icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
28 maio - 10 minutos de leitura.

Turismo de Vacina: países que oferecem imunização Covid 19? 

Chris standing up holding his daughter Elva Dicas de Viagem

Você já ouviu falar sobre turismo de vacina? A principal tendência no mundo das viagens pode possibilitar a imunização contra o Covid 19 em países em que a vacinação é oferecida a estrangeiros, mas requer organização e cautela por parte do viajante.

Afinal, viajar em um período de pandemia exige cuidados extras e pode nem sempre sair barato.

No entanto, aqueles que fazem um bom planejamento e se organizam adequadamente podem se proteger contra o coronavírus e ainda conhecer cenários incríveis, como praias caribenhas e centros urbanos modernos!

Neste artigo você encontra um guia completo sobre essa nova realidade de turismo e os principais destinos que estão atraindo os turistas  em busca de vacinas! Vamos lá!

Cote os melhores seguros de viagem com 15% de desconto neste link!

Turismo de Vacina: em quais países os turistas podem vacinar?

O primeiro semestre de 2021 está marcado na história pelos esforços de países do mundo inteiro para imunizar suas populações contra o temido coronavírus.

Enquanto a vacinação caminha a passos lentos em vários lugares do globo, a campanha está a todo vapor em alguns países, que já começaram, inclusive, a vacinar gratuitamente turistas estrangeiros.

Esse movimento internacional gerou uma situação até então inédita: o chamado turismo de vacina, no qual os viajantes se deslocam a outros países com a finalidade de conseguir a esperada picada no braço contra o Covid 19.

Aos viajantes cabe um planejamento bem executado: além de não ser exatamente uma viagem barata, essa modalidade de turismo estipula exigências e protocolos diferenciados, que variam de destino para destino.

Se você está em busca de um plano alternativo para se imunizar, este é o artigo certo para você! 

Destacamos tudo que você precisa saber sobre essa nova modalidade de turismo: os países que estão vacinando turistas, quais os documentos obrigatórios e outras dicas importantes! Veja só!

O que é o turismo por razões médicas?

O que é o turismo por razões médicas?
Fonte: Freepik

Vantagens Promo tem as melhores ofertas para você economizar na sua viagem! Encontre cupons e descontos para passagem aérea, hotel, aluguel de carro, e muito mais! Clique aqui e confira.

Apesar de o turismo de vacina ser uma novidade no mundo inteiro, o turismo por razões médicas já é um formato de viagem bastante popular há muito tempo.

Neste caso, um indivíduo viaja com a finalidade de desfrutar de tratamentos terapêuticos ou cirúrgicos, bem como qualquer outro motivo relacionado à saúde e ao bem-estar.

No Brasil, a região de Caldas Novas, em Goiás, e o Circuito das Águas, na divisa entre São Paulo e Minas Gerais, são destinos já badalados entre os turistas da saúde.

Essas estâncias hidrominerais e hidrotermais são conhecidas pelas fontes de água com propriedades terapêuticas.

No exterior, potências do setor médico-hospitalar recebem milhões de turistas interessados em tratamentos todos os anos, como Alemanha, Japão, Estados Unidos e Tailândia.

Turismo de Vacina: documentos necessários

As pessoas interessadas no turismo de vacina devem redobrar a atenção na hora de providenciar a documentação necessária para a viagem.

Na maioria dos destinos está suspensa a emissão de novos vistos, o que significa que você só poderá passar pela imigração se tiver o documento emitido previamente.

Alguns países estipulam, ainda, a obrigatoriedade de quarentena logo após o desembarque, com gastos cobertos pelo próprio viajante.

Também podem haver exigências distintas dentro de um mesmo país: quem quer se vacinar na Flórida (EUA) precisa apresentar comprovante de residência, enquanto a exigência não é feita por outros estados norte-americanos, como Texas e Arizona.

Em todo caso, nem pense em embarcar sem o passaporte com validade mínima de seis meses e tenha em mãos os comprovantes de reservas de passagens aéreas, hospedagem e condições financeiras de se manter durante a estadia.

Além disso, é essencial contratar um seguro viagem que ofereça cobertura contra covid: mesmo que você esteja viajando para se vacinar, vale a pena estar devidamente protegido caso você necessite de atendimento médico durante sua viagem.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Seguro viagem é ainda mais importante!

    O seguro viagem é um item importantíssimo para qualquer viajante, não importa o destino ou a finalidade da viagem. No entanto, quando estamos falando de turismo de vacina, contratar um bom seguro viagem é crucial.

    Essas viagens podem ter duração de até 90 dias ou o tempo necessário para aplicação das duas doses necessárias para imunização.

    Nesse período estendido, você pode passar por diversas situações, como problemas de saúde, acidentes, perda de documentos ou imprevistos mais corriqueiros, como extravio de bagagem.

    Ademais, por conta da pandemia, muitas seguradoras têm oferecido cobertura para casos de diagnóstico positivo de covid durante a viagem: essencial em caso de contaminação antes da vacina!

    Vale lembrar que para visitar alguns países, como San Marino e Cuba, o seguro viagem é exigido de todos os turistas.

    Para garantir seu seguro viagem pelo menor preço do mercado, visite nosso site buscador, Seguros Promo: você só precisa digitar o destino e a data da viagem para encontrar as melhores coberturas para sua estadia!

    Seguro Viagem: Seguros Internacionais
    AC 35 MUNDO (Exceto EUA) AC 35 MUNDO (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 16/dia*
    CORIS 30 MUNDO BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 MUNDO BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica USD 30.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 23/dia*

    Quais países vão vacinar turistas?

    Está preocupado com o ritmo da vacinação e quer garantir logo sua imunização enquanto conhece cenários incríveis? Então confira nossa seleção com os países abertos ao turismo de vacina!

    Estados Unidos

    Turismo de Vacina Estados Unidos
    Fonte: Stocksnap / CC0

    Os Estados Unidos estão em ritmo avançado de vacinação, tendo aplicado as duas doses da vacina em mais de 50% da população* (cerca de 130 milhões de pessoas).

    Por isso, o país é líder no turismo de vacina no mundo, atraindo milhares de viajantes de países da América Latina, incluindo o Brasil, e até da Índia.

    Para garantir sua vacina norte-americana, porém, é necessário ficar atento às exigências feitas pelo estado que você pretende visitar.

    Como os Estados Unidos são uma federação, cada estado tem total liberdade para estipular suas próprias exigências para a aplicação da vacina, e nem todos oferecem a imunização a turistas.

    Enquanto Nova York está vacinando turistas nos principais cartões-postais da cidade, a Califórnia só garante a vacinação a estrangeiros com mais de 65 anos de idade. Na Flórida, por sua vez, só pode se vacinar quem é residente no estado.

    As exigências distintas não são o único fator a ser considerado pelo viajante: as regras podem mudar a qualquer momento e atrapalhar todo o seu planejamento de viagem, então mantenha-se em constante atualização até o momento do embarque!

    De qualquer forma, não importa onde você deseja se vacinar nos Estados Unidos, se você estiver saindo do Brasil será necessário passar por uma quarentena obrigatória de 14 dias em outro país, como o Panamá e o México.

    Além disso, você não pode se esquecer de garantir seu seguro viagem Estados Unidos: a terra do Tio Sam é conhecida internacionalmente pelo sistema de saúde caro, que pode render milhares de dólares em dívida no caso de problemas médicos.

     (dados referentes ao dia 26/05/210)

    Cuba

    Referência em tratamentos médicos de ponta, Cuba pretende oferecer vacina contra covid 19 a turistas estrangeiros tão logo o imunizante esteja disponível em quantidade suficiente para tal finalidade.

    A expectativa é que isso aconteça até o segundo semestre de 2021, quando o país espera ter vacinado ao menos metade de sua população de quase 12 milhões de habitantes.

    A ilha caribenha tem duas vacinas próprias em estágio avançado de testes, a Soberana 02 e a Abdala, que devem se tornar as primeiras vacinas latino-americanas disponíveis no mundo.

    Emirados Árabes Unidos

    Turismo de Vacina Emirados Árabes Unidos
    Fonte: Pxhere / CC0

    Os exóticos Emirados Árabes Unidos resolveram aliar os esforços para imunizar toda a sua população à oportunidade de fazer negócios e se firmar de vez no competitivo mercado internacional.

    Oficialmente, o Governo dos Emirados não emitiu nota e não fez publicidade a respeito da vacina para os turistas, como outros países vêm fazendo. 

    Entretanto, brasileiros que foram de férias, ou para intercâmbio no país, tiveram a oportunidade de se vacinar com a vacina produzida pelo laboratório Sinopharm, da China.

    Importante ressaltar que a maioria dos relatos de brasileiros que se vacinaram nos Emirados são de pessoas que estavam no país a trabalho ou fazendo cursos, mesmo os de curta duração. 

    Antes de fazer as malas e seguir rumo a Dubai, certifique-se de que tem os requisitos para ser imunizado no país, além de ter a disponibilidade de ficar à espera da segunda dose. 

    Ilhas Maldivas

    Já imaginou conhecer um dos destinos mais paradisíacos do planeta e, de quebra, garantir a imunização contra o covid 19? Então você vai gostar de saber que as Ilhas Maldivas estão prestes a se abrir ao turismo de vacina!

    O país apostou em uma estratégia chamada 3V: “visit, vaccinate and vacation”, ou seja, “visitar, vacinar e curtir as férias”.

    Cerca de 60% da população do arquipélago já recebeu ao menos uma dose da vacina: assim que o índice chegar a 100%, a imunização será liberada a turistas estrangeiros.

    Uma oportunidade incrível para conhecer um dos destinos turísticos mais badalados do mundo e se proteger contra o coronavírus!

    Israel

    Turismo de Vacina Israel
    Fonte: Pxhere / CC0

    Considerado referência mundial em imunização contra o covid, tendo aplicado a vacina Pfizer-BioNTech em mais de 60% de sua população, Israel é um dos principais países procurados para turismo de vacina no mundo.

    No entanto, ainda não é possível visitar o país com a finalidade de receber a vacina.

    As autoridades israelenses promoveram um fechamento rigoroso de suas fronteiras a turistas estrangeiros.

    Atualmente, o país está se reabrindo para turismo, mas a entrada é permitida exclusivamente a pessoas completamente imunizadas contra o covid 19.

    Ou seja, hoje você só conseguirá entrar em Israel se já estiver vacinado.

    A expectativa é que, à medida que a vacinação avance na população local, os turistas que ainda não se vacinaram possam visitar as atrações turísticas israelenses e finalmente garantir sua imunização.

    Panamá

    Ao lado do México, o Panamá é um dos países recomendados para a quarentena dos viajantes que desejam chegar aos Estados Unidos. O que nem todo mundo sabe é que o país tem seu sistema de imunização aberto a estrangeiros.

    Em outras palavras, é possível que um turista de outro país receba as vacinas contra o coronavírus em território panamenho.

    Para isso, o viajante precisa enfrentar quarentena obrigatória no desembarque, além de apresentar um exame de PCR com resultado negativo feito nas últimas 48 horas e fazer um novo exame na chegada ao país, a US$ 85 (preço em maio/2021).

    Romênia

    Turismo de Vacina Romênia
    Fonte: Pixabay

    A Romênia decidiu aproveitar a campanha de vacinação contra o coronavírus para incentivar o turismo no país.

    Qualquer pessoa, não importa a nacionalidade, pode se vacinar sem a necessidade de marcação de data ou horário.

    O Castelo de Bran, conhecido como Castelo do Drácula e uma das principais atrações turísticas do país, foi escolhido como cenário para o lançamento da campanha.

    Os turistas podem se vacinar no castelo com a vacina da Pfizer-BioNTech, têm acesso liberado ao museu do local e ainda ganham um certificado que comprova a imunização.

    Rússia

    Produtora da vacina Sputnik V, a Rússia é uma das gigantes no turismo de vacina, garantindo o imunizante a qualquer pessoa que tenha interesse, incluindo turistas estrangeiros e pessoas fora dos grupos prioritários.

    Para receber a vacina gratuita basta apresentar um documento oficial de identificação, como o passaporte.

    San Marino

    Turismo de Vacina San Marino
    Fonte: Pixabay

    Até mesmo San Marino entrou na onda do turismo de vacina: o micropaís localizado no interior da Itália está oferecendo a vacina russa Sputnik V a todos os turistas não-italianos.

    Se você quer se vacinar em San Marino, basta reservar sua hospedagem com ao menos uma semana de antecedência e planejar-se para receber a segunda dose entre 21 e 28 dias depois da primeira.

    Passaporte Covid: o que é?

    A partir da popularização do turismo de vacina, vários países se uniram em torno da criação do chamado Passaporte Covid, também conhecido como Certificado Verde Digital, que serve como uma prova de imunização ou atestado de saúde do viajante.

    O documento aponta se o viajante já se vacinou, se testou negativo em exame do tipo PCR recentemente, se já contraiu o coronavírus e outras informações sanitárias que se façam necessárias.

    Dessa forma, os governos dos países podem continuar sua volta progressiva à vida normal, incluindo a reativação do setor de turismo, sem comprometer a luta contra o vírus.

    Quais países adotaram o Passaporte Covid?

    Quais países adotaram o Passaporte Covid?
    Fonte: Www.Slon.Pics / Freepik

    O Passaporte Covid é uma iniciativa da União Europeia, mas a expectativa é de que seja exigido também em países fora do bloco. Outrossim, na Islândia e em Seychelles o documento já é obrigatório para turistas.

    Israel, Reino Unido, Japão, Hong Kong e Estados Unidos estão em negociações avançadas para implementar o mesmo sistema.

    A União Europeia, inclusive, já se manifestou sobre manter seu Passaporte Covid devidamente compatível com as exigências de países de outros continentes interessados em aderir à iniciativa.

    Turismo de Vacina: vale a pena? 

    Sair do Brasil em nome do turismo de vacina é uma decisão pessoal, que demanda um bom planejamento para valer a pena. 

    Os viajantes precisam considerar os custos da viagem, ponderar a duração estimada da estadia e avaliar eventuais implicações ou exigências legais feitas pelo país a ser visitado.

    As barreiras sanitárias impostas por vários países ao redor do globo a viajantes que saem do Brasil podem encarecer a viagem, e você não pode se esquecer de que precisará continuar no país visitado até receber a segunda dose da vacina.

    Isso não significa, porém, que viajar para se vacinar não vale a pena.

    Durante a sua estadia em outro país, você terá a oportunidade de conhecer pontos turísticos, visitar paisagens naturais exuberantes, desfrutar de eventos culturais e outras atividades que ainda não estão liberadas no Brasil.

    Ou seja, a vacina pode até ser um dos objetivos da sua viagem, mas certamente não será o único, o que faz todo o planejamento valer a pena, sim!

    Seguro viagem é sempre a melhor opção para viajar

    Seja para turismo de vacina, turismo gastronômico, turismo de negócios, ecoturismo ou qualquer outra modalidade turística, uma coisa é certa: o seguro viagem é o melhor amigo do viajante!

    Imprevistos não escolhem hora ou lugar para acontecer, especialmente durante uma pandemia como a do coronavírus, e um seguro viagem pode oferecer a proteção que você precisa mesmo nos momentos de maior dificuldade ou incerteza.

    Em nosso site buscador, Seguros Promo, você pode fazer a cotação de seguro viagem barato e completo: basta digitar o destino desejado e incluir as datas da viagem para acessar os planos mais indicados para você.

    Seguro Viagem: Seguros Internacionais
    AC 35 MUNDO (Exceto EUA) AC 35 MUNDO (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 16/dia*
    CORIS 30 MUNDO BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 MUNDO BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica USD 30.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 23/dia*

    Dessa forma, você garante coberturas médica e odontológica, seguro bagagem, assistência jurídica, traslado médico ou funerário, auxílio por cancelamento de voo e outros serviços importantíssimos para a sua viagem.

    Viajar com segurança e economia para garantir a sua vacina contra covid 19? De Promo você pode!


    Continue sua leitura!

    Veja também


    Recomendado para você
    19 fevereiro - 3 min de leitura.
    Viagens para terceira idade: dicas e destinos
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente