icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
26 novembro - 8 minutos de leitura.

Capital da Bolívia: Sucre e La Paz, conheça melhor cada uma delas! 

Chris standing up holding his daughter Elva América do Sul

Você sabe qual é a capital da Bolívia? Provavelmente você respondeu La Paz ou, quem sabe, Sucre, mas não se preocupe: as duas respostas estão corretas e podem te levar a destinos incríveis.

É isso mesmo que você leu: tanto Sucre quanto La Paz são consideradas capitais bolivianas, cada uma com suas características, e vamos te explicar tudo neste artigo!

Pertinho do Brasil, muita gente não considera a Bolívia como destino turístico, mas isso pode ser um grande desperdício! Nosso país vizinho tem um grande número de atrações turísticas e belezas naturais esperando pela sua visita. Confira!

Não viagem se seguro viagem! Faça sua cotação no Seguros Promo e aproveite nosso cupom de 15% de desconto.

Capital da Bolívia: Sucre ou La Paz? 

Muitas pessoas passam a vida inteira certas de que a capital boliviana é La Paz e se surpreendem ao ouvir falar sobre Sucre. Afinal, qual a verdadeira capital da Bolívia?

Sucre

Em meio à região de Chuquisaca, Sucre é a capital oficial da Bolívia por ser a sede do Poder Judiciário do país, enquanto o Legislativo e o Executivo ficam em La Paz. 

Os motivos remetem ao final do século XIX: após a declaração de independência do país, uma violenta guerra civil fez com que a sede do governo fosse transferida de Sucre para La Paz, onde estaria mais segura, e de lá nunca mais saiu.

Essa situação desagrada os habitantes de Sucre, que já até debateram a possibilidade de um referendo para voltar a ser a sede oficial do governo boliviano.

Tombada pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade do Período Republicano, a cidade é conhecida por quatro nomes: Chuquisaca (o nome da província), Charcas, La Plata e Cidade Branca. 

La Paz

Capital da Bolivia la paz
Fonte: Pixabay

A mais de 3.600 metros de altitude, La Paz é considerada a capital federal mais alta do mundo por ser a sede do governo da Bolívia, onde ficam o Palácio Legislativo e o Palácio Quemado, residência oficial do presidente boliviano.

A cidade fica em um ponto estratégico do país, rodeada pelos Andes e pertinho de lugares imperdíveis, como os lagos Titicaca e Tihuanaco, além de ser sede do principal aeroporto do país. 

Ou seja, La Paz é uma parada quase obrigatória para quem visita a Bolívia.

Onde fica a Bolívia

No coração da América do Sul, a Bolívia é um dos únicos países do continente que não têm saída para o mar. 

O país faz divisa com quatro Estados do Brasil (AC, RO, MT e MS), além com o Peru, Chile, Argentina e Paraguai. Ou seja, é um destino ideal para roteiros de mochilão pela América do Sul, já que está pertinho de vários lugares interessantes!

Para chegar até lá os brasileiros podem optar por avião, trem (entre as cidades de Quijarro e Santa Cruz) ou carro, a partir de Corumbá (MS).

Qual a área territorial da Bolívia?

A Bolívia tem, ao todo, cerca de 1 milhão de km², o que significa que é ligeiramente maior que o estado do Mato Grosso, na região Centro-Oeste do Brasil.

Apesar do tamanho modesto, o país tem um relevo bastante diversificado, incluindo Cordilheira dos Andes, trechos de floresta amazônica e do deserto do Atacama. 

Mapa da Bolívia

O território boliviano é bastante diverso em vários aspectos: cultura, gastronomia, relevo, vegetação e muito mais. Confira o mapa da Bolívia!

Documentos necessários para entrar na Capital da Bolívia

Para conhecer a capital da Bolívia, seja La Paz ou Sucre, o viajante brasileiro não precisa de visto nem passaporte, desde que a viagem tenha duração máxima de 30 dias.

A carteira de identidade brasileira (RG) é válida como documento de identificação na Bolívia. Para isso, basta que o documento tenha menos de 10 anos desde a data de emissão.

As autoridades bolivianas exigem, ainda, o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia atestando a imunização contra febre amarela. A vacina deve ter sido aplicada com, no mínimo, dez dias de antecedência.

Garanta um seguro viagem com desconto

Seguro Viagem: Europa
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
AC 60 EUROPA AC 60 EUROPA Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 20/dia*

Para evitar problemas, a melhor alternativa é contratar um seguro viagem, que oferece uma série de serviços e coberturas ao viajante, incluindo seguro bagagem e auxílio por perda ou extravio de documentos no exterior.

Item essencial na mala de qualquer viajante, o seguro viagem mais barato está no Seguros Promo: o melhor comparador do Brasil permite a análise de até quatro planos por vez, facilitando a tarefa de encontrar o melhor preço!

Assim, você poderá curtir Laz Paz e Sucre sem se preocupar com imprevistos ou situações inesperadas.

O que fazer na Capital da Bolívia: Sucre?

Capital da Bolivia o que fazer sucre
Fonte: Pixabay

Oficialmente capital da Bolívia, Sucre é uma cidade que surpreende pelo seu bem-preservado centro histórico, listado como Patrimônio Mundial pela Unesco!

Com a maior parte de seus edifícios pintados em tons de branco, Sucre é chamada carinhosamente de Cidade Branca e é considerada referência em paleontologia.

Confira o que fazer em Sucre, capital da Bolívia!

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Plaza 25 de Mayo

    Principal praça da cidade, a Plaza 25 de Mayo é o mais importante marco de referência em Sucre, pois está no coração do Centro Histórico e pertinho de outras atrações turísticas da cidade, como a Casa da Liberdade e a Catedral Metropolitana.

    Além disso, a praça é um endereço coringa para quem busca um estabelecimento para matar a fome, pois reúne diversos bares e restaurantes em seus arredores.

    A Prefeitura de Sucre fica na Plaza 25 de Mayo, em um edifício construído no século XVI, com forte influência arquitetônica da Europa.

    O local é frequentado tanto por moradores quanto por turistas, então aproveite para relaxar e contemple as crianças brincando no local e as apresentações de artistas ao vivo enquanto estiver por lá!

    A Plaza 25 de Mayo recebeu este nome porque foi ali, em 1809, que se reuniu o primeiro movimento popular pela independência boliviana.

    Catedral Metropolitana

    Um dos mais icônicos edifícios da Plaza 25 de Mayo, a Catedral Metropolitana foi construída em estilo barroco, com uma torre que oferece vista panorâmica de toda a cidade.

    Nas dependências da catedral funciona o Museo de la Catedral e a Capela da Virgem de Guadalupe.

    É possível subir até o topo da torre para ver Sucre em 360 graus com um ingresso no valor de 30 bolivianos, o equivalente a R$ 24.

    Casa de la Libertad

    Capital da Bolivia casa de la liberdad
    Fonte: Wikipedia foto de I, Anakin

    Museu mais importante de Sucre, uma das capitais da Bolívia, a Casa de la Libertad é o local em que ocorreu a Proclamação da República da Bolívia, onde Simón Bolívar escreveu a primeira Constituição boliviana.

    Hoje a Casa de la Libertad, ou Casa da Liberdade, reúne em seu acervo documentos, imagens e objetos que contam a história do país, como quadros dos antigos presidentes e as primeiras bandeiras bolivianas.

    É possível fazer visitas guiadas em espanhol ou inglês, e a entrada custa 15 bolivianos (cerca de R$ 12). O museu fica aberto todos os dias, com exceção de segundas-feiras.

    Mercado Central de Sucre

    O Mercado Central de Sucre é o típico mercado central, tanto pelo lado bom quanto pelo lado ruim: você encontra por lá desde muito tumulto e carnes expostas sem nenhum tipo de proteção até vegetais orgânicos e frutas frescas.

    O local mostra bem a cara popular de Sucre, e se você gosta de visitar os mercados das cidades que visita não vai se arrepender!

    Aproveite a visita para experimentar a tradicional salteña, um tipo de empanada boliviana, e tomar um suco feito na hora em um dos quiosques!

    Parque Cretáceo

    Capital da Bolivia parque cretacio
    Fonte: Pixabay

    Você sabia que Sucre é um grande centro de referência em paleontologia e tem até o seu próprio Parque dos Dinossauros? 

    O Parque Cretáceo conta a história natural do planeta, desde o surgimento dos primeiros seres vivos

    O que fazer em La Paz?

    Uma das cidades mais altas de todo o planeta e maior cidade da Bolívia, La Paz é uma cidade que transita com facilidade entre o tradicional e o moderno.

    Apesar de ser uma metrópole com pouco mais de 2 milhões de habitantes, a cidade concentra a maior parte de suas atrações turísticas em um compacto centro.

    Além dos pontos turísticos locais, como a Igreja de São Francisco e o Mercado das Bruxas, La Paz serve como base para viajantes que desejam conhecer atrações em seus arredores, como o Valle de La Luna e a montanha Chacaltaya.

    A cidade também fica pertinho dos lagos Titicaca e Tihuanaco, famosos por sua exuberância, com águas azuis contrastando com o verde das montanhas.

    Confira o que fazer em La Paz, capital da Bolívia!

    Praça Murillo

    Capital da Bolivia praça murillo
    Fonte: Pixabay

    A Praça Murillo é o equivalente boliviano à Praça dos Três Poderes, em Brasília, ou seja, é o endereço da sede do governo do país.

    Nos arredores da Plaza Murillo ficam o Palácio Presidencial e a Catedral de La Paz, bem como o imponente edifício do Congresso, em estilo neoclássico.

    É possível fazer visitação guiada pelo interior do prédio do Congresso para conhecer a história política boliviana.

    Igreja de São Francisco

    A Igreja e Convento de São Francisco é o edifício religioso mais popular de La Paz, localizada na Praça de São Francisco, pertinho da principal avenida da cidade.

    A igreja foi erguida em meados do século XVII, no mesmo lugar em que existia uma capela datada dos tempos de fundação de La Paz.

    A construção conta com ornamentos de influências europeias e andinas, o que a torna um dos mais importantes edifícios religiosos da América do Sul.

    Mercado das Bruxas

    Capital da Bolivia mercado das bruxas
    Fonte: Wikipedia foto de Dan Lundberg

    Se você seguir a Calle Sagarnaga, no centro de La Paz, chegará ao famoso Mercado das Bruxas, um imenso complexo comercial espalhado por diversas ruas do centro da cidade.

    Antes um mercado dedicado a venda de produtos que poderiam ser oferecidos à deusa andina Pachamama, o Mercado das Bruxas se tornou uma espécie de Mercado Central, onde se encontra de tudo, desde artesanatos até roupas.

    O grande destaque, porém, continua sendo os produtos esotéricos, como ervas medicinais, amuletos e produtos que podem ser utilizados em feitiços.

    Os mirantes de La Paz

    Uma das cidades mais altas do mundo, La Paz fica em um vale localizado a mais de 3.600 metros de altura. A boa notícia é que você encontrará diversos mirantes por todas as regiões que oferecem vista privilegiada da cidade.

    A forma mais fácil de chegar até eles é de Uber, bastante eficiente para visitar as regiões mais distantes do centro. 

    Se você prefere caminhar, o mirante mais próximo do centro é o Killi Killi, mas prepare-se para enfrentar um quilômetro de subida íngreme! Outra opção de fácil acesso é o Laikakota, que fica dentro do Parque Urbano Central.

    Na região sul de La Paz, a melhor opção de mirantes fica no parque El Montículo, com vista de 180 graus para a cidade, incluindo o Illimani, um vulcão extinto nos arredores da cidade, com pico a mais de 6.400 metros acima do nível do mar.

    O melhor horário para contemplar o Illimani a partir do El Montículo é no fim da tarde, quando o pôr do sol ilumina o pico nevado com cores douradas!

    Não deixe de comprar seguro viagem para Bolívia 

    Seguro Viagem: Europa
    Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
    AC 60 EUROPA AC 60 EUROPA Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 20/dia*

    Como já deu pra perceber, não faltam atrações turísticas e passeios imperdíveis na capital da Bolívia, não importa se estamos falando de Sucre ou La Paz. 

    No entanto, imprevistos e acidentes não escolhem dia nem lugar para acontecer, e podem até mesmo colocar o sucesso das suas férias em risco.

    Imagine só passar mal por conta da altitude elevada em La Paz ou comer algo muito exótico em Sucre e precisar de atendimento médico no exterior? Ou ter sua bagagem extraviada logo no desembarque?

    Por essas e outras, a melhor maneira de curtir a sua viagem plenamente é com um seguro viagem para a Bolívia: dessa forma, o viajante tem a cobertura e proteção que precisa, na hora de mais urgência.

    Você pode fazer a cotação de seguro viagem Bolívia barato com quem mais entende do assunto, o Seguros Promo, que permite a comparação simultânea de até quatro planos de uma só vez!

    Explorar a América do Sul com segurança? De Promo você pode!


    Leia também:

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente