Dicas para viagens internacionais: como planejar e cuidados essenciais

Dicas para viagens internacionais: como planejar e cuidados essenciais Dicas de Viagem
29 julho - 14 minutos de leitura.

Precisa de dicas para viagens internacionais? Nosso Brasil tem destinos imperdíveis para todos os gostos. Mas queremos desbravar também outros cantos do mundo, não é mesmo?

Veja estas dicas de viagens internacionais e prepare-se para viver essa experiência fantástica!

Hoje em dia, vendo as facilidades de se viajar para fora do país, com um bom planejamento, é possível voar mais alto e trazer lembranças incríveis desse sonho.

Antes de você embarcar nessa conquista, tenha em mente que passeios no exterior requerem alguns cuidados básicos, principalmente se for sua primeira vez fora do território brasileiro!

Viagens internacionais: como aproveitar cada momento

Dicas para viagens internacionais

Dicas para viagens internacionais

Férias são sempre uma maravilha, e se adicionar uma viagem internacional no pacote, fica mais especial ainda. Imagine, buscar outras culturas e experiências em uma viagem internacional?

Logo que o plano começa, vem uma chuva de ideias. Não tem quem consiga afastar os pensamentos sobre a mala, documentos, o que levar. Ainda que a viagem esteja distante, essas dúvidas são frequentes!

Se você nunca saiu da nação verde e amarela e acha que deve levar tudo por precaução, e quando percebe, já deixou coisa para trás, nós do Seguros Promo queremos ajudar!

Nesse artigo, preparamos várias dicas preciosas para garantir que você aproveite ao máximo sua viagem internacional, sem surpresas negativas! Vamos lá?

Lista de documentos necessários para viagens internacionais

documentos Dicas para viagens internacionais

Fonte: Pexels

Mantenha os documentos organizados. Para começar, as passagens devem estar em locais seguros e em lugar de fácil alcance, caso você precise.

Confira dicas para viagens internacionais, veja abaixo tudo o que você vai precisar para a viagem e descomplique-se!

Passaporte válido

O seu documento de identificação no exterior é o passaporte. Por isso, antes de viajar, certifique-se de que ele está com a validade em dia. Caso contrário, procure uma unidade da Polícia Federal e emita um novo passaporte.

O passaporte agora tem validade para 10 anos e para viajar para outros países, o documento deve estar válido pelos próximos 6 meses a contar do mês da sua viagem.

Em alguns países, como Argentina, Uruguai, Paraguai, Equador, Colômbia, Bolívia, Chile e Peru, os brasileiros também podem apresentar apenas a carteira de identidade (RG).

Durante sua viagem, tenha sempre esses documentos à mão e tome muito cuidado para não perdê-los!

Visto

Ao pensar em documentos, uma das maiores preocupações do viajante é o visto.
Mas tenha calma. Pesquisando bem dá para se planejar e organizar todos os papéis para viajar carimbado e tranquilo!

Os países do Mercosul não exigem visto de turistas brasileiros para permanência de até 90 dias no país de destino.

Em contrapartida, na União Europeia, embora não seja obrigatoriedade o visto para o mesmo período de permanência, podem solicitar comprovação de renda e de saúde para aceitarem a entrada de brasileiros.

Para garantir a sua entrada e permanência no exterior com segurança, informe-se nos respectivos Consulados ou Embaixadas. Verifique se há ou não exigência de visto, quais são os critérios e o procedimento para obter a autorização.

Tudo vai depender do objetivo da sua viagem. Os vistos mais comuns são os de turista e estudante. Se quiser buscar mais informações, veja nosso artigo sobre vistos aqui.

Comprovante internacional de vacina

Outro item que merece atenção são as vacinas. Há países que exigem que o visitante apresente um Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) solicitado junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a ANVISA.

No site, o órgão também disponibiliza a lista das nações em que o documento é obrigatório. Para saber se o seu destino internacional faz essa exigência ou quais vacinas recomendadas, acesse o site da ANVISA.

É possível obter o certificado internacional de vacinação pela internet. Para saber sobre o passo a passo desse processo, vá ao portal de Saúde e vigilância sanitária.

Seguro viagem

Afinal, o que é seguro viagem? O seguro viagem não é elemento supérfluo para viajar. Ele é uma ferramenta indispensável para nos proteger contra imprevistos que podem pesar no bolso e até atrapalhar o sucesso do passeio.

Contratando o seguro, despesas altas com atendimento médico ou odontológico e ajuda em casos de acidente e outros imprevistos ficarão por conta da seguradora, possibilitando que você prossiga seu passeio sem dores de cabeça!

No continente europeu, por exemplo, o seguro é obrigatório em quase todos os países, estes, signatários do Acordo de Schengen.

A contratação do seguro é importante, independente da exigência, pois por um preço muito em conta, às vezes mais barato que o valor de uma consulta, podemos viajar seguros e livres de gastos inesperados. Falaremos mais sobre isso adiante.

Seguro Viagem: Europa
GTA 60 EUROMAX GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 23/dia*
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*

Comprovante de hospedagem

Os documentos de comprovação de hospedagem são solicitados pelos agentes de imigração de muitos países do exterior.

Eles podem ser as reservas do hotel (do dia da chegada ao de partida) ou a carta convite de quem irá recepcioná-lo no país de destino, se for este o caso.

Se durante a viagem os seus planos mudarem, você poderá fazer o cancelamento da reserva em questão e prosseguir com o passeio. Após ter passado pela imigração, você estará liberado para montar um novo roteiro.

No blog Vida cigana, o Carlos, parceiro do Seguros Promo, fala sobre estas exigências e seus pormenores no caso de viagens à União Europeia. Veja aqui!

Comprovante financeiro

Muitos países vão querer se certificar de que o turista está chegando ao país para passear mesmo, com dinheiro para movimentar a economia local. Sendo este o objetivo, não haverá problema para entrar!

Em viagem à Europa, por exemplo, o agente imigratório poderá solicitar a comprovação de renda, garantindo que você tem condições financeiras para se manter durante a estadia pelo continente.

Para tanto, você poderá expor extratos da sua conta bancária, do seu cartão pré-pago de viagem, extrato demonstrativo do limite do cartão de crédito e até mesmo dinheiro em espécie.

Passagem aérea de volta

A passagem aérea de retorno também é um comprovante de que você está em determinado destino turistando e que não excederá o prazo limite de 90 dias a que os viajantes têm direito.

O fato é que a falta da passagem de regresso gera a desconfiança na imigração de que o turista queira ficar ilegalmente no país.

Caso você não tenha a passagem de volta, pode ser que nem seja permitido sua entrada em alguns países, principalmente nos da Europa. Então, não se esqueça de tê-los em mãos!

Dicas para viagens internacionais: cuidados que você deve ter

cuidados em viagens internacionais

Fonte: Pixabay

Agora que você já viu algumas informações sobre a papelada essencial a ser providenciada para a viagem, vamos ressaltar alguns pontos para um roteiro assertivo do início ao fim:

1. Mantenha a saúde em dia

Antes de viajar, é muito importante consultar um médico para fazer um check-up, principalmente se você ou algum acompanhante já tiver uma doença crônica.

Assim sendo, não se esqueça de levar a receita médica e os remédios necessários para todo o período da viagem.

Em caso de você estar doente e a doença for infecciosa, recupere-se primeiro para poder aproveitar melhor o passeio e não correr o risco de agravar a situação.

Outro item que merece atenção são as vacinas, como dissemos anteriormente. Esteja em dia com esta proteção, viajando tranquilo e para atender as exigências de outros países.

2. Procure saber sobre a alimentação no seu destino

Uma das principais atrações ao visitar um país diferente são os pratos típicos. Além de deliciosos, são também uma das formas de conhecer a cultura e os costumes locais.

Por isso, é difícil resistir à tentação de provar uma iguaria. Mas saiba seus limites e vá provando pouco a pouco até se acostumar com as refeições com ingredientes que você não está acostumado a comer.

Antes de viajar, pesquise sobre as comidas típicas dos destinos escolhidos, para procurar algo “intermediário”, caso considere a comida muito exótica.

Afinal, ninguém quer passar mal durante uma viagem, concorda? Mesmo longe de casa, procure sempre se alimentar bem!

3. Tenha seus documentos à mão atualizados

O passaporte é indispensável quando se viaja para o exterior. Se preferir, leve uma cópia autenticada para poder deixar o passaporte original guardado com segurança onde você ficar hospedado e evitar perder o documento.

É bom deixar por perto a carteira de vacinação atualizada, principalmente se o destino exigir certas vacinas na imigração.

Junto com os documentos que irão em mãos, deve ir sempre a apólice do seguro de viagem e os telefones úteis, caso precise acionar para resolver qualquer imprevisto.

Mas antes de embarcar, tenha conhecimento de todas as coberturas para você não perder nenhuma oportunidade de uso do plano que for contratado.

Não se esqueça também das reservas do hotel e de passeios comprados com antecedência, caso tenham. Fique atento se nas reservas têm endereços e telefones de contato para te ajudar quando estiver a caminho.

4. Saiba o que fazer e o que não fazer na hora de despachar a bagagem

bagagem viagem internacional

As regras sobre bagagem para viajar de avião valem para todos os tipos de voos. Mas em uma viagem internacional elas costumam ser ainda mais rígidas, principalmente quanto à bagagem de mão.

Objetos cortantes ou perfurantes, por exemplo, nem pensar! Tesouras, canivetes e afins devem ser colocados nas malas que serão despachadas.

Preste muita atenção também às normas para o transporte de recipientes com líquidos. Todas essas informações podem ser obtidas no site da sua companhia aérea ou no site da Infraero.

Quando se trata do transporte dos seus pertences, é importante ficar atento a outros aspectos. Conheça os limites de peso da bagagem de mão e das malas a serem despachadas.

Evite ultrapassar os valores estipulados para não ser surpreendido pelas taxas de excesso de bagagem durante o seu check-in no aeroporto.

Ah, vale sempre lembrar: cuide bem das suas malas! Uma boa dica é embalá-las ou encontrar uma forma de destacá-las das demais.

Voos de viagens internacionais normalmente têm um número maior de passageiros. Na hora de pegar a bagagem, muita gente com pressa de sair do aeroporto e começar logo o passeio pode acabar se confundindo e pegar a sua mala, se elas forem parecidas.

Em caso de extravio de bagagem, tenha em mãos o comprovante de despacho e procure imediatamente um funcionário da companhia aérea para informar o sumiço da mala.

Ele é quem vai orientá-lo a preencher um documento para formalizar a ocorrência do problema. Guarde com você todos os documentos e protocolos que receber durante esse procedimento.

5. Contrate um seguro viagem internacional

Uma das principais dicas ao fazer viagens internacionais é: adquira um plano de seguro viagem. Além de essencial, essa garantia é obrigatória em muitos países.

Na maior parte da União Europeia, por exemplo, é exigido o seguro viagem, por causa do Tratado Schengen, como mencionamos no início do artigo.

O seguro viagem internacional garante ao viajante o auxílio caso ocorram problemas durante a viagem no exterior. Assim não se pagará nada a mais por isso, de acordo com o valor de cobertura mínimo contratado.

Conte com o seguro para não precisar desembolsar dinheiro extra em caso de imprevistos como atendimento médico/odontológico, extravio de bagagem, atraso de voos, assistência jurídica, entre outros.

O seguro será seu aliado, proporcionando auxílio rápido e eficaz, permitindo que você continue seu passeio sem complicações!

-> Saiba mais sobre seguro viagem internacional

6. Não esqueça dos seus dados

Na euforia de embarcar logo para aproveitar as férias, às vezes nos esquecemos de coisas banais que são essenciais, como certificar-se de todos os dados inseridos ao preencher as passagens aéreas.

Verifique quantas vezes forem necessárias se seu nome completo e números dos documentos de identificação foram registrados corretamente.

Ao passar pelo check-in, caso haja alguma irregularidade na descrição que leve os atendentes da companhia aérea a julgarem como não identificável ao passageiro, o embarque não será permitido.

Se houver algum erro, informe a Central de Atendimento da empresa aérea, preferencialmente antes do dia da viagem, pois no aeroporto muitas vezes não há tempo hábil para essas correções.

Ah, lembrando de outra dica interessante sobre seus dados. Use etiqueta de identificação na mala! Insira informações importantes como um telefone que você terá acesso em viagem ou um endereço de e-mail.

Essa será uma maneira fácil de ser encontrado se alguém que tiver uma mala parecida com a sua levá-la por engano. Ou em caso de perder mesmo a bagagem. Vai agilizar o processo! E como você já sabe, o seguro também te ajuda em extravio de bagagens!

Dicas para viagens internacionais: itens essenciais para levar

Dicas para viagens internacionais: itens essenciais para levar

Fonte: Pixabay

Entre as orientações de como se planejar para fazer uma viagem, está a organização da mala, a comodidade durante o voo, entre outras coisas.

Por isso, para te ajudar nisso, nós do Seguros Promo, preparamos um guia com 8 itens essenciais para levar em uma viagem internacional. Confira essas dicas para viagens internacionais!

1. Conforto

Uma viagem internacional exige conforto dentro e fora da mala. Primeiramente, porque os voos costumam ser longos. Então, vista-se com a roupa que achar mais confortável para a ocasião.

Não se esqueça de dar alívio aos seus pés com os calçados certos, pois viagens estrangeiras costumam exigir muito tempo de caminhadas, principalmente para quem gosta de explorar a pé os lugares que visita.

Além da escolha de roupas adequadas para usar durante a viagem, é importante se preocupar com o peso da bagagem. Isso também contribuirá diretamente na sua experiência.

Afinal, se você precisar carregar a mala por algum trecho, o excesso de volume pode ser um problema. Malas com quatro rodinhas facilitam muito na hora de andar com a bagagem.

Mantenha-se hidratado. Leve sempre contigo uma garrafinha de água. Nos deslocamentos acabamos nos esquecendo de tomar água. Tenha a sua em mãos! E, claro, use protetor solar!

2. Kit de segurança

O kit de segurança pode começar pelos cadeados para trancar as malas. Eles protegerão suas bagagens tanto durante o transporte, quanto durante a hospedagem.

Quando as malas estiverem guardadas no hotel, enquanto você estiver curtindo os passeios das férias, por exemplo, suas bagagens estarão seguras!

Se a viagem for aos Estados Unidos, vale investir no acessório aprovado pela TSA 1 – um cadeado que permite ser aberto por chave mestra usada pelas autoridades americanas.

Como o sistema de segurança norte americano é muito exigente, é comum que as bagagens sejam abertas sem aviso prévio.

Tenha cuidado com o dinheiro. Leve apenas o que você achar essencial em espécie e de preferência em uma doleira – aquela bolsinha fininha com elástico, para prender colada ao corpo, por baixo da roupa.

Observe as taxas e veja se vale a pena fazer um cartão pré-pago ou levar o seu próprio cartão de crédito, sem se esquecer de desbloquear o serviço de transação internacional que os bancos costumam travar por segurança.

3. Kit de primeiros socorros

Recomendamos levar os remédios básicos que você costuma tomar para dores de cabeça, antialérgicos, anti ácidos e antitérmicos.

As mulheres que usam anticoncepcionais não podem se esquecer, pois dependendo do país só é possível comprar com prescrição médica.

E se for viajar com criança, leve um antibiótico, caso precise durante a viagem. Para todos os casos, é importante sempre ir ao médico antes de viajar e obter todas as orientações necessárias sobre medicamentos que não podem faltar no seu kit de primeiros socorros.

Coloque os remédios na mala de mão, pois você pode precisar de algum durante o voo. Tenha também chicletes para evitar os desconfortos que a decolagem ou o pouso do avião causam aos ouvidos.

4. Eletrônicos

Em plena era digital, o celular é ótimo para registrar e compartilhar os momentos mais especiais, para os que gostam dessa tecnologia! E o tablet pode ser um passatempo durante a viagem, principalmente se houverem conexões.

Tão importantes quanto qualquer aparelho eletrônico que você considere útil para sua viagem são os carregadores de bateria.

Bateria extra e carregador portátil também são itens essenciais para os dias de passeios longos.

Mas indispensável mesmo é a câmera fotográfica. Afinal você não vai querer deixar de registrar cada momento das suas férias, não é verdade?

5. Adaptador de tomada universal

Tenha um adaptador de tomada universal para viagens, já que seus modelos variam entre os países do mundo. É possível comprá-los em lojas físicas ou online.

Com ele, você não precisará se preocupar com o tipo de tomada que o destino que vai visitar usa e não ficará sem energia para os memoráveis cliques que a viagem proporcionará!

Ah, leve também um benjamin e uma pequena extensão, se achar necessário.

6. Pasta com todos os papéis de reservas, hotel, seguro, passagem, etc

Separe toda a papelada que você irá precisar durante a viagem, para ter fácil acesso quando necessário.

Coloque as passagens, reservas de hospedagem, a apólice do seguro com os contatos para acionamento e anotações valiosas como seus dados de contato em uma pastinha.

7. Mala de mão com itens importantes e essenciais

A bagagem de mão é a melhor maneira de se prevenir de contratempos, como a mala despachada perdida. Os pertences mais valiosos e os imprescindíveis durante a viagem devem estar nela.

Olhe só, dinheiro, seus documentos, os aparelhos eletrônicos e joias devem estar com você. Não despreze a ideia de mala extraviada. Infelizmente isso pode acontecer.

Coloque também um par de roupa para casos de emergência e um kit de higiene. Se faz uso de medicamentos, deixe-os também na bagagem de mão.

Ao contratar seu seguro viagem, leve nessa malinha de mão (na pastinha sugerida há pouco!) as informações, contatos e a apólice. Caso precise, terá tudo ao alcance para acionar o auxílio.

8. Itens que podem facilitar a sua vida e sua viagem internacional

Você já ouviu falar do saco mágico que embala a vácuo? Se não, trate de conhecer! É um item ótimo para organizar a mala e diminuir o volume. Podem ser encontrados em lojas de malas ou de casa.

Uma balança de bagagem pode evitar o trabalho de desmontar mala no aeroporto, caso extrapole o limite de peso para despachar. Principalmente na volta, que a mala estará mais pesada. Então, leve uma e administre os pesos das malas antes de fechá-las.

Para quem gosta de ler, escolha um bom livro para te acompanhar durante a viagem. E para garantir um sono tranquilo ao longo do voo, uma máscara para os olhos e tampões de ouvidos ajudam a descansar.

Guarde com cuidado, nas notas do celular ou em um pedaço de papel, os telefones de contato e endereços do Consulado e/ou Embaixada do Brasil no país que você vai visitar. Eles serão muito úteis caso você precise de algum tipo de suporte durante a sua viagem.

Aproveite o passeio no exterior para comprar produtos que tenham preços mais vantajosos. Mas não se esqueça! Saiba o que deve ser declarado e quais itens serão tributados pela Receita Federal para evitar problemas quando estiver voltando.

Dicas extras para viagens internacionais

Dicas extras para viagens internacionais

Fonte: Pixabay

Além de todas as providências que já foram apresentadas para você, é preciso incluir no planejamento da sua viagem internacional outros cuidados simples. Eles poderão facilitar muito a sua vida na hora de aproveitar o passeio. Vamos lá?

Chegue no aeroporto com bastante antecedência

Voos internacionais exigem que o passageiro chegue ao aeroporto com antecedência ainda maior, de duas a três horas antes da decolagem.

Portanto, programe-se para chegar ao terminal tranquilamente, garantindo que terá tempo para fazer o seu check-in, despachar a bagagem e embarcar sem correria e risco de ficar para trás.

Tenha atenção sobre escalas e conexões do seu voo

Como as viagens internacionais costumam ser longas e cheias de informações, também é importante organizar seu itinerário. Dessa forma, será simples checar os horários previstos e os portões de embarque, por exemplo.

Se seu voo tiver escala – uma parada de cerca de 30 minutos em um aeroporto intermediário, talvez para embarque ou desembarque de algumas pessoas, ou para abastecerem o avião – você não trocará de aeronave.

Já se houver conexão, haverá essa troca, demandando um período de espera maior. Será preciso desembarcar e pegar outro avião para prosseguir a viagem. Você será informado sobre todo o procedimento. Fique atento!

Tenha atenção no momento da imigração

Muitas pessoas sentem aquele friozinho na barriga ao pensar no momento de passar pela imigração, em especial quem nunca viajou para fora. Não é mesmo?

Para que este momento não se torne o começo do fim da viagem, saiba como se comportar ao desembarcar do avião num aeroporto internacional, sem medo e seguro.

Fique com seu passaporte ou documento de identidade em mãos e dirija-se para o setor de imigração. Esteja portando toda a documentação exigida pelo país de destino para ser entregue com agilidade ao ser solicitada.

Enquanto aguarda na fila de imigração, evite usar o celular (pois geralmente é proibido), esteja sereno, evitando chamar atenção rindo e falando alto. Nós, brasileiros, somos espontâneos mesmo e alguns agentes podem entender esta euforia como desrespeito.

Certificando-se que você está por ali para turistar, ao final das averiguações e perguntas (vá confiante e só responda o que for perguntado), o agente vai carimbar seu passaporte e você poderá suspirar e aproveitar sua viagem!

A Denise Tonin, viajante e parceira nossa do Seguros Promo, explica com mais detalhes sobre esse processo em seu blog Viajante Solo. Veja lá se restaram dúvidas.

Cotação seguro para viagens internacionais

Cotação seguro para viagens internacionais

E aí? Preparado para viajar ao exterior? Curtiu as dicas para viagens internacionais? Depois dessa bagagem de informações, falta só fazer as malas! E claro, contratar o seguro viagem especial para seu roteiro.

Já sabemos da importância de adquirir o seguro e aconselhamos que você gaste um tempo pesquisando para escolher o plano ideal, podendo viajar sem medo de ser feliz!

Vá até o nosso site e compare até 4 planos simultaneamente. Confira o passo a passo para cotação de seguro e veja a facilidade para fazer e contratar o seguro viagem e fique tranquilo se precisar de atendimento médico ou de ajuda em casos de imprevistos ou acidente.

Vá viver essa experiência fantástica tranquilo! De Promo, você pode!

Seguro Viagem: EUA
AC 150 + TELEMEDICINA AC 150 + TELEMEDICINA Assistência médica USD 150.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 23/dia*
TA 100 TA 100 Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 25/dia*


Veja também
09 agosto - 4 min de leitura.
Seguro viagem para criança
Faça sua cotação agora
Conecte-se com a gente
instagram