icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
20 janeiro - 9 minutos de leitura.

Documentação para viajar para o Chile: o que não pode faltar 

Chris standing up holding his daughter Elva América do Sul

Saber sobre toda a documentação para viajar para o Chile é sua primeira preocupação depois de ter escolhido esse país encantador para ser seu próximo roteiro de viagem!

O Chile já se tornou um dos principais destinos de viagem dos brasileiros, mas também atrai vários turistas do mundo inteiro! Quem não quer conhecer a Cordilheira dos Andes ou o Valle Nevado?

Mas antes de fazer as malas e comprar as passagens aéreas, confira aqui nesse artigo, tudo o que você precisa saber sobre os documentos para viajar para o Chile.

Uma das recomendações de documento é o seguro viagem! Um bom plano pode te poupar muita dor de cabeça! Cote com 15% de desconto aqui

Documentação para viajar para o Chile: tudo o que você precisa saber

Mesmo o Brasil e o Chile fazendo parte do MERCOSUL e tendo acordo diplomático, muitos turistas brasileiros ficam em dúvida na hora de viajar para o Chile.

Será que realmente não precisa de visto? E se eu não levar o passaporte? Vou precisar tomar alguma vacina? Existe alguma recomendação quanto aos documentos para viajar para o Chile levando meus filhos pequenos?

O Seguros Promo quer que você viaje com segurança. Por isso, vamos te explicar, tudo sobre a documentação que não pode faltar na sua viagem para o Chile.

Informações gerais sobre o Chile

Documentação para viajar para o Chile: informações gerais
Fonte: Pexels

O país que é envolto pela Cordilheira dos Andes, desperta a atenção dos turistas que chegam nele pelos ares. Das janelinhas do avião, o turista já se apaixona pelo país ao ver aquela cordilheira linda e alta!

A capital do Chile, Santiago, é o coração do país. Ela é a cidade que mais atrai turistas do mundo inteiro, justamente, por causa da Cordilheira e sua beleza.

As geleiras e a Patagônia são regiões muito frias, que ficam no extremo sul do Chile, e também são destinos certos dos turistas que gostam do clima gelado e querem viver momentos únicos nessas regiões.

Ir para o Chile é também encontrar oportunidades ótimas de experimentar vinhos chilenos famosos e outros nem tão conhecidos, mas com sabores extraordinários que vão conquistar todos os tipos de paladares.

E para aproveitar ainda mais sua viagem a este país banhado pelas águas geladas do Oceano Pacífico, preste atenção ao clima no Chile. 

Não erre na hora de fazer as malas e curtir esse país que é pura beleza, cultura e diversão.

Quando viajar para o Chile: melhor época

Decidir qual é a época ideal para viajar para o Chile é mesmo difícil. O país é um dos melhores roteiros de viagem e pontos turísticos na América do Sul em qualquer época do ano.

Quem gosta de curtir a neve ou quer vê-la pela 1ª vez tem que escolher os meses de junho a setembro para embarcar às terras chilenas e lembrar-se de traçar um roteiro de cidades onde há neve.

E quem gosta da combinação sol e calor basta optar pelos meses de dezembro a março. Tanto Santiago quanto Valparaíso são cidades acolhedoras e agradáveis no verão. Você vai adorar o Chile no verão!

E quer saber de uma curiosidade? No Chile, durante o verão, o sol se põe por volta das 21h00. Isso mesmo! Você poderá jantar com a luz do sol ainda alta!

Câmbio: qual a melhor moeda para levar para o Chile?

Documentação para viajar para o Chile: Câmbio e moeda
Fonte: Pixabay

Você somente irá saber que moeda levar quando chegar mais próximo da data da sua viagem para o Chile. 

A princípio, o melhor é levar dólar. Mas dependendo da cotação, o real também pode ser vantajoso.

No Chile, a moeda oficial do país é o peso chileno. Porém, já adiantamos que não compensa trocar dólar ou real pelo peso chileno. A moeda ainda é fraca perante o dólar, o euro e até o real.

O que é necessário para levar para o Chile?

As roupas que vão na mala são fáceis de decidir, não é mesmo? Até porque, basta saber o período que você irá para o Chile para saber se será inverno ou verão, frio ou calor

Mas e os documentos para viagem ao Chile? Você sabe ao certo quais deles devem estar com você da hora de embarcar até a hora de retornar ao Brasil? Continue lendo que vamos te explicar.

Inclusive, vamos adiantar que quando você estiver chegando ao Chile, a Polícia chilena irá te entregar um documento contendo todos os seus dados pessoais e as informações do lugar onde você estará hospedado.

Esse documento você precisa entregar no hotel na hora do chek-in e também na saída e, inclusive, para embarcar de volta ao Brasil. Por isso, cuidado para não perdê-lo. Essencial para sua segurança!

Carteira de Identidade (RG)

Leve o seu RG e de seus acompanhantes e tenha esses documentos em mãos. Às vezes, será necessário apresentá-lo na imigração (o que não é regra) ou nas casas de câmbio, caso você vá trocar reais por pesos chilenos.

Mas lembre-se: o RG precisa estar num bom estado de conservação, com foto recente e data da emissão inferior a 10 anos. Outro detalhe: a CNH não vale como documento para viagem ao Chile.

Passaporte

E se você acha que para viajar para o Chile é necessário passaporte, esqueça essa ideia. 

O Brasil e o Chile têm acordo diplomático e fazem parte do MERCOSUL. Por isso, nós, brasileiros, não precisamos de passaporte para ir ao Chile. 

Você pode até levá-lo na mala para eventuais necessidades, mas o passaporte não será exigido.

Precisa de visto para viajar para o Chile?

Tirar visto para o Chile
Fonte: Pixabay

Para os brasileiros o visto não é obrigatório para entrar no Chile, graças ao acordo diplomático entre os dois países. 

Mas sua viagem de turismo precisa durar, no máximo, 90 dias. Se passar disso, você terá que deixar o país e apresentar mais documentos para viagem ao Chile. 

Para viajar para o Chile precisa de vacina?

Nenhuma vacina é exigida pelo governo chileno para os turistas estrangeiros entrarem no país. 

Mesmo o Brasil tendo sofrido epidemias de dengue, febre amarela e chikungunya, o Chile não exige que as vacinas contra estas doenças sejam tomadas. 

Seguro viagem para o Chile é obrigatório?

Diferentemente de muitos países europeus, o seguro viagem não é obrigatório para o Chile. No entanto, é mais do que recomendável contratar um seguro viagem e ter várias garantias e muita tranquilidade.

Seguro Viagem: América do Sul
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
Affinity 15 Affinity 15 Assistência médica USD 15.000 Bagagem extraviada USD 1.000 (SUPLEMENTAR) R$ 9/dia*
AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 50.000 Bagagem extraviada USD 600 (COMPLEMENTAR) R$ 9/dia*

Até porque, no Chile, o sistema público de saúde não é tão gratuito assim. As consultas médicas e alguns exames precisam ser pagos para serem feitos e não custam barato. Portanto, o seguro viagem é a solução.

Não corra o risco de ter que arcar com despesas médicas sacando dinheiro do seu próprio bolso ou das economias que você guardou. Contrate o seguro viagem e siga tranquilo para o Chile.

Documentação para estudar no Chile

Se para fazer turismo no Chile, o brasileiro não precisa de visto, para estudar ele é obrigatório se o período do curso ultrapassar 3 meses. 

Neste caso, o estudante terá de pedir o visto, pessoalmente, ao Consulado do Chile.  

O visto para estudantes possui validade de um ano e pode ser renovado sem sair do Chile. Depois que o consulado emitir o visto, o estudante terá um prazo de 90 dias para entrar no Chile ingressar nos estudos. 

Veja a documentação necessária para entrar no Chile para estudar:

  • Certidão de nascimento;
  • Carta de aceitação em algum curso ou matrícula efetivada;
  • Comprovação de que o estudante tem boa saúde;
  • Certificado de antecedentes criminais (Brasil);
  • Três fotografias em formato para passaporte;
  • Passaporte que tenha validade durante o período do curso;
  • Dados financeiros que comprovem os meios como os estudos serão custeados. Bolsas de estudo são válidas como comprovação.

Documentação para viajar para o Chile: criança desacompanhada

Documentação para viajar para o Chile: criança desacompanha
Fonte: Pexels

Crianças e adolescentes com menos de 18 anos podem entrar no Chile desacompanhados desde que apresentem a autorização dos pais. 

E mesmo que a criança esteja acompanhada somente pela mãe, é necessário que ela apresente a autorização assinada pelo pai ou vice-versa.

A autorização deve ser feita no cartório, assinada pelos pais, com firma reconhecida em duas vias. Também é importante ressaltar que a criança, bebê ou adolescente precisa apresentar o documento RG para a imigração. Só a certidão de nascimento não é válida para autorizar a entrada no Chile.

Ter organizado com antecedência todos os documentos necessários para viajar para o Chile é fundamental para garantir uma viagem sem transtornos.

O que fazer no Chile: principais cidades para conhecer

Depois de saber toda a documentação necessária para entrar no Chile é hora de conhecer as principais cidades que você poderá visitar durante sua viagem às terras chilenas.

São muitas cidades incríveis por lá e resolvemos listar algumas aqui, nesse artigo, para ajudar você a traçar um belo roteiro pelas cidades chilenas e saber o que fazer no Chile.

Santiago

Santiago
Fonte: Pexels

A capital do Chile é convidativa para passeios a pé. Segura, com muitas ruas planas, árvores, limpa. Os vários parques que há em Santiago tornam a cidade um dos principais pontos de parada.

A Cordilheira dos Andes que emoldura toda a Santiago é uma atração à parte e não há como deixar de se encantar com tanta beleza! Visite o Palácio de La Moneda, onde fica a presidência do Chile.

Outros passeios imperdíveis são o Mercado Central, o Palácio das Armas e a Catedral Metropolitana. 

Todos com suas histórias e costumes que vão fazer do seu passeio um verdadeiro aprendizado repleto de muita beleza!

Você acha que viajar para o Chile custa caro?  Se acha que sim, saiba que isso vai depender do seu tempo de estadia no país e quais roteiros você irá seguir. O fato é que sua viagem será apaixonante!

Valparaíso

Uma cidade portuária, marcada pelos grafites cheios de cores e seus cerros (morros) com as casinhas coloridas que impressionam os turistas! Valparaíso tem arte e cultura pujantes.

Os painéis de grafites são as principais atrações de Valparaíso. Desenhos e riscados lindos e coloridos por todo lado deixam a cidade com um clima descontraído. À noite, bares e restaurantes são movimentados. 

Embora Valparaíso tenha muitas praias bonitas, elas ainda ficam como segunda opção nos roteiros. Os turistas preferem, por exemplo, visitar a Casa de Pablo Neruda, La Sebastiana, que tornou-se museu com várias relíquias.

Viña del Mar

Viña del Mar
Fonte: Pixabay

Charmosa com seu litoral e seus castelos com belíssima arquitetura, Viña del Mar é uma das cidades que ficam bem próximas a Santiago e que enchem os olhos de quem a conhece.

A Praia Reñaca é, sem dúvida, a mais bela de todas as praias de Viña. Desde seu pôr do sol até sua enorme orla, Reñaca é abrigo para leões marinhos. E vê-los por ali é algo fantástico, que marca a memória!

E o Parque Quinta Vergara? Não tem como tirá-lo do seu roteiro em Viña del Mar. Jardins, flores e muita tranquilidade. 

Caminhar por esse parque é uma das atrações que até parece simples, mas é uma verdadeira joia da cidade.

San Pedro de Atacama

Se sua preferência é pelo ecoturismo, vá para San Pedro de Atacama e aproveite cada aventura que essa cidade linda oferece! Embora seja pequena e esteja no meio do deserto do Atacama, vale a pena conhecê-la.

O Valle de La Luna é um dos destinos em San Pedro de Atacama que irá te conquistar. 

Nele você encontra quatro trilhas que podem ser feitas, além de outras opções de atividades esportivas. Você pagará uma taxa para visitar o Valle.

Sabe onde encontrar a lagoa mais salgada do mundo? No Chile e, mais especificamente, em San Pedro de Atacama. É a belíssima Laguna Cejar e nela você irá flutuar e relaxar muito! 

Pucón

Pucón
Fonte: Pexels

Já ouviu falar do Vulcão Villarrica? Ele é a principal atração da cidade de Pucón e vale muito a pena ser visitado por ser uma experiência única e inigualável. O Villarrica fica 2.800 metros de altitude!

Ao chegar a Pucón visite também a Playa Grande, que tem água doce e areia negra. Muito curiosa! 

Em outro pontos da cidade você ainda pode se arriscar nos trekkings, ver lindas cachoeiras e se refrescar nas Termas Geométricas de águas quentes naturais.

Puerto Varas

Ela tem traços alemães em sua arquitetura e abriga lagos, vulcões e florestas. A cidade de Puerto Varas fica na região dos Lagos Andinos e oferece cachoeiras maravilhosas em Saltos de Petrohué.

Em Puerto Varas, você também pode viver a experiência de esquiar no vulcão Osorno, que funciona como uma estação de esqui, ou praticar canoagem, pesca e windsurf no Lago Llanquihue, que se estende por toda cidade.

Dicas de turismo no Chile

Documentação para viajar para o Chile: dicas de turismo
Fonte: Pexels

Com toda documentação para viagem para o Chile organizada, aproveite cada minuto de sua estadia no país e não deixe de curtir as noites chilenas. 

Praticamente em todas as cidades a vida noturna é bem agitada, com vários bares e restaurantes agradáveis!

E fique tranquilo! Se você escolheu ir para o Chile no inverno, principalmente para esquiar na neve, há muitas estações de esqui que alugam roupas próprias para essa prática e você não precisa levá-las.

Outra dica bem legal é aproveitar para saborear a culinária chilena, que é muito saborosa e inusitada! 

Já experimentou cachorro quente com abacate? Pois pode acreditar! No Chile é tradição e muitos turistas adoram!

Ande bastante pelas praças e parques, faça piqueniques e prepare-se para conhecer muito da história do Chile e sua cultura. 

Muitos pontos turísticos trazem memórias da história do país e você vai entender os motivos sobre por que viajar para o Chile.

Cotação seguro viagem para o Chile

Que o Chile é fantástico e sua viagem será inesquecível, nós temos certeza! O país chileno tem muitas atrações turísticas e você irá adorar conhecer cada uma delas! 

E lembre-se de levar toda documentação para viagem para o Chile. Para garantir a tranquilidade total da sua viagem, contrate o seguro viagem e comece fazendo sua cotação aqui no Seguros Promo

Seguro Viagem: América do Sul
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
Affinity 15 Affinity 15 Assistência médica USD 15.000 Bagagem extraviada USD 1.000 (SUPLEMENTAR) R$ 9/dia*
AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 50.000 Bagagem extraviada USD 600 (COMPLEMENTAR) R$ 9/dia*

São vários planos de seguro viagem para você escolher aquele que mais se adequa ao perfil da sua viagem e seguir viagem com segurança e muita tranquilidade. Afinal, de Promo você pode!

Outros posts sobre a América do Sul e suas atrações:

Veja também


Recomendado para você
Melhor preço garantido
faça uma cotação e confira.
Conecte-se com a gente