de Seul, Coreia do Sul, é o Mercado de Gwangjang, o mais antigo da cidade, considerado um paraíso gastronômico na capital mundial do K-Pop.

    É possível encontrar de tudo no mercado: tecidos, artesanato, jóias, barraquinhas de comida, vegetais e frutos do mar frescos, bebidas típicas e muito mais.

    Vale a pena reservar ao menos uma tarde para caminhar sem pressa entre os corredores do mercado para conhecer a fundo a cultura da cidade.

    Yongsan Electronics Market

    Procurando onde comprar eletrônicos em Seul? O Yongsan Electronics Market é um lugar que não pode ficar de fora do seu roteiro!

    O mercado é, na verdade, um distrito inteiro dedicado à venda de eletrônicos, com mais de 5.000 lojas especializadas em celulares, computadores, acessórios e gadgets de todo tipo: um paraíso para quem gosta de tecnologia!

    Mesmo que você não tenha interesse em adquirir produtos eletrônicos por precinhos camaradas, vale a pena visitar o Yongsan Electronics Market para conhecer um pouco mais sobre a paixão dos sul-coreanos por tecnologia.

    Seoul N Tower

    Seoul N Tower
    Fonte: Stocksnap / CC0

    Um programa imperdível para quem está viajando a dois é visitar a Seoul N Tower, a Torre de Seul, de onde é possível contemplar a capital sul-coreana por um ponto de vista diferente: do alto, a mais de 236 metros de altura!

    O edifício funciona como torre de TV, mas atrai milhares de visitantes por um motivo bem mais romântico: reza a lenda que os casais que deixam seus “cadeados de amor” no alto da torre terão relacionamentos felizes e duradouros.

    Dongdaemun Design Plaza

    O Dongdaemun Design Plaza é o principal polo comercial de Seul, Coreia do Sul, reunindo centenas de lojas que funcionam quase 24 horas por dia.

    Verdadeiro paraíso das compras na cidade, o Dongdaemun Design Plaza é famoso pelos preços mais econômicos em comparação aos shoppings da região de Gangnam e pelas lojas menos lotadas em relação às de Hongdae.

    Cheonggyecheon

    Depois de conhecer palácios, portões e monumentos históricos, chegou a vez de visitar o lado futurista de uma das capitais mais modernas da Ásia. Para isso, você não pode deixar de visitar a região de Cheonggyecheon.

    O complexo arquitetônico se estende por mais de 10 km, onde o viajante encontra excelente infraestrutura de lazer, com parquinhos, pistas de caminhada, barraquinhas de comidas, lojas charmosas, cafés e shoppings.

    O que fazer quando chegar na Coreia do Sul?

    O que fazer quando chegar na Coréia do Sul?
    Fonte: Tawatchai07 / Freepik

    Ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Incheon, você precisará escolher como chegar ao centro de Seul, Coreia do Sul, pois o aeroporto fica a 56 km da cidade.

    As opções de transporte são diversas: ônibus, táxis, vans e até o Airport Express, um trem moderno que faz o trajeto em 40 minutos. Muitos hotéis, ainda, oferecem serviço de transfer por custo adicional.

    Você poderá usar o seu cartão de crédito para pagar praticamente tudo na cidade, mas não deixe de trocar seus dólares ou euros pelo won sul-coreano em uma das casas de câmbio do centro para não circular por aí sem nenhum dinheiro em espécie.

    Confira outras dicas de Seul!

    Onde se hospedar em Seul?

    A capital sul-coreana é uma grande metrópole, com diversas atrações concentradas nas mais diferentes regiões: é como se existisse uma cidade menor em cada distrito de Seul.

    Ou seja, não importa onde você fique, você estará vivendo uma experiência completamente diferente da que poderia viver no bairro vizinho ou no outro lado da cidade.

    Por isso, é importante procurar conhecer antecipadamente sobre os bairros de Seul e o que esperar de cada região: assim, você poderá escolher a localização mais adequada para o seu estilo de viajante.

    O coração da cidade fica no bairro de Myeongdong, onde estão alguns dos mais famosos hotéis em Seul, Coreia do Sul, enquanto o bairro de Itaewon é o principal polo gastronômico da cidade e o distrito de Gangnam reúne resorts e hotéis de luxo.

    Quem gosta de K-Pop pode curtir os bairros universitários de Sinchon e Hongdae, enquanto as regiões de Namdaemun e Dongdaemun são as mais recomendadas para quem deseja ir às compras.

    Você pode encontrar os melhores hotéis de Seul e qualquer destino do mundo em nosso site de buscas, ElQuarto, que reúne preços exclusivos, opções com cancelamento grátis e pagamento em reais, sem incidência do IOF.

    Restaurantes em Seul, Coreia do Sul

    Menos famosa que as gastronomias chinesa e japonesa, a gastronomia sul-coreana é riquíssima em sabores, texturas e aromas, com opções para todos os gostos.

    Para experimentar o melhor da culinária de Seul, vale a pena incluir o Jayeon Byeolgok em seu roteiro de viagem: o restaurante serve pratos generosos e saborosos a preços justos.

    No mercado Noryangjin é possível comer frutos do mar frescos, enquanto o Pizza Mall pode ser uma boa alternativa para quem não gosta da culinária local, com um extenso cardápio de massas e pizzas.

    Por fim, não deixe de conhecer as barraquinhas de rua espalhadas por toda a cidade, onde é possível comer bem e pagando pouco 24 horas por dia!

    Cotação de seguro viagem para a Seul

    Como deu para perceber, Seul, Coreia do Sul, é uma cidade apaixonante, repleta de atrações para todos os gostos. Para garantir o máximo de tranquilidade para a sua estadia, não se esqueça de contratar um bom seguro viagem.

    Imprevistos não escolhem quando ou onde acontecer, e podem até mesmo arriscar o sucesso da sua viagem.

    Visite nosso site de buscas, Seguros Promo, para comparar ofertas e encontrar a melhor opção para o seu estilo de viajante: assim, você garante cobertura médica, assistência jurídica, seguro bagagem e outras comodidades.

    Seguro Viagem: Ásia
    AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 42/dia*

    Conhecer a Ásia com tranquilidade e economia? De Promo você pode!


    Continue sua leitura!

    Veja também


    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente