icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
14 outubro - 12 minutos de leitura.

Istambul: informação, dicas de turismo e principais atrações 

Chris standing up holding his daughter Elva Europa

Istambul — que já foi a capital do Império Romano, Otomano e Bizantino, três dos maiores impérios da história —, surpreendentemente não é a capital da Turquia. 

Mesmo assim, é um dos destinos mais visitados e o mais populoso do país. O motivo? O local é simplesmente a cidade historicamente mais rica do mundo

Quer saber um pouco mais sobre essa história? A gente conta para você!

Aproveite e contrate seu seguro viagem para garantir que sua viagem corra com tranquilidade! Clique aqui!

Istambul: história e religiosidade 

Religiosidade e cultura em Istambul
Fonte: Pexels

Fundada em 667 a.C. por colonos gregos, o local inicialmente carregava o nome de Bizâncio. De 479 a.C à 390 a.C., a cidade foi disputada por Atenas e Esparta, e pertenceu a cada um dos dois domínios em diferentes momentos.

Também fez parte da Macedônia por um breve período, e anos mais tarde, foi considerada um território independente. Após isso, a região viria a se tornar Constantinopla.

A cidade carregou esse nome por anos, em homenagem ao imperador Constantino, e se tornou a capital do Império Romano no ano de 330. Também foi considerada o centro cultural da Grécia Antiga por muito tempo.

Já na época do Império Bizantino, Constantinopla era reconhecida como a cidade mais rica da Europa, e foi por séculos o centro do cristianismo.

O destino foi conquistado pelos turcos no ano de 1453, deixando de ser cristã e se tornando islâmica. E foi só a partir daí que a cidade começou a se transformar no que ela é atualmente. 

O nome “Istambul” foi oficialmente adotado em 1930. Em 1963, a cidade passou a fazer parte da União Europeia, se tornando a única metrópole do mundo a pertencer a dois continentes.

Onde fica Istambul?

Fonte: Pexels

A essa altura, você deve estar se perguntando: em que país fica Istambul

Em 1453, quando a cidade foi conquistada pelos turcos, a região passou a ser considerada território da Turquia — e assim permanece até hoje. 

Mas a parte mais interessante em relação à localização da cidade é que ela é um grande ponto de encontro entre o Ocidente e o Oriente. Além de estar dividida entre Europa e Ásia, o local também é banhado pelo Mar Negro e pelo Mar de Mármara.

Qual a língua que se fala em Istambul?

Qual a língua que se fala em Istambul?

A língua oficial da Turquia é o turco! Mas em regiões mais turísticas, como é o caso do destino, muitos dos locais falam inglês, alemão e até mesmo espanhol para facilitar a comunicação.

Uma curiosidade é que o turco apresenta muitas similaridades com línguas da região sul da Rússia, da Ásia Central e da China, compartilhando semelhanças com os idiomas elaborados nos territórios em que se deram as invasões asiáticas.

Câmbio: qual é a moeda oficial da Turquia?

Fonte: Pxhere

Apesar de fazer parte da União Europeia, a Turquia não adota o euro como moeda oficial, e sim a lira turca

Porém, como é difícil achar casas de câmbio no Brasil que fazem a troca da moeda, a dica é trocar os seus reais por euros ou dólares, e fazer o câmbio para lira turca quando já estiver no país.

Segundo cotações feitas em outubro de 2020, 1 lira turca equivale a aproximadamente a 0,72 real brasileiro — mas certifique-se de fazer a pesquisa antes da sua viagem para verificar se houve variações no valor da moeda.

Documentação necessária para a viagem

Para viagens de até 90 dias, turistas brasileiros não precisam de visto para entrar na cidade. Também não há uma exigência específica de vacina como comprovante de boa saúde.

O que normalmente você vai precisar apresentar para a imigração é:

  • Um passaporte com validade mínima de 6 meses;
  • Passagem de volta;
  • Reserva do seu hotel;
  • Comprovar renda para se manter no país durante a viagem.

Como ir para Istambul?

Para chegar até o país, são oferecidas opções com voos diretos ou conexões, saindo das maiores capitais do Brasil com destino ao Aeroporto Internacional de Ataturk, o maior da cidade turca. 

Por São Paulo, o voo direto feito pela Turkish Airlines tem uma duração média de 12 horas. Caso a origem da viagem seja na Europa ou outras partes da Turquia, também é possível ir para o Aeroporto Sabiha Gökçen, que fica no lado asiático do país.

Se você já estiver no continente europeu, também poderá chegar até o local de trem, saindo de Bucareste (Romênia) ou de Thessaloniki, na Grécia. Trajetos de ônibus também são possíveis, com saídas de países como a Alemanha e Itália, além das cidades gregas.

Voos para Istambul

Aproveite as melhores promoções de passagens aéreas para Istambul
Passagens aéreassaindo de
Latam Brasil GRU São Paulo IST Istambul 05 Jun 15 Jun R$ 3601 Latam Brasil GRU São Paulo IST Istambul 01 Fev 05 Fev R$ 3692 Latam Brasil GRU São Paulo IST Istambul 08 Mar 23 Mar R$ 3692 Latam Brasil GRU São Paulo IST Istambul 30 Out 27 Nov R$ 3763 Latam Brasil GRU São Paulo IST Istambul 04 Jan 08 Jan R$ 3796 Ver mais ofertas

Encontrar voos baratos para destinos internacionais pode ser um verdadeiro desafio, já que eles costumam representar os custos mais altos da viagem. Para aumentar suas chances de localizar as melhores promoções, recomendamos a busca em sites comparadores.

No Passagens Promo, você consegue achar sua passagem aérea para Istambul com rapidez, facilidade e economia! Pesquise pela capital de origem e as datas desejadas, e verifique as opções mais baratas para conhecer a cidade da Turquia.

Seguro viagem para Istambul

Seguro Viagem: Europa
GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*
Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*

O seguro viagem para a Turquia não é obrigatório, mas é extremamente recomendado. O país não oferece assistência médica pública para turistas, e um simples atendimento pode acabar comprometendo o orçamento do passeio.

Por isso, vale a pena contratar o seguro — ele oferece uma série de benefícios, e assim, você já previne qualquer futura dor de cabeça relacionada à sua saúde e à viagem.

Ah, e se você estiver em dúvida se deveria contratar o seguro para a Ásia ou para a Europa, já que a Turquia se divide entre os dois continentes, saiba que o seguro para a Europa basta!

O que fazer em Istambul: principais atrações

Agora que você sabe um pouco mais sobre a cidade e como se preparar para a viagem, é hora de descobrir o que ver e fazer em Istambul.

Você vai se surpreender ao perceber a versatilidade do destino: entre mesquitas, igrejas, palácios, museus, parques e bazares, o local ainda oferece uma agitada vida noturna, acompanhada pelas delícias gastronômicas e danças típicas do país.

Saiba tudo sobre a cidade que é um dos principais focos de turismo na Turquia!

Mapa da cidade de Istambul

E se você ficou curioso em relação à localização do destino, não se preocupe. Montamos esse mapa justamente para te ajudar a elaborar o seu roteiro e otimizar o seu tempo!

Confira onde estão os maiores pontos turísticos de uma das principais cidades da Turquia!

Mesquita Azul

O nome oficial é Sultan Ahmet Camii, mas o local é popularmente conhecido como Mesquita Azul devido aos azulejos no seu interior, que refletem a cor azul.

Inaugurada no ano de 1617, a mesquita, que tem 43 metros de altura, é considerada uma das maiores obras arquitetônicas do mundo islâmico e a maior da Turquia.

A atração recebe turistas todos os dias, exceto nos horários de oração. A entrada é gratuita, mas se atente a alguns detalhes antes de visitar:

  • Para entrar na mesquita, mulheres devem cobrir o cabelo, por isso leve um lenço na bolsa;
  • Shorts, bermudas acima do joelho, saias, decotes e ombros de fora também não são permitidos;
  • É preciso retirar os sapatos antes de entrar mesquita — você pode optar por usar uma meia escura ou ficar descalço durante a visita.

Ayasofya (Santa Sofia)

Fonte: Pixabay

Declarado como Patrimônio Mundial pela a Unesco, a Basílica de Santa Sofia foi reconstruída 3 vezes no mesmo lugar e carrega mais de 1500 anos de história

O local já serviu como igreja e mesquita, e atualmente, é um dos museus mais importantes da cidade. Lá dentro, você vai encontrar diversos tesouros do Império Bizantino.

O museu está aberto todos os dias, exceto no Ramadã e nos dias dos festivais de sacrifício. O horário de funcionamento é de 9 às 17h, mas durante o verão, funciona até as 19h.

Palácio Topkapi

O palácio, que já serviu de residência para vários sultões, atualmente guarda tesouros das luxuosas famílias que já moraram ali.

É possível ver de perto as roupas que eles usavam na época e valiosas porcelanas chinesas e japonesas, além de relíquias sagradas e vários outros tesouros.

O palácio está aberto para visitação todos os dias (exceto às terças) de 9 às 17h, e estende o horário de funcionamento até às 19h durante o verão.

Parque Gülhane

Parque Gülhane
Fonte: Pexels

E se depois de ver tantos palácios e museus você estiver buscando por uma área verde na cidade, o Parque Gülhane é uma ótima opção. O lugar já foi considerado como jardim externo do Palácio Topkapi, pois fica bem do lado da atração.

Se estiver visitando a cidade durante o verão, aproveite para fazer um piquenique no gramado do parque.

Cisterna de Basílica (Yerebatan Sarayi)

Localizada em frente à Basílica de Santa Sofia, a cisterna é a maior entre as centenas de construções subterrâneas da cidade.

Inicialmente construída com o objetivo de fornecer água ao palácio do Imperador Justino, o lugar, datado do século VI, é uma das atrações mais visitadas pelos turistas.

O ponto alto do tour pela cisterna é ver as duas colunas sustentadas por cabeças de medusa, que tem sua origem desconhecida.

Ponte e Torre de Gálata

Torre Gálata
Fonte: Pexels

E quem quiser tirar belas fotos da cidade em um final de tarde, caminhar pela Ponte de Gálata é um passeio imperdível. 

Construída em uma região que já foi o principal porto de Constantinopla, o lugar atualmente fica cheio de turistas e ambulantes. Também é possível encontrar vários bons restaurantes na parte de baixo da ponte.

Aproveite para caminhar até a Torre de Gálata, que já foi considerada o ponto mais alto da cidade. Durante a noite, você vai encontrar um restaurante no topo da torre, com shows de música e dança turca.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de
    viagens no seu e-mail!

    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

    Museus Arqueológicos de Istambul

    Considerado o maior complexo museológico da Turquia, o lugar é composto por três museus: o Museu Arqueológico, o Museu do Quiosque Esmaltado e o Museu de Antiguidades Orientais.

    O Museu Arqueológico é o principal, e conta com um total de 1 milhão de peças em seu acervo — peças essas que fizeram parte dos diversos períodos pela qual a cidade passou.

    O Museu de Antiguidades exibe relíquias do Egito, Anatólia, Mesopotâmia e Arábia, enquanto o Quiosque Esmaltado exibe diversas coleções de cerâmicas e porcelanas.

    Igreja São Salvador em Chora

    Igreja São Salvador em Chora
    Fonte: Pxhere

    Inicialmente construído para ser uma igreja em Constantinopla, o atual Museu Chora é considerado uma das construções mais impressionantes da cidade

    O lugar, que também já foi uma mesquita, abriga inúmeras obras de arte datadas do ano de 1312, e relata as histórias de Maria e Jesus.

    O museu fica aberto para visitação todos os dias (exceto às quartas) de 9 às 17h, e assim como a Basílica de Santa Sofia e o Palácio Topkapi, funciona até mais tarde na época do verão, sendo possível visitá-lo até às 19h.

    Palácio Dolmabahçe

    Construído às margens do Estreito de Bósforo, o Palácio Dolmabahçe também já serviu de moradia para vários sultões. 

    Ao todo são 43 salões e 285 quartos, além do jardim, que em 1938 foi o cenário da morte do fundador da República da Turquia, Atatürk.

    O museu fica aberto para visitação todos os dias (exceto às segundas e quintas), de 9 às 16h.

    Grande Bazar

    Grande Bazar em Istambul
    Fonte: Pexels

    Considerado como um dos maiores bazares cobertos do mundo, o Grande Bazar se estende por cerca de 64 ruas e possui mais de 4000 lojas.

    Ali é possível encontrar roupas, artesanato, comida, tapetes, cerâmicas, tecidos, souvenirs e vários outros produtos típicos da região. 

    Para quem quiser experimentar um pouco da culinária local, o lugar também conta com uma infinidade de cafés e restaurantes.

    Bazar das Especiarias

    O Bazar das Especiarias é menor do que o Grande Bazar, mas não menos importante. Considerado o mais tradicional da cidade, o lugar possui 2 andares e 88 salas.

    Também conhecido como Bazar Egípcio, a atração é uma boa pedida para quem gosta de explorar mais a fundo a cultura local e conhecer de verdade a gastronomia e comidas típicas. 

    Lá, você vai encontrar uma infinidade de temperos, chás, sementes, ervas, frutas secas e doces. Também vale a pena conferir as jóias, os tecidos e os souvenirs.

    O que fazer em Istambul à noite?

    Após ter passado o dia visitando as atrações mais clássicas da cidade da Turquia, você ainda terá uma boa surpresa ao saber que a vida noturna também é muito diversificada e empolgante no destino!

    Na Praça Taksim e no bairro de Ortaköy, a movimentação dura até altas horas da noite. Não faltarão opções de casas noturnas às margens do Estreito de Bósforo — e você não vai precisar se preocupar com o horário de entrada, pois as casas costumam abrir tarde.

    Algumas sugestões de locais para se divertir na noite turca são as casas noturnas Anjelique (uma das mais agitadas da cidade) e a Babylon, que toca vários estilos de música e serve drinks variados.

    Se a ideia é aproveitar uma programação mais típica, que tal jantar em um meyhane? O local é um tipo de taverna tradicional do país, e além de degustar as delícias gastronômicas da Turquia, você poderá conferir apresentações ao vivo de música e dança.

    Sugestão de roteiro em Istambul

    Sugestões de roteiro para Istambul
    Fonte: Pixabay

    E para quem estiver com o tempo corrido, mas ainda assim quiser conhecer a cidade, montamos uma sugestão de roteiro no local para viagens mais curtas.

    Para otimizar o seu tempo, tente chegar à cidade durante a noite. Assim, você já começa o próximo dia conhecendo os pontos turísticos. 

    Baseamos o roteiro turístico na proximidade entre as atrações, mas o itinerário pode ser alterado de acordo com os seus pontos de interesse e com o tempo que você tem na cidade. 

    • Comece sua viagem pela Mesquita Azul. De lá, você pode caminhar até a Basílica de Santa Sofia (são apenas 5 minutos de caminhada);
    • Depois, siga até a Cisterna da Basílica, que fica a 1 minuto de distância;
    • Com mais 12 minutos de caminhada, você chega ao Grande Bazar;
    • E com mais 7 minutos, você também conhece o Bazar das Especiarias.

    Se tiver mais de um dia na cidade, aproveite para conhecer o bairro Karaköy, localizado no distrito de Beyoğlu.

    • Comece sua jornada atravessando a Ponte de Gálata e caminhe até a famosa loja de doces Karakoy Güllüoglu;
    • Caminhando por mais 7 minutos, você chega à Torre de Gálata, localizada em uma região cheia de cafés e restaurantes;
    • Se estiver interessado em algo diferente, faça um tour de barco pelo Estreito de Bósforo;
    • Aproveite a proximidade com o rio para visitar o Palácio Dolmabahçe;
    • Finalize os passeios conhecendo os museus de Istambul.

    Quantos dias são necessários para conhecer Istambul?

    Como você pôde notar em nossa sugestão de itinerário, não é preciso passar tantos dias na cidade para conhecer algumas das principais atrações. Porém, para explorar o destino por completo, o recomendável é passar entre 4 e 5 dias.

    Dessa forma, ainda dá para visitar outros locais turísticos na região, como as Ilhas do Príncipe, que são uma excelente pedida quando o clima em Istambul está mais quente.

    Onde ficar em Istambul?

    Istambul onde ficar
    Fonte: Pixabay

    Na hora de escolher sua hospedagem em Istambul, vale lembrar de uma das informações que mencionamos no começo do artigo: a cidade está situada tanto no continente europeu quanto no asiático, e cada lado tem suas vantagens para estadia.

    Se você passará poucos dias no destino, ficar no lado europeu poderá ser mais vantajoso, já que as atrações turísticas estão por lá.

    Ficar em Sultanahmet pode ser a dica de ouro para a sua viagem, pois ali você fica perto da maioria dos locais mais visitados. Outro ponto positivo é que o bairro possui conexão à outras regiões da cidade por meio dos trams.

    Mais uma opção muito interessante para estadia é Taksim, onde terá acesso a ótimos restaurantes, hotéis em Istambul com bom custo-benefício e boas atrações para curtir à noite. 

    Por outro lado, se o objetivo é economizar, o lado asiático da cidade mostra ser a área certa para isso. Lá, até os estabelecimentos mais requintados possuem preços mais atraentes.

    Se a área será a sua escolha, as regiões de Haydarpaşa, Moda e Kadıköy e a avenida Bağdat Caddesi são ótimos pontos para poupar nos gastos e explorar a cultura turca.

    O que comprar em Istambul?

    Ao conhecer os principais pontos turísticos da cidade, já é possível notar que a oferta dos mais variados tipos de artigos e produtos é rica e vasta na cidade turca — afinal, o comércio e os bazares são partes significativas da construção cultural do país.

    Além do Grande Bazar e do Bazar das Especiarias, que devem fazer parte do seu roteiro, outro lugar que vale a pena explorar é o Cevahir Istanbul, o 2º maior shopping do continente europeu e o 7º maior do mundo. 

    Com mais de 340 lojas, o shopping ainda possui uma ampla área para entretenimento, com boliche e até mesmo uma pequena montanha-russa.

    Não podemos deixar de falar na avenida Istiklal, outro ponto interessantíssimo na cidade. Com 1,5 km de extensão, ela abrange lojas de marcas locais e internacionais, restaurantes, cafés e até casas de câmbio. 

    Se quiser esticar o dia por lá, aproveite para conferir a programação noturna da avenida — à noite, muitos dos bares cedem o espaço para as baladas.

    Cotação seguro viagem Istambul

    Seguro Viagem: Europa
    GTA 75 EUROMAX GTA 75 EUROMAX Assistência médica USD 75.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*
    Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Intermac EUROPROMO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 20/dia*
    TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*

    Você pode estar ainda com uma última dúvida: qual tipo de seguro devo contratar se vou fazer uma viagem passando por vários países europeus e asiáticos? Nesse caso, o seguro viagem internacional é a modalidade certa para atender os diferentes continentes.

    E agora que você já está bem informado sobre todas as possibilidades turísticas da cidade turca, vale a pena enfatizar: o seguro é o item que pode fazer toda a diferença para a sua viagem ser incrível.

    Contrate o seu seguro para Turquia aqui, no Seguros Promo, e tenha todo o suporte possível para imprevistos como atrasos e cancelamentos de voos, extravio de bagagens, urgências médicas e odontológicas e muito mais.

    Faça sua viagem para Istambul com segurança e economia! De Promo você pode!


    Não perca outras dicas interessantes para os seus planejamentos:

    Veja também


    Recomendado para você
    Melhor preço garantido
    faça uma cotação e confira.
    Conecte-se com a gente