icone segurospromo
Cobrimos qualquer oferta!
Garanta o menor preço do mercado
Pesquisar!
23 setembro - 11 minutos de leitura.

Roupa para Safári: como escolher as roupas e dicas de viagem 

Chris standing up holding his daughter Elva África

Saber qual é a melhor roupa para safári é uma informação muito importante se a sua próxima jornada será uma aventura na selva ou na savana.

Escolher quais peças levar pode trazer muitas dúvidas quando trata-se de uma viagem a um país, ou até a um continente, que você nunca visitou. Por isso, separamos dicas imperdíveis para você montar sua mala!

Descubra quais são os melhores tecidos, conheça as peças coringa e fique por dentro até das melhores cores para curtir sua viagem em um dos lugares mais exóticos do mundo: a África!

Viaje para a África com tranquilidade e segurança. Contrate seu seguro viagem na Seguros Promo e aplique seu cupom de desconto de 15%.

Roupa para Safári: o que saber antes de arrumar a mala

Não dá pra pensar em uma viagem à África sem lembrar das listras das zebras ou das manchas das girafas. 

Esses curiosos desenhos e cores servem a um grande propósito: protegem os animais em meio à natureza selvagem da savana africana.

O que pouca gente sabe é que os humanos também podem se aproveitar desse “dress code” natural durante a viagem.

As cores, os tecidos e os modelos de roupas podem ser grandes aliados de qualquer turista, ou grandes inimigos.

Conheça tudo o que você precisa saber para escolher as melhores peças para levar na sua mala rumo à África!

Como fazer um safári na África?

O primeiro passo para fazer um safári é decidir qual será o país escolhido para a aventura.

A África do Sul costuma ser a escolha principal dos viajantes, mas também existem muitas vantagens ao selecionar um destino mais alternativo para a expedição.

Na Tanzânia, por exemplo, poderá encontrar uma ampla variedade de animais, incluindo zebras, hipopótamos e hienas, além dos famosos “big five”: leão, leopardo, elefante e búfalo.

Se quer optar por uma proposta mais inusitada em sua programação, considere escolher a Uganda, onde existe até mesmo um safári dos gorilas, ou a Ruanda, que irá proporcionar uma verdadeira aproximação com esses animais. 

Outras opções interessantes são a Botsuana e a Namíbia. Independente do país escolhido, haverá diversas possibilidades a serem exploradas nos parques locais.

Um ponto de atenção é em relação aos gastos, que podem variar bastante entre cada destino. Para economizar, o destino mais indicado é a Namíbia.

A locomoção também irá interferir nos custos da viagem. Viagens de ônibus ou vans costumam ser as formas de transportes mais usadas, mas também pode-se encontrar trajetos por trem, que oferecem passeios de luxo ou mais rústicos.

Uma outra forma muito proveitosa de transitar pelos países é fazendo um overland tour: uma modalidade em que o grupo de viajantes faz o passeio em um caminhão adaptado, com um motorista e um guia de viagem. 

A maior vantagem do overland tour é a praticidade, já que a alimentação e a hospedagem (em camping ou hotel) também estão inclusas, além do transporte e dos passeios.

Qual a melhor época para fazer um safári?

Roupas para Safari melhor época para visitar
Fonte: Pexels

Em geral, safáris são uma boa pedida em qualquer época do ano. O que define o melhor período do ano para viajar é o tipo de experiência que você quer viver.

Entre os meses de outubro a abril, verão africano, acontece a época chuvosa. Isso significa que você encontrará a vegetação bastante exuberante, além de ser a melhor ocasião para ver filhotes e para apreciar pássaros que migram para a região.

Durante o inverno, entre maio e setembro, o clima fica mais fresco e seco, com menos água disponível: se tornam comuns as cenas de diferentes espécies se aglomerando ao redor de poças de água.

Como a vegetação fica mais fina, por conta da chuva escassa, a observação dos animais é facilitada. Ou seja, é a época mais recomendada para quem quer avistar os “big five”.

Nesse caso, fique atento: durante o dia o clima é ameno, mas durante as manhãs e as noites, os termômetros marcam temperaturas abaixo da marca dos 5ºC.

Quantos dias são necessários para fazer um safári?

A duração do safári depende diretamente do orçamento e do tempo disponível, bem como da vontade do viajante.

Você dificilmente conseguirá conhecer parques famosos, como o Kruger National Park, em menos de três dias. A viagem, porém, pode se estender a até um mês!

Seja detalhista em seu orçamento e nas expectativas que tem para a viagem. A partir daí, poderá definir melhor quanto tempo quer dedicar à essa aventura exótica.

Quais as roupas mais adequadas para levar para um safári?

Roupas para Safari mais adequadas
Fonte: Pexels

O que vestir para um safári? Algumas dicas são o suficiente para você se preparar bem para curtir ao máximo essa experiência na África.

É importante ficar atento aos tecidos escolhidos, acessórios, calçados e até as cores que você usará em sua viagem.

Destacamos uma lista com itens indispensáveis para que você possa desfrutar suas férias sem dor de cabeça. Confira!

1. Roupas na cor bege/ cáqui

Você já deve ter visto fotos ou ilustrações de trajes para safári em tons de bege e cáqui. O que você pode não saber é que existe um motivo para essa escolha de cores.

Peças pretas são contraindicadas, pois absorvem muito calor e podem tornar o forte sol da savana um adversário cruel. Por outro lado, peças brancas também não são recomendadas, pois essa cor se destaca no sol e aumenta a visibilidade para os animais de longe.

A melhor alternativa são as peças nas cores bege e cáqui, que se confundem com o terreno, a vegetação e até o horizonte. 

Assim como os animais usam suas colorações para se proteger ou para caçar, você também pode se camuflar para conseguir observá-los durante um safári!

Se isso já não fosse motivo suficiente, ainda tem mais: tons em bege e cáqui são famosos por não atraírem insetos!

2. Use roupas de algodão

Roupas para safari roupas de algodão
Fonte: Unsplash

A África é, em geral, um continente quente e árido, com altas temperaturas e sol forte. Dessa forma, a melhor maneira de se refrescar é com uma boa escolha de figurino.

Na hora de montar sua mala para um safári, dê preferência para as roupas frescas, de algodão. 

Trata-se de um tecido mais leve, com melhor absorção de suor, e pode facilitar bastante a sua vida no calor africano.

3. Leve roupas leves e quentes

Você já sabe que a África é um lugar quente, mas não pode se esquecer que as noites e as manhãs podem ser bastante frias.

Dependendo da época do ano, a temperatura pode chegar a abaixo de 5ºC, então é importante levar um bom agasalho, além de luvas e cachecol.

Escolha tecidos mais leves e maleáveis, que não ocupam muito espaço na mala: é possível que você não tenha muito espaço para guardar sua bagagem no deslocamento ou durante sua estadia nas reservas.

Vale a pena também levar opções de vestuário para a noite. Pode até ser que você não vá a um evento de gala, mas pode ter a opção de fazer um agradável passeio noturno pela savana.

4. Leve casacos impermeáveis

É bastante comum que as reservas ofereçam capas de chuva ou cobertura para os carros durante o período chuvoso. No entanto, é sempre mais adequado se precaver por conta própria.

Leve pelo menos um casaco impermeável na mala: alguns passeios são feitos à pé, e você pode ser pego de surpresa pela chuva no meio do caminho. 

Se o seu safári vai passar por áreas de vegetação densa, como no caso da observação de gorilas, um casaco pode te proteger (além da chuva) de picadas de insetos e ferimentos com galhos ou arbustos.

Melhor prevenir do que remediar, certo?

5. Use chapéus e bonés

Roupas para Safari chapeus e bones
Fonte: Pexels

Seja no verão ou no inverno, chapéus e bonés podem ser os melhores amigos do viajante 

que explora um safári: eles te protegem do sol escaldante.

No entanto, existe uma dica simples que pode facilitar e muito a sua vida: use chapéus que possam ser amarrados ou presos na sua cabeça.

Safáris são, em geral, feitos a bordo de veículos 4×4, e uma simples rajada de vento pode levar seu boné.

Assim, escolha um modelo de chapéu apropriado para esse tipo de viagem para evitar imprevistos!

6. Leve sapatos apropriados

Se você está pensando em embarcar nessa aventura, esqueça sapatos desconfortáveis e invista em calçados resistentes e ergonômicos.

Lembre-se de que você estará em um ambiente com bastante poeira e terra, então a funcionalidade será mais importante do que a beleza do modelito. 

Se puder, separe um sapato bem confortável apenas para as caminhadas.

É sempre bom estar prevenido, então não se esqueça de levar um modelo mais adequado para eventuais jantares ou visitas a lugares mais sofisticados.

Está gostando do conteúdo?
Receba as melhores dicas de
viagens no seu e-mail!

Fique tranquilo, não enviamos spam!

E-mail cadastrado com sucesso!
A partir de agora, você receberá as melhores dicas de viagem diretamente no seu e-mail.

O que saber antes de fazer um safári?

Roupas para Safari o que saber antes
Fonte: Unsplash

Safáris são experiências incríveis, mas exigem alguns cuidados mesmo dos viajantes mais experientes. 

Esteja com a vacinação em dia e fique atento aos requisitos que podem ser exigidos pelo seu país de destino. 

Algumas localidades exigem a apresentação da Certificação Internacional de Vacinação e Profilaxia dos visitantes. A vantagem é que o documento pode ser emitido gratuitamente, pela internet, no site da Anvisa.

Leve dinheiro em espécie e na moeda local, já que o dólar não é aceito nem mesmo nos estabelecimentos mais frequentados por turistas!

Fazer um safári é perigoso?

Lidar com animais selvagens sempre exige cuidado, ainda mais quando falamos de grandes espécies, como leões, rinocerontes e gorilas. No entanto, safáris são atividades muito seguras.

Os animais só atacam quando se sentem ameaçados, e já estão acostumados com a movimentação turística. Além disso, em seu habitat, eles possuem uma oferta abundante de alimento.

Obedeça às orientações dos guias e você não terá com o que se preocupar. Não faça barulho excessivo e respeite a regra básica do safári: não saia do carro, a não ser quando for autorizado.

Lembre-se de que você é um visitante em um habitat selvagem, portanto, o respeito às normas é imprescindível. 

Onde se hospedar?

Existem diversas opções de hospedagem para quem visita um dos parques nacionais, dentro das reservas, para todo tipo de bolso.

Os viajantes que gostam de conforto podem optar por lodges luxuosos, dos quais é possível avistar elefantes se refrescando em uma piscina particular.

Quem prefere viajar com economia também tem alternativas: existem campings, bangalôs com banheiros comunitários e chalés com até três quartos. 

Procure se informar sobre as opções de hospedagem na região dos parques que você pretende visitar e faça sua escolha!

Escolher safáris que respeitam os animais

Roupas para Safari Escolher safaris que respeitam os animais
Fonte: pexels

A principal regra de qualquer safári deve ser o respeito à fauna e à flora. Isso deve se estender ao momento de escolha do passeio.

Dê preferência a safáris que preservem a vida animal: é possível conhecer os protagonistas da savana com responsabilidade.

Os safáris mais éticos vão se preocupar ao máximo com a liberdade e o bem-estar dos animais.

Observe o horário do safári

Após a escolha do parque e da estadia, é importante atentar-se aos horários em que os passeios acontecem.

Como você já sabe, a temperatura na África varia bastante ao longo do dia. A roupa para safári para sair de manhã cedo não é a mesma indicada para expedições à tarde, quando o sol está a pino.

Casacos, calças e toucas são ideais para o começo do dia, quando o vento está mais gelado. Já shorts e chapéus são mais recomendados para o período da tarde.

Dicas para fazer safári

Agora que você já sabe as melhores dicas sobre roupa para safári, está na hora de cuidar dos preparativos da sua viagem para garantir que tudo saia de acordo com o planejado.

Você estará em um ambiente completamente novo, e precisa ficar atento a alguns detalhes para não sofrer com nenhum imprevisto.

1. Leve dinheiro ou cartões

Os parques nacionais e as reservas têm, em geral, uma excelente infraestrutura para turismo. No entanto, é comum que as maquininhas de cartão não funcionem durante 100% do tempo.

Será muito improvável que você encontre estabelecimentos que aceitem dólares, e não existem caixas eletrônicos espalhados pelos parques.

Dessa forma, leve seus cartões, mas esteja preparado para utilizar dinheiro em espécie, e sempre na moeda local.

2. Esteja preparado para mudança de clima

Roupas para safari mudança de clima
Fonte: Pxhere

O clima africano é quente, mas pode ser bastante instável. Sua caminhada sob um sol escaldante pode facilmente ser interrompido por uma tromba d’água.

Esteja preparado para qualquer mudança de clima. Assim, você não arrisca ter que voltar para casa mais cedo no caso de algum imprevisto.

Lembre-se de que as manhãs e as noites podem ser bastante frias, enquanto as tardes podem ser muito quentes

Escolha vestuário e calçados adequados, e não deixe de levar um agasalho impermeável em sua bagagem.

3. Não é necessário esforço físico

Os parques são imensos e chegam a ter milhões de hectares. Não é necessário, porém, que você tenha um bom preparo físico. 

Ou seja, você não precisa ser um atleta para curtir a experiência de um safári em sua plenitude.

Você passará a maior parte do tempo dentro de um carro, a não ser em situações bastante específicas. 

Alguns passeios permitem que o visitante fique fora dos veículos, em pedras altas ou mirantes para observação dos animais.

4. Contrate um seguro viagem

Seguro Viagem:

Mais importante que sua roupa para safári é a contratação de um seguro viagem para a África.

Apesar de não ser requisito obrigatório para quem visita a África, trata-se de medida recomendada para qualquer viagem, seja ela nacional ou internacional.

Em um safári, você estará em um ambiente inóspito, cercado por animais selvagens, com condições climáticas extremas e bastante diferentes das quais você está acostumado.

Se você seguir todas as recomendações de segurança, deverá estar perfeitamente seguro, mas acidentes e imprevistos podem, mesmo assim, acontecer. Um insolação, mal estar, entre outros.

A melhor forma de se proteger e garantir cobertura em diversos casos, de emergências médicas a extravio de bagagens, é com a contratação de um seguro viagem.

Você pode contratar pacotes nacionais por R$ 3 diários ou um plano internacional por cerca de R$ 10 por dia, dependendo da escolha.

Não hesite para garantir esse sossego: faça cotações em nossa excelente plataforma comparadora, o Seguros Promo, para encontrar a melhor opção para a sua necessidade e o seu bolso!

5. Outros itens importantes

Além do seguro e das roupas adequadas, o que levar para um safári inclui uma série de outros artigos que farão toda a diferença durante a sua jornada na savana africana.

Uma dica para se refrescar e livrar-se de poeiras é levar lenços umedecidos em uma nécessaire. Repelentes e protetores labiais também serão muito úteis para esse tipo de viagem.

Os óculos de sol e o filtro solar é uma combinação que não pode faltar, especialmente em safáris no período da tarde. Luvas finas são interessantes para evitar arranhões.

Por fim, considere também levar um binóculo — você vai querer ver toda a majestade dos animais africanos de perto!

Viaje conectado à Internet! Contrate o seu chip de viagem com 10% de desconto. Use o cupom PROMO10 aqui e garanta a sua compra!

Roupa para Safári: onde usar?

Existem diversos parques e reservas espalhados pela África, esperando pela sua visita, nos mais diversos países: África do Sul, Quênia, Zimbábue, Namíbia, Ruanda, e muito mais.

Certifique-se de escolher um safári ecologicamente responsável e não deixe de seguir todas as orientações de segurança.

Parque Nacional Kruger

Roupas para Safari Kruger Park
Fonte: Unsplash

O Kruger National Park, ou Parque Nacional Kruger, é uma das maiores e mais famosas opções de safári na África do Sul e em todo o continente africano.

Trata-se da maior reserva natural do país, na fronteira com o Moçambique. Você encontrará ofertas de diferentes modalidades de safári, como o self drive, no qual você pode circular pelo parque no seu próprio carro.

O parque é imenso: tem mais de 2 milhões de hectares e várias opções de hotéis e campings.

Por lá, você encontrará os animais mais famosos da savana, como leões, rinocerontes, leopardos e búfalos, bem como zebras, girafas, hienas e muitas outras espécies.

Parque Nacional Chobe

O Parque Nacional Chobe é o principal parque da Botsuana, com aproximadamente 12 mil m², quase na fronteira com o Zimbábue.

O local é famoso pela riquíssima fauna: é considerado um dos parques com maior diversidade biológica, e isso quer dizer que você terá diversas oportunidades de avistar os animais mais fascinantes do continente.

Uma das alternativas de passeio é pela água: você pode curtir um tour em meio a elefantes e hipopótamos, navegando pelas águas do rio Chobe em um barco.

Parque Nacional Masai Mara

No território do Quênia, o Parque Nacional Masai Mara é um dos mais notáveis. Com mais de 1.500 km², o local está situado no Vale do Rift, uma região que abrange do Mar Mediterrâneo à África do Sul.

Por lá, os “big five” são presença confirmada. Um outro evento especial é a migração dos gnus, que acontece em julho e setembro. 

Para garantir que conseguirá ver a maior quantidade possível de animais, separe de 2 a 4 dias no destino.

Cotação seguro viagem

Seguro Viagem:

Anotou tudo o que precisa sobre a melhor roupa para safári na África? Agora, só resta garantir o sossego para a sua viagem.

Faça sua cotação de seguro viagem em nossa plataforma exclusiva, o Seguros Promo, para garantir o melhor plano para a sua necessidade e para o seu bolso. 

Existem pacotes específicos para viajantes que pretendem viver a experiência de um safári, e o custo-benefício é indiscutível.

Quer viver a experiência de um safári com economia e segurança? De Promo você pode!


Leia também:

Veja também


Recomendado para você
Melhor preço garantido
faça uma cotação e confira.
Conecte-se com a gente