icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
08 fevereiro - 8 minutos de leitura.

Visto para o Japão: é obrigatório? Como tirar? Saiba tudo aqui! 

Chris standing up holding his daughter Elva Ásia

Tirar o visto para o Japão é uma etapa fundamental, e muito mais simples do que pode parecer, para os turistas que têm a “terra do sol nascente” como destino.

Só que se você vai viajar para o outro lado do mundo pela primeira vez, é normal ter algumas dúvidas no início ou durante o processo.

Para não deixar que essas questões atrasem a obtenção de visto, vamos te ajudar! Confira este post com as melhores dicas para quem vai solicitar a entrada no país antes de curtir as férias nas cidades do Japão.

Cote seu seguro viagem para a Ásia no Seguros Promo com 15% de desconto!

Visto para o Japão: aprenda como solicitar o seu!

Em busca de motivos para incluir o Japão no seu roteiro de viagens? Temos! Dono de uma cultura milenar, o país preserva as suas tradições, além de presentear os visitantes com belas paisagens, cidades incríveis e monumentos históricos.

Não bastassem todas essas razões, o governo local não impõe grandes barreiras para receber turistas estrangeiros.

Obter o visto japonês não é um processo tão complicado! Pelo contrário, basta reunir os documentos solicitados e dar entrada, sem sequer precisar de entrevista.

Buscamos responder as principais dúvidas sobre como tirar o visto de turista para o Japão, de forma que sua única preocupação seja em como aproveitar ao máximo este país cheio de atrativos, costumes e histórias fantásticas. Venha descobrir com a gente! 

Japão precisa de visto?

Antes de programar a viagem e cruzar o mundo em direção à Ásia, é comum procurar saber se o visto japonês é obrigatório.

Por isso, logo de cara nós já vamos avisando: sim, para viajar para o Japão precisa de visto!

É verdade que alguns países estão isentos dessa obrigação, mas não é o caso do Brasil. Portanto, turistas brasileiros que desejam conhecer ou passear pela nação nipônica deve providenciar o documento de entrada antes do embarque.

Visto para o Japão: onde deve ser solicitado?

Visto para o Japão onde deve ser solicitado
Fonte: Pixabay

Quem está pensando em fazer uma viagem para o Japão deverá retirar o visto de turista, também chamado visto de curta permanência.

A solicitação de entrada no país oriental pode ser feita tanto pela Embaixada do Japão como nos Consulados Japoneses no Brasil.

Se a cidade ou região onde você mora não for próxima a uma dessas duas instituições, há ainda um terceiro caminho. 

O visto pode ser solicitado via correios pelo Centro de Visto Japonês. A alternativa beneficia quem mora em regiões distantes dos consulados, basta apenas pagar pela taxa de serviços cobrada além da taxa consular para o visto.

Quantos dias demora para o visto ficar pronto?

Se você deixou para a última hora e está preocupado com quantos dias demora para sair o visto para o Japão, pode respirar aliviado.

Além de menos burocrático, o processo é bastante rápido. Depois de entregue todos os documentos, a análise dos vistos para turismo levam, em geral, apenas dois dias.

Importante: tenha isso em consideração caso vá até outra cidade para pedir o visto, é só se programar para ficar dois dias no destino e você já poderá voltar para casa com tudo certo. 

Vantagens Promo tem as melhores ofertas para você economizar na sua viagem! Encontre cupons e descontos para passagem aérea, hospedagem, e muito mais! Clique aqui e confira.

Documentos necessários

A documentação solicitada para a obtenção do visto japonês pode variar de acordo com o tipo de visto solicitado.

Como estamos falando dos vistos de curta permanência (turismo), listamos quais os documentos deverão ser apresentados no momento de dar entrada no pedido. É preciso ter:

  • passaporte original, com validade mínima de seis meses;
  • reserva das passagens aéreas já compradas, ida e volta;
  • documento de identificação: Carteira de Identidade (RG) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH), em cópia autenticada;
  • foto em formato 3×4 recente;
  • formulário de solicitação do visto para entrar no Japão, impresso e preenchido;
  • cronograma de viagem, preenchido com a indicação do roteiro e cidades por onde vai viajar, hotéis ou lugares onde vai se hospedar. Se a viagem for a negócios, trânsito, congressos ou de visita a parentes, existem outros modelos, basta consultar o site da Embaixada do Japão;
  • comprovante de renda, incluindo cópia da declaração de Imposto de Renda completa. Caso ache que os seus comprovantes possam ser recusados, é possível indicar um “responsável financeiro” pela viagem, apresentando a comprovação de renda em nome da pessoa.

Com todos os documentos reunidos, é só comparecer ao local onde for solicitar o visto (ou enviar pelos correios) e aguardar o prazo para análise.

Vai viajar para o Japão? Não se esqueça do seguro viagem!

Seguro Viagem: Ásia
AC 35 MUNDO (Exceto EUA) AC 35 MUNDO (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 16/dia*
AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 41/dia*

Depois que estiver com o visto em mãos, continue cuidando para que a viagem ao Japão traga as melhores lembranças possíveis.

Isso inclui a contratação de um seguro viagem. Não é porque este item não é pré-requisito para entrar no país que você vai dar bobeira, certo?

O seguro é a melhor forma de se proteger dos imprevistos que podem surgir no passeio. Uma urgência médica ou odontológica, a perda de documentos, problemas no voo, tudo isso pode fazer parte do seu pacote de coberturas.

Para encontrar o seguro viagem mais indicado para a sua trip, utilize o Seguros Promo

Você pode comparar o serviço de diferentes empresas e ter mais proteção pagando os menores preços do mercado. Acesse a nossa plataforma e confira!

Tipos de visto para o Japão

Quem está com viagem marcada para o Japão vai encontrar três tipos diferentes de visto de turismo que podem ser solicitados.

Cada um deles atende a um planejamento diferente de passeio. Saiba quais são esses vistos e entenda de que forma cada um atende ao viajante.

Visto de entrada única

Visto para o Japão Entrada Única
Fonte: Pixabay

Como o próprio nome sugere, o visto de entrada única permite a entrada no país apenas uma vez.

Ele é indicado para quem vai fazer escala ou planeja uma viagem curta pelo Japão, sem saída para outros destinos próximos, como China, Coréia do Sul ou Tailândia.

A taxa cobrada nesta modalidade de visto é de R$ 107 (consultado em novembro de 2020).

Visto de dupla entrada

Já o visto de entrada dupla permite sair e retornar para o Japão mais uma vez, totalizando duas chegadas ao país. Ele é indicado para os turistas que programam um tour por outros locais na Ásia.

Vamos exemplificar: o Japão pode ser a porta de entrada e primeiro destino da sua viagem, mas o roteiro inclui outros países, até o retorno ao Japão para embarcar de volta.

Depois de deixar o Japão e cumprir seu itinerário, você terá uma segunda entrada permitida antes de voltar ao Brasil (claro, podendo conhecer ainda outros lugares por lá).

Para obter o visto de dupla entrada, o custo é de R$ 214 (valor de novembro de 2020).

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Visto de múltiplas entradas

    O último tipo é o visto de múltiplas entradas e se você compreendeu o anterior, vai ser fácil entender como funciona esta categoria.

    Aqui, depois de chegar ao Japão, você poderá sair e retornar quantas vezes desejar, desde que esteja dentro do prazo de validade para o visto, que é de 90 dias.

    Mas para conseguir este visto, o turista deverá comprovar ter visitado o Japão a turismo nos três anos anteriores.

    A taxa para o visto de múltiplas entradas também é de R$ 214 (valor de novembro de 2020). 

    Como tirar visto de turista para o Japão?

    Visto para o Japão como tirar visto
    Fonte: Pixabay

    Se você já identificou qual das modalidade é mais indicada para a sua viagem, chegou a hora de saber como tirar o visto de turista para o Japão.

    Depois de entrar com a solicitação, reúne todos os documentos e preencha os formulários necessários para a entrega. Com todos eles em dia, basta ir até um dos locais indicados (embaixada ou consulado) ou enviar pelos correios.

    Mas, é bom ter atenção a um detalhe: o visto para o Japão só pode ser solicitado com, no mínimo, três meses para a data da viagem.

    Mesmo que você compra as passagens com ainda mais tempo de antecedência, deverá esperar esse tempo para iniciar o processo, uma vez que a embaixada dá 90 dias para registrar a entrada após a emissão do visto.

    Entregou toda a documentação? Agora é só esperar o prazo para análise e voltar ao local para retirar a autorização de entrada no país.

    Como tirar visto de trabalho?

    Quem estiver de malas prontas para trabalhar no Japão vai passar por um processo parecido para a obtenção de visto.

    Basicamente, as etapas a serem cumpridas na solicitação do visto para trabalhar no Japão são as mesmas de quem aplica pela permissão para turismo. 

    A principal mudança é um novo documento, o certificado de elegibilidade. Ele é emitido pelo governo japonês com a função de atestar que o trabalho a ser exercido por um profissional de fora está em acordo com a Lei de Imigração e as qualificações de permanência no país.

    Além deste documento, quem vai a trabalho deve apresentar o passaporte, formulário de solicitação de visto, documento de identificação e foto 3×4.

    Visto japonês negado: o que fazer nesse caso?

    Calma, se você tiver o visto para o Japão negado não há motivo para se desesperar de imediato. Com um pouquinho de calma e paciência a situação pode ser resolvida.

    A primeira ação que você deve tomar é procurar se informar sobre os motivos para a negativa.

    Pode ter sido algum documento que faltou ou um formulário mal preenchido. Nestes casos, providencie para que o problema seja resolvido e aplique novamente. O mesmo vale se o motivo for a comprovação de renda (procure por novas formas de garantia).

    O mais importante é que você não perde dinheiro solicitando o visto, já que as taxas são pagas apenas se houver aprovação.

    Visto para o Japão: validade

    Visto para o Japão validade
    Fonte: Pixabay

    Guarde na cabeça o número 90: ele representa os prazos de validade mais importantes que você precisa cumprir em relação ao visto.

    Depois de aprovado o visto, os turistas têm até 90 dias para registrar a entrar no país.

    Esse também é o prazo máximo de permanência de estrangeiros com visto no Japão. O turista pode ficar por 90 dias no país até que o documento perca a validade.

    O que é preciso para viajar para o Japão?

    Visto para o Japão o que preciso para viajar
    Fonte: Pixabay

    Antes de embarcar para conhecer as incríveis cidades do Japão, você deve ficar atento aos documentos que são necessários para entrar no país.

    Tão falado até aqui, o visto é um dos itens que não podem faltar, claro! Mas o que mais é cobrado na imigração do país?

    A notícia boa é que se você teve o visto aprovado, basicamente cumpriu todas as exigências para fazer a sua viagem. Com a permissão de entrada no país e o passaporte, é só entrar no avião e curtir as longas horas de voo até o outro lado do mundo.

    É que a documentação necessária acaba sendo a mesma para a obtenção do visto, e ela acaba sendo verificada durante o processo.

    Nem o Certificado Internacional de Vacinação (CIV) nem o seguro viagem são obrigatórios. Porém, a gente sempre reforça a importância deste item em qualquer situação que envolva ir para outro país, por isso não vai pecar pela omissão, hein… 

    Quantos dias ficar no país?

    A duração de um roteiro pelo Japão é uma decisão muito pessoal e vai depender dos objetivos e do orçamento de cada pessoa.

    Não faltam cidades e pontos turísticos que despertem o interesse dos turistas que voam para o outro lado do mundo.

    Tóquio, a capital do Japão, é, obviamente, o destino mais desejado e conhecido. Lugares como o Palácio Imperial, templos e santuários e o caráter cosmopolita despertam o fascínio dos viajantes.

    Mas existem outras cidades muito interessantes para ver: Osaka, Hiroshima e Yokohama são alguns dos outros lugares que merecem atenção.

    Está na dúvida? Então separe ao menos uma semana para aproveitar bem a capital japonesa e outros municípios ao redor. 

    Visto aprovado? Viaje em segurança!

    Seguro Viagem: Ásia
    AC 35 MUNDO (Exceto EUA) AC 35 MUNDO (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 16/dia*
    AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 41/dia*

    Agora você já sabe o passo a passo para conseguir o seu visto para o Japão e ficar um passo mais próximo da viagem.

    Depois de tudo resolvido com a embaixada, certifique-se de garantir a melhor proteção para o seu passeio. Acesse o Seguros Promo e encontre o seguro viagem certo para você pagando a partir de R$ 10 por dia. 

    Conheça as belezas do Japão com mais segurança e pagando menos. De Promo você pode!


    Leia também:

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente